Ir para conteúdo

Gandhia!


Proponha

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Eu digo começar a rediscutir porque com o Projeto Gandhia e o Proponha metendo a cara sem medo a gente pode formar um início de núcleo do GR em Sampa. Tem o Rio que já tá instituido, tem Bahia com o alma, Sampa poderia ficar com o proponha e compania. Já seria outro passo para uma associação GR. A galera tem que pensar que o barato é em nivel nacional. Rio, São Paulo e Brasília são obrigatórios.

Só que para isso o pessoal do P. Gandia tem que entrar em sincronia com o GR. Fumaça, desde o início não se mostrou boa idéia. Não quer dizer que a galera que se mobilizou possa se dissipar. A galera tem que se adaptar.

Ainda mais o Proponha sendo da casa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 295
  • Created
  • Última resposta

Top Posters In This Topic

  • Usuário Growroom

Quero com calma explicar melhor minha posição, já que ontem escrevi no susto.

Antes de mais nada quero dizer que adimiro e respeito as pessoas que tiverem esta iniciativa, inclusive pela coragem.

Porém não acredito na desobediência civil enquanto ato político de minorias.

O grande exemplo de desobediência civil no mundo foi a luta pela independência da Índia liderada pelo Gandhi. Neste caso, a luta era de toda a nação. Expulsar os ingleses era um sentimento de união nacional. Por isso funcionou.

Hoje no Brasil nossa idéia continua minoritária e ,pior, ainda tem o rótulo de imoral para muitas pessoas.

Atos de desobediência civil produzido por minorias podem gerar uma reação extremamente negativa por parte da maioria. E no momento em que a Marcha ainda é proibida em várias cidades e onde temos um processo a ser julgado no STF, podem provocar o prolongamento dos processos ou até mesmo nossa derrota.

Nossa estratégia no momento deve ser fazer as pessoas mudarem de opinião sobre a proibição da maconha. Temos que ser recuados e evitar o fumo na prórpia Marcha justamente por causa disso. Precisamos mostrar que não somos loucos nem demônios.

O importante é entendermos que cada forma de luta tem seu tempo e o seu lugar.

Não descarto de jeito nenhum participar de atos como esses no futuro, mas só depois que a correlação de forças mudar.

Na Arte da Guerra, Sun Tzu ensina a "arte da guerra da espada embainhada". Para ele o grande general conquista a vitória na paz e só desembainha a espada quando já criou as condições para vencer. Quando o general parte para a guerra antes da hora certa, ou perde ou prolonga a luta para além do necessário.

Acho que ainda devemos manter nossas "espadas de fogo" na bainha.

Com todo respeito a todos os nossos camaradas de luta.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Outro exemplo histórico parecido foi durante a ditadura a polêmica entre os adeptos da luta armada de um lado e do outro o PCB e os trotskystas (tipo PSTU) que eram contra a luta armada e defendiam que só o movimento de massas derrubaria o regime militar.

A ditadura foi duríssima com ambos os lados, inclusive usando a luta armada como pretexto para reprimir todos os grupos de oposição.

A luta armada foi desbaratada, seus militantes presos, mortos ou exilados.

A partir de 77 começaram as greves no ABC que culminaram com a Campanha das Diretas Já (1 milhão no Rio e 1 milhão em São Paulo) e a ditadura foi escorraçada pelas massas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Galera, Porque não levar cartazes didaticos sobre maconha/hemp, distribuir vaaarios panfletos e etc? usar roupa de hemp, informar sobre os usos da maconha como medicamento (para o corpo e para alma), como materia prima de tanta coisa como ela é e informar as pessoas que a verdade sobre maconha e maconheiros é totalmente diferente do que eles enchergam pela telinha?

Digamos assim, todo mundo se apresentar como maconheiro já é impactante, não precisa perder a linha e acender na hora.

