Ir para conteúdo

Pai Chama Pm Para Conter Filho Drogado E Rapaz É Morto Com 12 Tiros Em Belo Horizonte


MaldororBR

Recommended Posts

  • Consultores Jurídicos GR

Pai chama PM para conter filho drogado e rapaz é morto com 12 tiros em Belo Horizonte

BELO HORIZONTE - Um rapaz de 29 anos foi morto com 12 tiros por um policial dentro da casa da família em Belo Horizonte, na madrugada desta quinta-feira. A Polícia Militar foi chamada por uma tia e pelo pai do rapaz, que estaria cansado dos problemas causados pelo filho, viciado em drogas. Quando três PMs chegaram à residência, Bruno Nascimento Guimarães e mais dois amigos estavam consumindo crack e cocaína. Bruno reagiu e teria atacado um dos policiais a facadas. O policial revidou disparando 12 vezes contra o rapaz.

- Efetuei dois disparos de bala de borracha, não surtiram efeito, e ele continuou a tentar esfaquear o militar - disse um dos policiais que participaram da operação, identificado como sargento Ramos.

O rapaz teria então avançado em direção ao policial. O PM recuou e caiu. Neste momento, Bruno esfaqueou o policial, que revidou disparando os 12 tiros.

- A gente sabe que foi feita a quantidade de tiros necessária para cessar a conduta do agente - disse um policial militar.

Bruno já havia sido internado seis vezes em clínicas de tratamento de viciados em drogas. Ele morreu a caminho do hospital. O policial esfaqueado foi levado ao hospital e já recebeu alta. Depois, foi encaminhado a uma companhia da polícia. A arma do crime foi apreendida. Os parentes do rapaz que morreu não quiseram dar entrevista.

Os dois amigos que estavam na casa foram detidos e confirmaram o uso de drogas.

Em http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2009/11/26/pai-chama-pm-para-conter-filho-drogado-rapaz-morto-com-12-tiros-em-belo-horizonte-914930939.asp

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 103
  • Created
  • Última resposta

Top Posters In This Topic

  • Usuário Growroom

isso nem foi tiro no pé né...

foi no peito mesmo

=/

o engraçado é que não consigo sentir pena da família.. não sei porque tenho esse sentimento, mas até gostei da notícia, eles vão aprender mais sobre a palavra "inconsequencia" .

espero que isso faça com que crie-se um debate de verdade sobre as drogas, e como a sociedade deve se organizar para isso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

é eu vi isso na tv ontem !!!

na reportagem mostrou varias quantidades de cocaina, e crack, mas infeliz a familia ter chamado a policia , e sim deveria ter chamado o SAMU.

Policial so fez o que e de direito se protegeu, o cara devia ta tao anestesiado que nem sentiu os tiros por isso os 12 tiros.

Na minha opiniao foi o melhor ter acontecido isso para o bem da familia !! ja que depois de varias internações que esse era o verdadeiro fim que essas drogas pesadas levaria, sendo pela maos da policia ou por outras !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Vi na tv isso ontem tbem...

E ae, é complicado falar... 12 tiro é foda! Mas nego fora de si, indo pra cima com faca, com camaradas do lado igualmente anestesiados.

Mas se a familia e vizinhos tavam falando que o cara batia na mãe pra pegar dinheiro, usando crack e cocaína, os pais já não aguentavam mais, já internaram o cara em clinica não sei quantas vezes, pega faca e vai pra cima do policial...

Tragédia familiar, mas nem sei se dá pra "culpar" alguém... :inseguro:

E algumas vezes, nem familia tem culpa, tenho vizinho que pai e mãe trabalhador, deram de tudo pro muleke (q podiam), estudava em escola particular, sempre era o primeiro a ter tenis, bicicleta essas coisas de criança/adolescente gostam, a familia é da paz e eu conheço a mais de 25 anos (desde que me lembro). E o irmão, é gente fina. - E não, não é teatro pros outros verem e entre quatro paredes é outra coisa, mesmo pq, onde moro, se vizinho falar mais alto, vc escuta.

