Ir para conteúdo

Monólogos da Maconha


BiL

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

"Monólogos da Maconha", uma comédia para drogar-se de riso

Não é necessário estar drogado para rir e entrar na onda de Joe Wagner, Doug Benson e Tony Camin, três humoristas que representam uma série de engenhosos monólogos em torno da maconha em um pequeno teatro de Nova York.

Dirigida por Jim Millan, a comédia "Marijuana-Logues" demonstra que não é fútil nem descabelada a idéia de investir 75 minutos de espetáculo em anedotas e brincadeiras relacionados com a maconha.

Como seu sucesso aponta, existe um consistente público para isso. Esta comédia, de diálogos simples e textos bem pensados, teve uma excelente recepção desde que estreou em março passado no Ator's Playhouse, um teatro do circuito Off-Broadway.

A julgar pelos risos, os aplausos e certas expressões de cumplicidade do público, poderia dizer-se que boa parte deste está "drogado", ou que pelo menos sabe do que se trata, ainda que seja por uma experiência única.

O espetáculo parece estar dirigido mais para os que fumam que para os que não, por isso é provável que os que não fumem não o achem muito divertido.

Seu enfoque é mais irônico e humorístico que a favor ou em defesa de uma agenda política, e embora faça algumas referências à legalização da maconha, seus criadores esclarecem por escrito que "a produção não glorifica o uso de drogas, mas ilustra que a cultura da cannabis tem substância, humor e criatividade".

Algumas brincadeiras se baseiam na linguagem corporal, em particular as imitações dos "fumadores", que foram muito bem estudadas e personificadas até quando os humoristas não as fazem "drogados".

Os humoristas asseguram que uma das perguntas mais freqüentes do público é se sua atuação é feita sob os efeitos de "Marijuana", ao que respondem -mentindo- que essa é justamente a razão pela que sempre erram nas falas.

O espetáculo está concebido ao estilo de uma comédia "stand-up", onde as ferramentas dos comediantes não são mais que os microfones e banquinhos.

Sentados -e, não se sabe por que, descalços-, debatem o importante que é contar com um distribuidor à domicílio de confiança e relatam os divertidos episódios de paranóia e alucinações dos que tiveram a sorte de "fumar da boa".

Todos os ritos e rituais dos viciados em maconha estão representados, incluídos os incontroláveis ataques de fome -o que os americanos chamam "munchies"- que aparecem depois de fumar, os usos médicos da erva e a possibilidade de fumar um "baseado" de cânhamo em um momento de crise.

Há monólogos muito engenhosos, como o que se chama "Se a maconha pudesse falar, que diria", ou a poesia improvisada ("jam poetry") que com habilidade interpreta Wagner.

Para colocar um pouco de "seriedade" e intelectualidade ao assunto, os comediantes representam um imaginário concerto de Bach no qual todos, desde o célebre compositor até seus seguidores, fumaram um baseado.

Alguns monólogos têm algo de improvisação, mas em geral Wagner, Benson e Camin se mantêm fiéis ao texto.

Wagner, que substitui atualmente Arj Barker enquanto este curte férias, atuou para "The Andy Dick Show", uma comédia do canal de televisão MTV.

Benson apareceu na estação por cabo Comedy Central e a popular série "Friends", enquanto que Camin tem participado dos Festivos da Comédia de Montreal e dos Estados Unidos.

Os "Marijuana-Logues" estão inspirados na bem-sucedida comédia Os Monólogos da Vagina, de Eve Ensler, onde a vagina, assim como a maconha, também tem seu próprio "folclore".

http://ultimosegundo.ig.com.br/materias/cu...4/1700264_1.xml

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
  • Tópicos

  • Posts

    • 8 / 9 OUTUBRO 2022 / SÃO PAULO Salve hermanos! 🌱 Alguém aqui do fórum vai colar no festival híbrido em SP? Vai acontecer no Komplexo Tempo, no Parque da Mooca em São Paulo, o festival tem como foco o empreendedorismo cannabico e o apoio à ressignificação cultural e mercadológica deste mercado cannabico. O Festival Híbrido apresentará painéis de debates com especialistas em serviços da indústria, consultores, médicos, advogados e instituições que já desenvolvem projetos voltados ao universo canábico. IG do evento: https://www.instagram.com/festivalhibridosp/ Site: https://www.hibridosp.com.br/ Se alguém aqui do fórum for aparecer lá, deixa um salve, vou levar uns adesivos para compartilhar por lá! 🔥 À moderação GR: Desculpas à moderação, queria muito fazer este tópico na seção correta, porem me parece que não existe mais moderadores ativos na comunidade, visto que não existe nenhum post aprovado em 2022 nas respectivas seções. Postei aqui por ser o local visivel e mais próximo do adequado.
    • Salve hermano(a)?! @sabira Aqui minhas sementes demoram para germinar também, acho que não temos a mesma sorte que muitos aqui tem rs, minha Purple Afghan Kush eu deixei 24 horas na água com adicional de uma tampinha de água oxigenada volume 10 e depois passei para uma célula Jiffy, levou 7 a 9 dias para levantar da Jiffy, estava quase desistindo já, mas hoje está cheia de saúde. Há algumas alternativas que você pode testar aí para melhorar a germinação: Pré hidratar as sementes por 12 ou 24 horas antes do papel toalha. Podes também adicionar uma tampinha de água oxigenada volume 10, para eliminar possíveis pátogenos.  Lixar levemente as sementes, você pode usar uma lixa de madeira/parede ou até mesmo de unha e ir lixando levemente a semente de modo a afinar a sua casca e facilitar a entrada da umidade. Essa é uma técnica citada no 'The cannabis grow bible do Greg Green'. Utilizar um alicate de ponta para romper a semente, esta técnica é util em sementes mais duras, você precisa pegar um alicate de ponta/bico e colocar a semente na ponta do alicate, com os dois extremos (aresta mais longa, NÃO pode ser de lado) da semente em contato com o alicate, fazendo uma LEVE pressão no alicate até escutar um estralo. É importante não utilizar muita força no alicate para não perder a semente. Esta é uma técnica mais agressiva mas bastante funcional com sementes saudáveis. Se não me engano, aprendi esta com Mr Splinter. Importante: Temperatura ideal é entre 22ºc a 25ºc. Umidade relativa em 70% a 90%. Se você tiver sementes sobrando, acho que vale a tentativa de algumas das técnicas acima, talvez alguma delas te traga resultados positivos. 🌱 Boa sorte e sucesso!
    • Salve tio! Acredito que seja isto mesmo, na pesquisa recente encontrei a mesma informação. Buscava algo um pouco mais completo, mas já da para ter ideia.  Vou instalar no meio do mês ou no inicio de novembro o danado. 🔥
×
×
  • Criar Novo...