Ir para conteúdo

Que música vc esta escutando agora?


Home Fumassa

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Thick as a Brick - Jethro Tull

Really don´t mind if you sit his one down...

My words but a whisper your deafness a shout

I may make you feel but I can´t make you think

YOur sperm´s in the gutter your love is in the sink...

So you ride yourselves over the fields. (os solinhos de flauta que tem nessa parte são delirantes... um contraponto perfeito com os vocais... algo sublime...)

and you make all your animal deals

And your wise man don´t know how it feels

To be thick as a brick... thuruthurururururu.. thurururururururu thuuuuuuu thurururururu rururururu...

pooo... quem nunca escutou realmente não viveu completamente... hehehe...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

"Delírio", Secos e Molhados

Secos e Molhados. Uma banda para sempre

Por DZ

Essa é mais uma das maravilhosas bandas que o Brasil tinha nos anos 70. Junto com Mutantes, Made in Brazil, O Terço, Joelho de Porco, Casa da Máquinas, entre vários outros, 'Secos e Molhados' fazia a cabeça da rapaziada maneira e inteligente daquela época.

Gerson Conrad (violão de 6/12 cordas e vocal); João Ricardo (violão de 6/12, harmônica de boca e vocal); e Ney Matogrosso (vocal) conseguiram chocar o público nas suas apresentações ao vivo = a rostos pintados e uma coreografia exótica e sensual de Ney Matogrosso aliadas as letras de João Ricardo.

Surgiram e acabaram muito rápido. Só tiveram uma óima fase na carreira. Lançaram três discos de estúdio, todos eles com o nome de Secos e Molhados, mas se são conhecidos como "Cabeça" (aquele na mesa com as cabeças nas bandejas); Balaio (aquele que tem os três rostos na capa, com a textura de bambu) e o que é escrito apenas 'Secos e Molhados'.

Ainda sim, contam com um lendário disco gravado ao vivo no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio. Uma verdadeira relíquia entre os colecionadores de discos de vinil, aqueles que semanas e semanas sempre tentam dar uma passada na Praça Benedito Calixto para saber se o disco pintou por alí.

Uma pena, a banda durou apenas uns 4 anos, quando o Ney Matogrosso saiu para tentar a carreira solo. Os dois outros integrantes também tentaram sua carreiras. João Ricardo chegou a lançar alguns discos solo, mas sem grande repercussão.

Vale a pena para o pessoal que gosta muito de música brasileira de boa qualidade. Um grupo realmente que trouxe novidade à música. Só escutando para saber exatamente o que eu tô tentando dizer. "Oh, Mulher Infiel", "O Vira', "Sangue Latino", "Rosa de Hiroshima", foram alguns dos sucessos. "Assim Assado", "Mulher Barriguda" e "El Rey", também são ótimas.

São esses elementos que faz da banda 'Secos e Molhados' uma referência de boa música no Brasil. O som sempre parecendo atual faz com a banda persista mesmo depois de 30 anos do seu fim. Ou seja, o som é bom demais.

Ao Vivo - Maracanãzinho (1974)

maracana.jpg

Secos e Molhados (1974)

balaio.jpg

Secos e Molhados (1973)

mesa_cabeca.jpg

-------------------

Olha aê o que eu resolvi escrever sobre a banda.... tô chapado!

Abraço

DZ

PS - Lógico que comecei escrever quando tava tocando "Delírio" e acabei depois de várias outras...

edit: imagens

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...