O q o FDP faz? Rouba pq acha legal e trabalhar "pra outro ficar rico" é coisa de otário...

Faz-se o que com um brother desse? :inseguro:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Nao que eu concorde com o desfecho, mas isso é CRACK galera!!!!! Pro viciado nao tem pai, mae, familia, policia, nada. Conheco um muleque que vendeu tudo da mae dele até as panelas, a senhora coitada, pobre e miserável. Quando nao tinha mais nada pra vender ele foi desmanchando a parede e foi vendendo os tijolos.

Acho que nao da pra culpar a familia nao, é o desespero!!! A policia tinha que ser mais preparada, mas tambem o cara vem alucinado "noiado" com a faca querendo rasgar todo mundo, um tiro so nao para um maluco desses nao, mas ai os cana dao 12 tirambaço nos peito do sujeito, só pra garantir.

Lamentável.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nao que eu concorde com o desfecho, mas isso é CRACK galera!!!!! Pro viciado nao tem pai, mae, familia, policia, nada. Conheco um muleque que vendeu tudo da mae dele até as panelas, a senhora coitada, pobre e miserável. Quando nao tinha mais nada pra vender ele foi desmanchando a parede e foi vendendo os tijolos.

Acho que nao da pra culpar a familia nao, é o desespero!!! A policia tinha que ser mais preparada, mas tambem o cara vem alucinado "noiado" com a faca querendo rasgar todo mundo, um tiro so nao para um maluco desses nao, mas ai os cana dao 12 tirambaço nos peito do sujeito, só pra garantir.

Lamentável.

Mais preparada como?Ate municao nao letal usaram.Quem ja saiu na mao com um noiado sabe como e foda para domina-los.

E a Pm tambem nao poderia simplesmente sair correndo e deixar a familia a merce desse noia,traduzindo: a PM fez o papel dela, so isso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Situação complicada, afinal o cara nao foi pego torrando um, e sabemos que crack não brincadeira.

Infelizmente não temos uma policia preparada para situaçoes assim, digo que falta equipamento para mobilização e etc.

Não condeno a atitude da familia, ninguem sabe oque eles estavam sofrendo na hora, qm sabe o rapaz estava até mesmo tentando matar a familia e tal.

La em casa o filho da moça que trabalha conosco é viciado em crack, ja vendeu tudo que tinha em casa, tudo! até sofa!

Pagamos internamento 2 vezes, ta na quarta ja.

FODA!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Situação complicada, afinal o cara nao foi pego torrando um, e sabemos que crack não brincadeira.

Infelizmente não temos uma policia preparada para situaçoes assim, digo que falta equipamento para mobilização e etc.

Não condeno a atitude da familia, ninguem sabe oque eles estavam sofrendo na hora, qm sabe o rapaz estava até mesmo tentando matar a familia e tal.

La em casa o filho da moça que trabalha conosco é viciado em crack, ja vendeu tudo que tinha em casa, tudo! até sofa!

Pagamos internamento 2 vezes, ta na quarta ja.

FODA!

um taser talvez surtisse efeito nesse caso, spray de pimenta ou cetofenona pouco ajudariam.A real que o cara pirou e nesses casos nao ha muito o que fazer....

Meu primo esta assim tambem, quebrou 2 costelas do meu tio na ultima loucura dele,ja foi preso diversas vezes roubando e furtando,rouba tudo que ver dentro de casa,

quando tinha carro vendeu as rodas de liga pra fumar e deixou o carro no cavalete....

E uma questao de tempo e ele vai ter o mesmo fim desse noia da reportagem...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Boa capitão nascimento! :punk:

Foram 3 (três) PM deslocados pra ocorrência! Os caras com bala de borracha 6 braços e 6 pernas não conseguiram conter um nóia com uma faca?