Toda acao tem uma reacao, temos que manter em mente que não é facil para as pessoas assimilarem uma tamanha mudanca de conceitos brother, há de se pegar leve pra encontrar o equilibrio em tudo na vida rapazeada.

btw, uma ficha suja nao vai ser nada bom pra voces.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Podíamos fazer uma passeata com clones, Todos com um vasinho com clone, no final, plantaríamos em algum lugar por ali

Quando a polícia começar a matar os cloninhos, a imprensa vai fotografar e gravar... Ganhremos muitos simpatizante depois deles verem as plantinhas sendo assassinadas pelos vermes.

Quem quiser ir com rock wool, bubber, etc... também podeSe você ainda tem dinheiro para investir, pode fazer vendas on_line ou alugar uma loja.

Todo grower daqui podeira doar clones para os manifestantes.

Putz, to chapado...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu citei isso lá no início do tópico,

Nem precisa ir com vários clones, nem plantar (EU acho que seria tão agressivo quanto fumar), basta ir a galera com algumas plantas. Quando a polícia embaçar a galera ainda pode dar uma de coitada e falar que a polícia fez um ótimo trabaio matando uma PLANTA.

Dá para ir com uns clonezinhos de maconha e com um vaso de outra planta qualquer dizendo que é tudo uma PLANTA, é tudo presente da natureza e tal...

Tem várias formas da galera de sampa atuar forte sem dar tiros nos pé.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Postado no Blog/drogas/ O Globo

Apelido: FluManchu - 19/2/2010 - 21:23

Já vejo a cena: policia baixando a borracha, gás de pimenta a vontade; reacionários de sempre apoiando o massacre; o MP usando o fato para proibir a Marcha da Maconha; midia fazendo sensacionalismo... nada a ganhar e muito a perder.

Num país em q as bundas abundam no carnaval, mas quem faz topless na praia é prostituta sujeita a prisão por atentado ao pudor, não é dificil de imaginar o q vai ocorrer.

Todo o apoio a Marcha, uma manifestação cívica de cidadãos pelo seu direito a autodeterminação, agora afrontar a lei é tudo q os reaças de plantão ou não querem para manter o status quo.

Concordo

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Temos muito a perder, ainda mais agora, que a midia aguarda um ato alarmante,

um prato cheio pro sensacionalismo desse pais.

Vamos usar este ato para PROTESTAR ! Mas que isso seja feito de maneira muito inteligente,

para nós conquistarmos passos importantes em nossa luta.

Após a reportagem do O Globo, temos o dever de nos manisfestar !

Pois se este ocorrer de forma harmonica com a policia e afins,

a midia não tera argumentos contra nós, e sim "criticas positivas",

que ao meu ver é tudo que nós precisamos neste momento.

Vamos lá, FUMO FAKE na mão, ATIVISMO na cabeça !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Fala galera!

Reunião foi muito boa, esclarecemos diversas dúvidas com um advogado e colou uma galera comprometida para que tudo role muito bem. Segue o anúncio oficial:

"Faltam 1000 pessoas para o grande dia.

Hoje no MASP, foi feita a primeira reunião presencial do projeto GANDHIA, várias decisões estratégicas foram tomadas após aconselhamento jurídico dentre elas vale destacar:

1 - Os participantes não deverão portar drogas ilegais.

2 - Será feito um ato simbólico: Fumaremos qualquer erva legal, orégano, chá, etc... (de preferência que não seja tabaco)

3 - Foi estabelecida uma meta. Faremos o Gandhia todo mês até o número de pessoas chegar a 1.000. Nesse dia, o ato será feito com maconha.

4 - Em breve serão divulgadas a carta de princípios, o manual de conduta para dia do ato e os riscos e aconselhamentos jurídicos para os participantes do ato

Galera o Gandhia é uma missão séria, um movimento coletivo com comprometimentos individuais. Se você acredita, faça a sua parte.

Por enquanto faltam só 1000 pessoas para o grande dia acontecer. Em todos os encontros faremos uma contagem aguardando o tão sonhado numero 1000.

Até mais."

