Ir para conteúdo

Três agricultores plantaram 700 pés de maconha


Thomas

Recommended Posts

  • Usuário Growroom
Uma ação conjunta realizada na madrugada de ontem pelas Polícias Militar e Civil resultou na prisão de três agricultores que plantavam maconha na zona rural de Santarém Novo, município localizado na região do Salgado. Com eles foram encontrados poucos mais de dois quilos da erva pronta para o consumo, e uma roça com cerca de 700 pés da canabis sativa, nome científico da maconha, cujas folhas já tinham sido colhidas. Uma parte da maconha estava escondida dentro da rede onde dormia uma criança de apenas quatro anos. A droga estava pronta para ser levada para Salinópolis, onde seria comercializada no período carnavalesco. Um dos agricultores só não foi preso porque tinha ido para Belém, levando maconha na bagagem, também para ser vendida na capital.

Segundo contou a delegada Micheline Malheiro, da delegacia de Salinópolis, a denúncia de que P. dos S. P., o “Bacurau”, de 37 anos, estava plantando maconha para vender a pequenos traficantes partiu de um irmão do próprio agricultor. Pressionado pela polícia, o delator disse que sabia das atividades do mano, que reside em Peri-Mirim, uma vila localizada na Estrada Grande, via que leva a várias localidades de Santarém Novo. O delator disse, inclusive, que seu irmão possuía armas, e nunca tinha se envolvido nos negócios elícitos de “Bacurau”.

Logo que soube da história, a delegada manteve contato com o comandante do Batalhão Atlântico, da Polícia Militar de Salinópolis, e juntos montaram a operação. Por volta das quatro horas da madrugada de ontem, os policiais chegaram na área pertencente a “Bacurau”. Dentro da casa do agricultor eles encontraram, além de “Bacurau”, a companheira dele, G. A. dos S., de 43 anos, J. M. dos S., o “Buscapé”, de 19 e que é primo de “Bacurau” além de seis filhos de G., o mais novo com quatro e o mais velho com 15 anos.

Ao fazer a revista na casa, os policiais encontraram cerca de três quilos de maconha, sendo que um pacote contendo pouco mais de meio quilos estava escondido dentro de uma rede, nos panos que envolviam a criança de quatro anos. Também foram apreendidas uma cartucheira 32, um rifle 44 alem de munição e uma balança com a qual o agricultor pesava a droga para a venda. “Bacurau” revelou à delegada Micheline Malheiro que ele tem um sócio na plantação, que se chama Sérgio, e é mais conhecido por “Negão”. É justamente quem tinha ido para Belém vender parte da maconha colhida na roça da vila Peri-Mirim.

O comandante do Batalhão Atlântico, major Pinheiro, disse que há informações de que existem outros plantios da erva na mesma área onde foi encontrada a roça de “Bacurau”. E que está sendo feito um trabalho de investigação entre as Polícias Civis e Militar. Militares do Tático de Salinas e Castanhal, e da guarnição de São João de Pirabas, também participaram da operação da madrugada de ontem.

http://www.oliberal.com.br/oliberal/intern...1&codigo=140106

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Disposição esses 3 agrigultores hein!

700 pés plantados por 3 pessoas! Deve ter dado um trabalho brabo!

Mas a colheita tb deve compensar... eles devem buscar a maconha em carrinho-de-mão rs*

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
E que está sendo feito um trabalho de investigação entre as Polícias Civis e Militar. Militares do Tático de Salinas e Castanhal, e da guarnição de São João de Pirabas, também participaram da operação da madrugada de ontem.

NOSSA QUANTA EFICIENCIA... detalhe é que sempre precisam de denuncia pra fazer alguma coisa, querem tudo pronto! bando de vagabundo!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

NOSSA QUANTA EFICIENCIA... detalhe é que sempre precisam de denuncia pra fazer alguma coisa, querem tudo pronto! bando de vagabundo!

Interessa é que foram presos três perigosos traficantes :huh: .......... Aff, esse povo não tem mais o que fazer não ehh?? Vão prender assassino, seus puto!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Bem feito...

O Growroom é contra o tráfico de maconha, tacitamente explícito no teor da reportagem, esta maconha seria destinada as bocas de fumo da capital, no interesse de obter lucro líquido e certo.

Caractéristica plena de Tráfico de Intorpecentes.

Tá arriscado os gaiatos dizerem na cara de Vossa Excelência, que era destinado ao consumo próprio!!!

700 pés de pura sativa paraguaia.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Não dá para sentir pena de gente assim.

Eles foram presos com quilos de maconha, balança e armas. Tinha maconha até no cobertor da criança...

Tinham mais que ser presos, mesmo.

Abraços

Editado por canna_farmer
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Será que eles que não estam errados???

O trafico movimenta armas, lavagem de dinheiro, corrupção (tanto de policiais e politicos), clonagem de cartão e celular, colocam crianças para trabalhar tanto nas bocas de fumos e duvido que não tem na lavoura, entre outras cositas.

E não cho que ele querem que legalizem para pagar impostos e perderem seus lucros...

Concordo em legalizar mas na maneira que nosso governo esta não vejo solução, tem um lado ruim, vejam o nordeste se legalizar nego vai plantar aonde tem milho, cana-de-açucar e outros vegetais por que a cannabis dá mais dinheiro e os barões irão fazer gato e sapato essa pessoas como fazem com os boias-frias, assim devemos ter uma reforma agraria antes de legalizar o plantio de grandes extensões para fornecer para a população, não é só falar ta legalizado ta tudo legal vamos fumar...