Você que parece entendido desses assuntos bélicos, quantas munições tem uma pistola? Foi um único policial que disparou os 12 tiros? E os outros dois estavam tomando chá com a família?

Ah, não ferra, o prazer deles é esse! Devem passar a vida esperando pra ter uma oportunidade de descer chumbo em alguém que "fez por merecer".

Sei lá cara, PM 90% das vezes ta errado e tem mais q se fuder.

Pow cara, discordo, é uma situação realmente bem complicada, como ja falei.

Uma pistola tem, geralmente, 14 balas no pente mais uma na agulha, logo são 15 balas.

Se o cara estava completamente alucinado, com uma faca na mão, tinha outro junto, sera que nao estava ajudando esse mesmo cara?

Imagina voce ali, vai atender uma ocorrencia, aparentemente simples, quando se depara com uma situacao dessas.

Talvez o malaco pegou o cara de surpresa, ação e reação, pode ter sido até mesmo um terceiro que efetuou os disparos, como dito o policial caiu e o cara foi em cima com a knife, um segundo veio e efetuou os disparos.

Os outros dois poderiam estar imobilizando o segunda rapaz.

Enfim, diversas variaveis.

Só sei que o crack é uma desrgraça

Editando: Se estivessem com uma arma de choque ou algo semelhante com certeza teriam imobilizado o malaco.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

ueh, como assim nao sabe se da pra culpar alguem sukata?

cada um escolhe seu proprio caminho, logo, cada um tem sua propria culpa....

é uma noticia bem forte, e pra quem associa cocaina=crack=maconha pode parecer q isso pode acontecer com usuario de qlqr droga...

isso vai de cada um... botar culpa numa substancia nao é o caminho, vc tem livre arbitrio pra escolher oq eh melhor p vc, se vc escolhe uma substancia q pode te dominar, o culpado, claro, eh vc....

as escolhas q fazemos nos dia-a-dia farão oq seremos no futuro, por isso mulekada, temos q ter bastante conciencia de nossos atos, respeitar nossos pais, respeitar os limites, se vc nao respeitar os limites, a fisica o fará...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

C ta certo Steam,

Faltou eu falar, fora ele mesmo, suas escolhas, e principalmente ir pra cima de policial(3) armado com pistola, com uma faca, não da pra culpar ninguém. É tragédia! Familia, policia, vizinho, etc. não podem ser culpados na história.

Tivesse aquelas armas de choque, daquelas q atiram os eletrodos ou sei lá como chama, de longe, blz.

Taser também sei lá se ajuda... tem que estar muito perto. Mas cá entre nós, nunca vi essas armas aqui. Pelo menos em Sampa e partes do Matro Grosso, onde já vivi. Deveria ter? CLARO. Mas a gente sabe que não tem!

Pra não ficar muito naquelas de "pow, a familia chama a policia" - "familia não soube administrar/educar" "policial é tudo despreparado" etc. -> como se os responsáveis fossem os pais, vizinhos ou a policia. (não conhecendo a familia, e sabendo como age a policia.)

O "normal" nesses casos, é viu policia, some com o flagrante que der e fica pianinho. Ia pra delega e no fim do dia tava em casa. Ou no minimo, vivo.

Foi ele mesmo que definiu o desfecho. Infelizmente, os pais é que ficarão a vida toda com o peso no consciencia. :(

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Ao meu ver eles(o cara e a família) mereceram... "Coitadinho" mas a polícia apenas fez o que é treinada pra fazer, não importa se é filho dele ou dela... Se o pai não quisesse que esse tipo de atitude fosse tomada, chamasse uma ajuda que não possui armas de fogo! Deve ser complicado pros pais verem o filho ser baleado, mas acredito eu que é + complicado ainda o filho bater na mãe, roubar o dinheiro deles, faltar com respeito a quem colocou ele no mundo, por isso eu acho que eles mereceram! Há males que vem para o bem!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Muito triste, mais esta história de um jovem morto pelo crack.