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Pra quem não conhece, leiam o livro "Desobediência Civil" de Henry David Thoreau. Foi o livro que inspirou Mahatma Gandhi a assumir a desobediência civil como forma de protestar contra os abusos do governo RACISTA e PRECONCEITUOSO da África do Sul e de lutar contra a opressão inglesa na então colônia Índia. E deu certo.

Por questões de localização não estarei nessas primeiras reuniões onde não se acenderão baseados autênticos. Mas no dia em que chegar a hora de acender o verdadeiro, podem contar comigo (e levarei mais gente).

Muitos podem considerar isso como loucura e etc, mas acredito que essa é a única maneira de mudarmos a visão preconceituosa sobre a Cannabis.

Abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Aí....

Para não dizer que não falei de flores, ou de desobediência civil...

Porque a galera não segue o exemplo da turma do Uno para Todos e vai se aquecendo para a Marcha dos 1.000?

AHU! AHU! AHU!

Ops, esse grito era dos 300... :hihihi: :hihihi: :hihihi:

http://www.unoparatodos.org

Fala ai Alma blz!?!? antes de mais nada meus mais sinceros parabens e muita admiração pelo seu trabalho e empenho pela causa, vc o cinco e muitos outros que botam a cara pra bater são motivo de orgulo pra todos nós que somos brasileiros e gostamos da maria!!!

vc's num veiram ao mundo de bobeira não, são iluminados por Deus!!!

Muito loco esse site, to bolado com a disposição da galera!!

Será que não seria interessante colocar anuncios (informativos) num periodico de circulação nacional falando dos beneficios do canhamo pra o meio ambiente e industria, do uso da Maria na area medicinal, sobre a experiencia da liberação em outros paises, etc...??

Nada muito grande tipo um quarto de pág ou menos só der ter um titulo tipo: "MACONHA" acho que chamaria a atenção mesmo num canto de pág,e no final informando a data e o assunto do próximo...

Sairia muito caro???

Acho que deveriamos entrar numa cruzada informativa pra rompermos a barreira da ignorancia!!

Nada de afrontar somente fazer com que as pessoas reflitam a respeito e revejam seus conceitos...

Graças a Deus nunca me envolvi com pessoas do tipo mais tenho a maior curiosidade em saber o valor de uma bala de fuzil, só pra ver quantas balas deicharam de ir para as ruas quando colhi as 80grs da minhha primeira colheita!! Seria motivo de orgulho pra min saber o quanto eu deichei de contribuir com a violencia

Infelizmente por falta de grana (conta de luz) meu sonho de ir rumo ao auto sutento teve de ser adiado mais a luta continua!!

Abraços irmão, que Deus ilumine a mente e o coração de todos nós!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Agora sim, ORGANIZAÇÃO é fundamental.

Moro em MG, longe... mas se eu conseguir quero ser um dos 1.000 !

Boa sorte pra galera que vai comparecer desde já, boto fé que tudo vai dar certo.

Legalize it !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Muita estrela pra pouca constelação.....

continuo achando isso idéia errada, muita gente querendo protestar com barulho e isso na minha opinião é mais banalização doque protesto.

o caminho da legalização é a conscientização dos não usuários sobre CANABIS MEDICINAL, não vão legalizar a canabis pq vcs querem fumar um de boa na rua e sim pelas propriedades medicinais da planta.... esse foi o X de lagalizarem em outros países, e não vai ser marcha, desobediência civil e fumar um na paulista que vai legalizar ou conscientizar alguém, muito pelo contrário isso é remar contra a maré.

eu nunca quis ser comparado com ninguem que saiu no jornal nos protestos e marchas da maconha... agora fica aquela muvuva gritando: Ei policia maconha é uma delicia e ainda querem que os caretas achem coisa boa legalizar....

engraçado quererem moralizar algo desmoralziado com bagunça.....

peço desculpa de ofendi alguem dizendo que é coisa de trouxa, mas no mínimo tem q ter muita falta de raciocínio pra seguir as ideias do colega e ficar fumando maconha na rua achando q está protestando... isso pra mim soa falta de maturidade..