Agora eu fumo erva do trafico mas você sabe o por que???

Leia topicos do board segurança e leis que você vai saber!!!

Abrazos

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

olha eu acho q esse tipo de noticia , nem deveria ser postado

fica uma parada meio contraditória a gente ficar discutindo isso aqui no site

noticias q tem a ver com a gente sao infelizes noticias de growqer q cairam ou news relacionadas com avanço da causa.

sei la

eu penso assim

abs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Pode parecer hipocrisia postar topicos como este, mas mostra o que a midia esta passando a sociedade sobre a cannabis e como manipulam com sua mentes proibicionistas.

Agora sobre não serem postadas estes tipo de noticia (que muitas vezes engana os leitores distorcendo a materia) acho que deveria fechar o board noticias pois a maioria de seus topicos são relacionados a prisão de traficantes e apreensão de drogas...

Mas acho que este board serve para ter um arquivo de materias da midia de lingua portuguesa sobre o assunto mesmo sendo de prisão de traficantes, assim quando a cannabis for legalizada futuramente iremos olhar este board e agradecer que não sejam mais postados assunto sobre o qual estamos discutindo agora que é o trafico de entopercentes.

Abrazos

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

eu tbm nao diria hipocrisia, mas quem sabe uma desatençao de nossa parte em deixar aberto à postagem.

o que eu quis dizer na verdade, é que eu nao sei o que fica pior se a noticia em si, ou os coments tão diferentes que muitas vezes geram discussões desnecessarias

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

eu tbm nao diria hipocrisia, mas quem sabe uma desatençao de nossa parte em deixar aberto à postagem.

o que eu quis dizer na verdade, é que eu nao sei o que fica pior se a noticia em si, ou os coments tão diferentes que muitas vezes geram discussões desnecessarias

Pensei na mesma coisa em deixar o topico apenas para visualização, vou esperar o novato2004 aparecer para dar esta ideia assim descartando discussões desnecessarias como observei em topico do noticias tempos atras.

Abrazos

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu acho que as notícias desse tipo, que podem gerar essas polêmicas poderiam ser trancados, deixando apenas para vizualização..mas os tópicos com notícias de interesse pra comunidade, poderiam continuar abertos.

Valeu!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Poxa, eu já acho que este tipo de debate é da maior importância.. Só com esse tipo de argumentação nós estaremos formando nossas opiniões solidamente, adquirindo consciência e conhecendo as diferentes opiniões de nosso grupo a respeito desses assuntos que muito nos interessam.

Abrir mão de discutir essas questões é deixar de aproveitar um ponto forte do GR que é a integração de diferentes posições acerca deste tema..

Não é por que vai haver discordâncias que não deve haver a discussão, pois ela é fundamental..

Na minha concepção, eles não eram mais que agricultores q produziam pra vender.. Particularmente, que envolvimento direto com violência tinham esses três? Eles tinham armas como qualquer fazendeiro no interior no Brasil tem..

Minha visão é essa, claro q pela notícia não dá pra saber se era uma fazenda feliz, num esquema familiar, ou se realmente era tudo uns sujeira q tavam se aproveitando... Por isso prefiro não condená-los tão rápido.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

One-Eyed Jack,

Eu entendo o seu ponto de vista. O que alguns de nós vêm comentando é que ultimamente sempre vem dando umas tretas entre usuários, alegando hipocrisia de uns, dae já desvia um pouco (ou um monte!) do tópico. Você deve ter acompanhado a zona que fizeram no tópico sobre o camarada Lowryder, não? Pra um fórum de maconheiros, esse pessoal anda muito estressado, viu.

Abraço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Sobre retirar a discussão de temas como o de traficos de entorpecentes do GROWROOM é complicado e deve ser estudado pelo time de moderação (muitos usuários daqui fumam erva proveniente do trafico), por isso em nenhum momento foi informando que será prontamente retirado o direito de debater sobre o assunto e sim que começou nesse topico um estudo para determinados topicos de noticias sejam apenas visualizados, conforme a noticia aqui apresentada.

Na minha concepção, eles não eram mais que agricultores q produziam pra vender.. Particularmente, que envolvimento direto com violência tinham esses três?

Mas pra quem eles iriam vender a produção de 700 pés, para meia duzia de usuários criticos de maconha que não seria, provavelmente são funcionarios do trafico de drogas que não tem o $$$ para plantar suas coisas (batata, arroz, etc) e recorre a traficantes para se sustentar...

E colaboram indiretamente com mortes, trafico de armas, lavagem de dinheiro e etc.

Mesmo não querendo condena-los sabemos que essa planta servirão para abastecer o trafico e assim são culpados tanto como nos que compramos essa cannabis.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Segundo contou a delegada Micheline Malheiro, da delegacia de Salinópolis, a denúncia de que Pedro dos Santos Pires, o “Bacurau”, de 37 anos, estava plantando maconha para vender a pequenos traficantes partiu de um irmão do próprio agricultor.

Veja o contexto, thomas: um plantador do interior do Pará que vende para 'pequenos traficantes' como a delegada mesmo disse.. Não me parece que ele esteja envolvido com nenhum grande esquema de crime organizado.

Mas claro, como eu disse, só pela notícia não dá pra fazer nehum julgamento, e muito menos condená-los por uma coisa que nós mesmos não gostaríamos q fosse crime...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...