No fundo, é o Estado o maior culpado, devido a décadas de desinformação em nome de uma proibição que, embora vise a redução de danos, faz justamente o contrário:

- A ilegalidade das drogas gera um ambiente propício para a criminalidade atuar livremente sem o mínimo controle do Estado.

- A polícia infelizmente é comletamente despreparada para lidar com situações como esstas, apenas sabendo usar suas armas letais para interrompter qualquer ameaça. Se existe negociadores para situações críticas em caso de assalto, etc. com reféns, pq não há psiquiatras, psicólogos, terapeutas ou outros agentes do Estado qualificados e preparados para atender a situações como esta, um problema de saúde (pública), em que a polícia só deveria ser chamada em conjunto com tais especialistas em lidar com situações como estas?

- A desinformação, perigosa arma usada pelos proibicionistas moralistas, gera danos como este que vemos neste caso do jovem morto pela polícia após um surto sob o efeito de crack.

Essa situação poderia ter sido prevenida houvesse o Estado educado a população sobre os reais danos de cada droga específica, de modo que os jovens cresçam melhor preparados para decidir usar ou não uma droga que traz prazer como a maconha ou um veneno como o crack, que mata o indivídio em pouco tempo, de uma forma ou de outra.

A equiparação de todas as drogas como maléficas, nos olhos da lei num mesmo patamar, também é uma grande contribuidora para este tipo de problema. Imaginem, os pais deste jovem provavelmente não sabiam sobre a real diferença do uso e efeito de crack e maconha. Se eles soubesse, talvez pudessem ter agido mais cedo, intervindo mais cedo e salvando o jovem desse triste destino, a morte. Pq digo isso? Pq se eles soubessem que maconha não causa nóia "na maioria das pessoas", já o crack, todos sabemos como fica quem usa. Paranóia total. Isso me faz lembrar um acontecimento recente, bom para exemplificar o que estou dizendo. Há pouco tempo, passáva-mos eu e minha mãe de carro pela antiga Avenida Espraiada em São Paulo, Atual Av. Roberto Marinho. Pra quem não sabe, lá rola várias bocas de drogas, estão lá desde sempre. Todo mundo sabe. Aí sempre rola vários nóias neste percurso :ph34r: . Era de noite e passamos no farol vermelho. Minha mãe pergunta: pq vc passou no vermelho? Respondi: Pq aqui tá cheio de nóia. Ela (espantada): O que é um nóia? o resto da história vcs já sabem. Porra, isso pq ela é uma pessoa culta, mas não associada a um meio que usasse palavras como "nóia", que ela acabara de ouvir pela primeira vez! E foi eu que tive que praticamente ensiná-la (como criança) sobre o que cada droga é, o que cada uma faz com o indivíduo. Pq para ela, como para a grande maioria dos pais neste país, "droga é droga, é proibido, faz mal, meus filhos não devem usar nada. Bebida alcólica tudo bem, só não pode misturar, hein filinho".

Eu tb já tive problema com droga química no passado, Cocaína. Cemecei cheirando de vez em quando em pequenas doses até que a parada estava rolando quase que diariamente, durante alguns anos bem debaixo do nariz dos meus país. O efeito foi mudando aos poucos até que um dia me encontrei em casa travado sem conseguir falar direito, gaguejando e minha mãe perguntou (afirmou): "vc fumou???!!! isso aí deve ser essa maconha!!!! Eu (gaguejando): nnnnaaaddaaa mãe, eeeuuu bebi um energético cccoooomm whisky, e deu esse reeevertério!!!!!!!!! não é que ela acreditou!!!!!!!!!!! como póde???!!! Graças a Deus consegui parar com essa merda há vários anos, e que tive força e consegui largar sozinho. Pq se dependesse dos meus país e demais pessoas ao meu redor, ou não sabiam de nada ou fingiam não ver o que estava acontecendo pq não sabiam como lidar com a situação ou tinham vergonha de falar algo sobre ou sei lá o que. E eu sempre fumei maconha, sem problemas antes e depois de usar cocaína. O engraçado é que isso eles sempre recriminaram, talvez pelo cheiro que deixava o uso evidente, até pouco tempo atrás quando aceitaram e concordaram e até curtiram ver o meu grow :)===~ Isso pq eu sempre trabalhei desde os 12 anos, tinha meu próprio dinheiro, e enquanto eles tinham que bancar minhas irmãs eu sempre banquei quase todas minhas despesas (exceto moradia, até que comprei minha casa própria), sempre gostei dessa certa independência desde cedo. O fóda foi que essa independência financeira resultou em eu sempre ter dinheiro para bancar um pó e acabei me fudendo mais que uns amigos vagabundos kkkkk só rindo mesmo. Mas o assunto é bem sério.