será que os idealizadores e os que apoiam são maiores de idade? será que tem família, emprego e colocam comida na mesa?? será que quem segura toda essa responsa vai arriscar o pescoço na ideinha de outros???????

melhor ser um revolucionário de sofá doque fantoche de protesto.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Muita estrela pra pouca constelação.....

continuo achando isso idéia errada, muita gente querendo protestar com barulho e isso na minha opinião é mais banalização doque protesto.

o caminho da legalização é a conscientização dos não usuários sobre CANABIS MEDICINAL, não vão legalizar a canabis pq vcs querem fumar um de boa na rua e sim pelas propriedades medicinais da planta.... esse foi o X de lagalizarem em outros países, e não vai ser marcha, desobediência civil e fumar um na paulista que vai legalizar ou conscientizar alguém, muito pelo contrário isso é remar contra a maré.

eu nunca quis ser comparado com ninguem que saiu no jornal nos protestos e marchas da maconha... agora fica aquela muvuva gritando: Ei policia maconha é uma delicia e ainda querem que os caretas achem coisa boa legalizar....

engraçado quererem moralizar algo desmoralziado com bagunça.....

peço desculpa de ofendi alguem dizendo que é coisa de trouxa, mas no mínimo tem q ter muita falta de raciocínio pra seguir as ideias do colega e ficar fumando maconha na rua achando q está protestando... isso pra mim soa falta de maturidade..

será que os idealizadores e os que apoiam são maiores de idade? será que tem família, emprego e colocam comida na mesa?? será que quem segura toda essa responsa vai arriscar o pescoço na ideinha de outros???????

melhor ser um revolucionário de sofá doque fantoche de protesto.

Caro DMT,

A grande questão do Gandhia é cultural. Trata de sermos aceitos como minoria. Isso vai muito além da lei.

E não, não vão legalizar a cannabis pelas propriedades medicinais dela. Vão legalizar a cannabis quando for financeiramente interessante legalizar a cannabis.

Eu não quero que a maconha seja legalizada por seu uso medicinal, eu não faço uso medicinal dela e quero sim ter o direito de usá-la.

Pra mim trouxa é quem não é honesto consigo mesmo e não mostra pro mundo quem realmente é. Vou no ato fazer o que sempre faço e o que você sempre faz. A diferença é que quero mostrar pra sociedade que faço isso e não prejudico ninguém fazendo isso. Agora, não sei se você faz uso medicinal ou não, mas se não, você quer se esconder sob a alcunha de usuário medicinal mesmo não sendo?

E não reduza o ato a uma bagunça. É um movimento cultural, com música, arte, tudo pautado pela não-violência e pela busca do nosso reconhecimento dentro da sociedade. Se você não consegue entender a força simbólica disso, meus pêsames.

Também não entendi seu julgamento moral dos participantes e organizadores. Pura ideologia. Agora pra ser sério tem que constituir família burguesa, chegar em casa do trabalho tarde e botar comidinha na mesa dos filhos? Vivo minha vida do meu jeito, tenho sim meu emprego, trabalho com o que amo e estou prestes a conseguir me sustentar por completo.

Continue então escondido, revolucionando seu sofá. Eu no sábado vou mostrar pra sociedade que eu existo e não faço mal pra ninguém por fumar e plantar minha maconha.

EDIT: Só um adendo. Não estamos fazendo nada na loucura. Consultamos um advogado, sabemos dos riscos, avisaremos todos os participantes dos riscos e estamos dispostos a fazê-lo. Resolvemos fazer com fumo fake exatamente pra não sermos engolidos nesses primeiros atos. Agora quando tiver 1000 pessoas fumando maconha na Av. Paulista, acho que a sociedade é que vai ter que nos engolir.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

boa Proponha, mas só acho que "mostrar o que somos" e "mostrar o que realmente queremos" é delicado porque na sociedade tudo vale por aparencia e não como as coisas realmente são, há de concordar? Compartilho com o DMTnaVeia a ideia onde ele diz que essas coisas de passeata, mostrar que tem (pouca) gente que quer mudar as leis falando o que realmente querem não é funcional, como já não funciona. Acho que agora você e os outros colegas vão descordar de mim, porque eu penso que devemos falar conforme eles querem ouvir, como utilização industrial, combustivel e medicina, e não garantindo direitos de poder fumar a erva. É triste, mas acho que é só assim que vai funcionar mesmo, direitos individuais nessa terra é meio que piada. Não que eu concorde com isso.. mas é assim que é.

