Ir para conteúdo

Empresa Sequencia Genoma Da Maconha


Marofa_19

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Empresa sequencia genoma da maconha

Trabalho feito por cientistas de Amsterdã procura entender melhor os efeitos terapêuticos da planta

O trabalho foi realizado pela Medical Genomics que, talvez não coincidentemente, é um laboratório holandês com sede em Amsterdã. O objetivo seriam as pesquisas para fins terapêuticos com a planta, e os resultados foram divulgados nessa madrugada em um serviço de nuvem aberto.

O material, no entanto, é apenas a “sequência bruta” - dados que ainda precisam de muito trabalho para poderem ser aproveitados para algum fim. Por enquanto, os pesquisadores possuem 131 bilhões de bases de DNA, mas esse número deve ser reduzido a apenas 400 milhões quando o trabalho com a maconha estiver finalizado.

Isso ocorre devido ao processo de obtenção do genoma, que envolve recortar várias sequências de DNA em pequenos trechos mais fáceis de analisar. Depois, numa segunda etapa, é preciso “unir” todas essas informações para formar uma sequência única – e esta é justamente a parte mais demorada e trabalhosa de todo o processo.

No final da primeira etapa, os cientistas obtém uma grande quantidade de bases, que são as “unidades” que formam os genes. Porém, elas podem estar duplicadas - justamente pelo número de recortes feitos. É a etapa seguinte, ainda não realizada no genoma da Cannabis, que reduz esse número ao valor correto.

A Medical Genomics diz que seu objetivo é encontrar novas propriedades terapêuticas na maconha já que alguns estudos mostram que alguns de seus compostos podem trazer benefícios ou ajudar a combater doenças.

Atualmente, o composto da maconha mais estudado é o THC, porém, com o genoma, a empresa acredita que os cientistas poderão explorar outras propriedades da planta. Além disso, a empresa deve visar os Estados Unidos, aonde a Cannabis é legalizada para uso médico em alguns estados. No país, a cada ano, aumenta em 50% o uso da planta para fins médicos.

Fonte: http://exame.abril.c...noma-da-maconha

Hehe, pensa bem, daqui a pouco tudo mapeado e o mundo sendo cada vez mais curado pela cannabis. Que Jah os guie!

Paz!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

excelente noticia!!!!!!

ja tava na hora de rola esse sequenciamento ai!!!!

agora é aguardar e ver oq os cientistas conseguem interpretar da sequencia!!!!!

tomara que estejam de boa vontade, e que tenham boa sorte pra achar a tão sonhada prova real sem argumentos de que a maconha cura sim.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Só a partir de agora, :cadeirada: REPORTERES de MERDA :cadeirada: , seria possível produzir maconha :love-weed: modificada :love-weed: geneticamente. :love-weed:

Bom, quer maconha com ou sem larica??? :pass:

Por enquanto fico com a minha maconha Lima. Uma viralata de RAÇA!!!!!!!

Maconha transgênica, você quis dizer... Qualquer inbreed pra gerar nova strain já gera modificação genética

:pass:

:smoke18: :smoke18: :smoke18: :smoke18: :smoke18:

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Se você comparar seu material genético com o dos seus pais, sim. Quanto mais gerações você voltar, maior a quantidade de alterações.

Por exemplo, em relação a cachorros, se você comparar o material genético de um chiuaua(sei lá como escreve, mas poderia ser qualquer outra raça) com de um cão primitivo no começo da domesticação, as diferenças entre os dois será enorme, e essa modificação se deu através de inbreed. Tipo Mendel e as ervilhas

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...