Sempre digo e repito: a educação adequada é a melhor arma contra tragédias como essa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Se eu estivesse no lugar do policial teria feito a mesma coisa. Os policiais tavam em 3?? O cara tava com uma faca, mesmo se forem os 3 imobilizarem se vacilar um toma uma facada e pode morrer. Na minha opiniao 12 balas nao eh execucao, eh desespero da situacao. Execucao eh 1 tiro no lugar certo, descarregar uma arma assim eh panico. Disse que o cara esfaqueou um policial, eles no desespero sentaram o dedo.

Eh triste o que aconteceu, mas eu acho que o unico culpado eh o cara. O pai chamou a policia pq? O cara tava fumando crack e cheirando cocaina com mais 2 amigos na casa dos pais, provavelmente o cara tentou fazer alguma coisa e foi ameacado. Daih chamou a policia mesmo, vai arriscar a vida dele? De outros familiares???

Lamentavel, mas o que o cara esperava atacando 3 policiais com uma faca??

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Mais preparada como?Ate municao nao letal usaram.Quem ja saiu na mao com um noiado sabe como e foda para domina-los.

E a Pm tambem nao poderia simplesmente sair correndo e deixar a familia a merce desse noia,traduzindo: a PM fez o papel dela, so isso.

No caso do menino joão hélio os cana tb só fizeram a parte deles né?!?!

Ou daquela mulher que sumiram com ela aqui no Rio tb né?

É isson ae, puliça bom, é puliça...

[]'s

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Mais preparada como?Ate municao nao letal usaram.Quem ja saiu na mao com um noiado sabe como e foda para domina-los.

E a Pm tambem nao poderia simplesmente sair correndo e deixar a familia a merce desse noia,traduzindo: a PM fez o papel dela, so isso.

No caso do menino joão hélio os cana tb só fizeram a parte deles né?!?!

Ou daquela mulher que sumiram com ela aqui no Rio tb né?

É isson ae, puliça bom, é puliça...

[]'s

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Caras...

Peguem sua mão direita se forem destros e a esquerda se forem canhotos. Finjam que estão segurando uma arma imaginária e "apertem" o gatilho 12 vezes. É coisa demais. Foi despreparo associado com desprezo total pela vida do noia.

Crack é doença. O cara atacou 3 policiais com faca e não é que ele essperava algo com isso, ele tava na noia. Noia não tem motivos, tem é uma consciencia deturpada da realidade.

A família deve ter vivido o inferno com o cara. Deve ter sido a mais difícil das decisões chamar a polícia para ir na própria casa prender o próprio filho, mas pode ter sido o que sobrou para a família. O incrível é a polícia ser tão despreparada a ponto de não saber lidar com uma situação dessas (verbalmente e fisicamente). 3 caras não conseguem segurar 1 com uma faca, um mete um pipoco nas pernas do mano, outro enfia o cacetete nas costas e o 3 dá uma gravata imobilizando. É simplesmente o papel da polícia fazer este tipo de coisa.

Se eles tivessem dado um tiro e o cara tivesse falecido beleza, mas 12? É bem capaz que o cara tenha caido na metade do pente e os canas com raiva do cidadão terem, no ódio da situação, finalizado.

Lamentável.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...