bom, no primeiro Gandhia vou estar la... já comprei uns blunts pra bolar a erva fake e apoio vocês até ai clap , mas quando falarem "agora vai ser com maconha" acho que não só eu, mas muita gente vai deixar de ir.... é só minha opinião, não sou vidente. abraço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Agora que o movimento vem tomando corpo e se organizando eu começo a botar fé. Acho que essas açoes que ironizam a repressao e mostram como os argumentos proibicionistas sao frageis podem somar bastante a luta pela descriminalizacao. acho a ideia de fazer um evento mensal é otima pq da pra ir sentindo a reacao da sociedade e intensificando ou relaxando as acoes...

Tenho um pouco de restricao ao local (Av.Paulista) pq pode cagar o transito e ai todo mundo fica com odio independente do motivo da manifestacao...talvez Ibira seja melhor nesse sentido... (tambem tem um visual bem melhor pra queimar um bamba hehehehe)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

boa Proponha, mas só acho que "mostrar o que somos" e "mostrar o que realmente queremos" é delicado porque na sociedade tudo vale por aparencia e não como as coisas realmente são, há de concordar? Compartilho com o DMTnaVeia a ideia onde ele diz que essas coisas de passeata, mostrar que tem (pouca) gente que quer mudar as leis falando o que realmente querem não é funcional, como já não funciona. Acho que agora você e os outros colegas vão descordar de mim, porque eu penso que devemos falar conforme eles querem ouvir, como utilização industrial, combustivel e medicina, e não garantindo direitos de poder fumar a erva. É triste, mas acho que é só assim que vai funcionar mesmo, direitos individuais nessa terra é meio que piada. Não que eu concorde com isso.. mas é assim que é.

bom, no primeiro Gandhia vou estar la... já comprei uns blunts pra bolar a erva fake e apoio vocês até ai clap , mas quando falarem "agora vai ser com maconha" acho que não só eu, mas muita gente vai deixar de ir.... é só minha opinião, não sou vidente. abraço.

Acho que esses movimentos não são diretamente funcionais nos trâmites legais. Mas acho que é funcional na quebra de paradigmas sociais e consequentemente no aumento do debate. Com o aumento do debate e a quebra de paradigmas o assunto chega mais fácil aos trâmites legais. Logo acho que indiretamente eles são funcionais sim.

E realmente o Brasil não é o país mais democrático neste sentido. Claro que receberamos criticas dos setores mais conservadores, mas acho que não devemos deixar de fazê-lo por isso.

Mas é isso ae! Ajude no que for possível! Nos vemos no sábado!

Agora que o movimento vem tomando corpo e se organizando eu começo a botar fé. Acho que essas açoes que ironizam a repressao e mostram como os argumentos proibicionistas sao frageis podem somar bastante a luta pela descriminalizacao. acho a ideia de fazer um evento mensal é otima pq da pra ir sentindo a reacao da sociedade e intensificando ou relaxando as acoes...

Tenho um pouco de restricao ao local (Av.Paulista) pq pode cagar o transito e ai todo mundo fica com odio independente do motivo da manifestacao...talvez Ibira seja melhor nesse sentido... (tambem tem um visual bem melhor pra queimar um bamba hehehehe)

Legal Jahbaa é isso ae! Quanto ao local não faremos o ato no meio da Avenida Paulista não, vai ser no vão do MASP! Não atrapalhará o trânsito.

Jahbaa the Hut, que nada..o transporte publico para a paulista é de fácil acesso: tem o metro trianon-masp, varios busão... pra mim mesmo é 2 horas palito, até quem tem carro prefere pegar metro pra ir lá! abrazz

Realmente a facilidade de acesso é um ponto muito positivo pro local. Mas acho que não foi por isso que o Jahbaa criticou hehe.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Nem que a policia queira consegue dar jeito de prender 1000 ativistas de uma vez. A idéia é boa. Imagina o tempo pra fazer 1000 TC. ou quantos camburões serão necessários pra levar 1000. To mandando e-mail pra todo mundo que eu conheço que mora ai em sampa com cópia desse tópico. E pode ter certeza que quando o dia chegar eu vou lá assinar meu TC também. Faltam 999

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Caro DMT,

A grande questão do Gandhia é cultural. Trata de sermos aceitos como minoria. Isso vai muito além da lei.

E não, não vão legalizar a cannabis pelas propriedades medicinais dela. Vão legalizar a cannabis quando for financeiramente interessante legalizar a cannabis.

Eu não quero que a maconha seja legalizada por seu uso medicinal, eu não faço uso medicinal dela e quero sim ter o direito de usá-la.

Se nos países que legalizaram a pouco tempo o consumo de cannabis para fim medicinais foi desse jeito, porque voces espera que no brasil um país com a massa muito mais manipulada pela igreja universal e rede globo vão apoiar a legalização para vc ficar loucão? (nda contra eu fumo pra ficar louco e medicinal)

Pra mim trouxa é quem não é honesto consigo mesmo e não mostra pro mundo quem realmente é. Vou no ato fazer o que sempre faço e o que você sempre faz. A diferença é que quero mostrar pra sociedade que faço isso e não prejudico ninguém fazendo isso. Agora, não sei se você faz uso medicinal ou não, mas se não, você quer se esconder sob a alcunha de usuário medicinal mesmo não sendo?

Concordo com você, mas também é trouxa quem não se preocupa com as outras pessoas e não tem um pingo de empatia pela sociedade, aliás eu eu nunca neguei que fumo maconha para ninguém, tanto no trabalho como família,e não é por isso que vou fumar maconha na avenida paulista com um grupo gigante de desconhecidos que podem estar armados, com outras drogas, mas será que você acha certo incitar outras pessoas à cometerem atos ilícitos em um protesto?

Mais uma pergunta, você se responsabiliza por todas as pessoas que vão estar lá fumando maconha? ou vão ter pessoas que você nunca viu que podem estar lendo essa discussão agora, como garotos de 14, 15, 16 anos que podem cometer todo tipo de problemas desde estar fumando maconha com um grupo de maiores de idade, ou alguém imaturo até maior ofender autoridade, as pessoas começarem a causar conflito como em outras marchas?

E não reduza o ato a uma bagunça. É um movimento cultural, com música, arte, tudo pautado pela não-violência e pela busca do nosso reconhecimento dentro da sociedade. Se você não consegue entender a força simbólica disso, meus pêsames.

O ato pode ser um movimento cultutal como pode ser uma tragédia, como gente sendo agredita, conflito com autoridades, imprensa sensacionalista presente registrando todo tipo de violência que geralmente passa semanalmente na televisão, e se alguém jogar uma pedra numa viatura? ahhh e se um policial inconsequente der um soco em alguém la, será q tdmundo vai ficar quieto?

Acho muito fácil querer agregar valor artístico nas coisas, difícil é saber se todos que vão participar vão estar ligados nisso ou se vão lá para bagunçar como nas marchas

Também não entendi seu julgamento moral dos participantes e organizadores. Pura ideologia. Agora pra ser sério tem que constituir família burguesa, chegar em casa do trabalho tarde e botar comidinha na mesa dos filhos? Vivo minha vida do meu jeito, tenho sim meu emprego, trabalho com o que amo e estou prestes a conseguir me sustentar por completo.

Em nenhum momento eu quis dizer isso caro amigo, você está distorcendo o assunto, oque quis questionar é se o público que vai nesse protesto tem família que depende de seu sustento, se tem pais, trabalhadores, gente que se for presa vai causar danos à mais gente próxima que depende deles. Afinal o ato será ilegal, será que quem tem uma responsabilidade enorme nas costas e matu

ridade irá se aventurar nessa empreitada "político-cultural" ilícita???

Continue então escondido, revolucionando seu sofá. Eu no sábado vou mostrar pra sociedade que eu existo e não faço mal pra ninguém por fumar e plantar minha maconha.

Cara acho que vc deve pensar que sou um mané enrustido né? em algum momento eu disse que me escondo? caramba q mania que as pessoas tem de atacar algo por achismo.

A sociedade sabe que existem muitos usuários de maconha pro aí, se ve nas ruas, em veículos de comunicação não vai ser seu movimento de agitação ilícita que irá fazelos ter consciencia de que a cannabis não faz mal

Muito pelo contrário, essa forma de protesto acaba banalizando de vez e remando contra a maré da legalização, eu não quero ser um usuário medicinal enrustido atrás de receita médica assim como muita gente na califórnia não quer, a questão é que a história já prova por si só com todos os fatos explicitos que o caminho para as pessoas terem seus pés de fumo em casa sem estarem na ilegalidade está sendo assim, e com o tempo as pessoas que não tem conciencia de que a cannabis não faz mão vão aceitar mais fácilmente desse modo, afinal essa adaptação vai levar tempo e não tem como de uma vez impor algo que é um tabu dentro de uma sociedade.

EDIT: Só um adendo. Não estamos fazendo nada na loucura. Consultamos um advogado, sabemos dos riscos, avisaremos todos os participantes dos riscos e estamos dispostos a fazê-lo. Resolvemos fazer com fumo fake exatamente pra não sermos engolidos nesses primeiros atos. Agora quando tiver 1000 pessoas fumando maconha na Av. Paulista, acho que a sociedade é que vai ter que nos engolir.

Quando vc diz nós vc responde por quem você e quem mais? quem são vocês afinal? Consultaram um advogado? Seria o Dr. ___________ Qual o nome dele? Ele tem OAB? Vocês vão pagar honorários dos participantes que podem ser detido no ato? Qual artigo da lei seu advogado vai usar pra defender a pessoa q for presa? O grupo Gandhia tem registro em algum órgão? Estatudo?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

verdade Proponha, me distrai um poco quando eu li o que ele falou :)===~ hahah... la no MASP vai ser sussegado... estou com vocês nessa, e vou chamar gente pra ir tambem enquanto for fake...

Nem que a policia queira consegue dar jeito de prender 1000 ativistas de uma vez. A idéia é boa. Imagina o tempo pra fazer 1000 TC. ou quantos camburões serão necessários pra levar 1000. To mandando e-mail pra todo mundo que eu conheço que mora ai em sampa com cópia desse tópico. E pode ter certeza que quando o dia chegar eu vou lá assinar meu TC também. Faltam 999

mano, policia pra prender gente de bem que não tem armas e não oferece hostilidade nenhuma é fácil... mandam até tanque de guerra, ainda mais que ta rolando noticia no globo... no dia se achar que vai ser como? agora manda ir entrar nas favelas prender os bandidos de verdade que são armados e oferecem MUITA resistencia, vai nem uma moto véia da PM. Não conto com isso pra me safar não, já tomo mó cuidado pra nao rodar, não vo querer ser pego de besteira. As coisas que o DMTnaVeia falou ai em cima tem nexo.. é onde eu não apoio o ato ilicio. Bom mas cada um cada um, você tem a sua opinião e eu tenho a minha.

mas as intenções estão ficando mais claras, e até estou começando a concordar de certa forma... realmente se acontecer todo o mes com o fumo fake, vai ser um negocio que vai forçar a ser bem discutido na midia! vai ser legal!... se depois vão usar maconha, com certeza vocês tem um objetivo, e torço pra que se eles sejam de boa indole, que sejam alcançados! abraço

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...