Ir para conteúdo

Lançamento Revista Semsemente!


Bas

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Porra Irmão, vende aí e fica com 15% uhaehuaehuaehuaeuhae depois tu dá 10 pila pro Bas, quando tu ver ele! hahaha

Falando sério mesmo!

15% kkkkkkkkk boa chuck ela esta praticamente vendida só falta a conta pra deposita $$ VQV

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Grandes amigos.

Estou muito feliz com meu exemplar na mão.

Apesar de também ter demorado pra chegar, CHEGOU !!

Quero parabenizar a todos os envolvidos. O material está perfeito, as fotos idem ...

É certamente um marco na história da erva no Brasil.

Muito obrigado a todos que fazem parte deste projeto.

ABRAÇÃO !!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

por obisequio....

Essa revista terá quantas Edições no ano?

Todo mês ou de dois em dois meses?

Preciso de uma certeza.. tenho interesse em comprar.. aguardo contato

Att Gabriel

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Revista dedicada à maconha incentiva o cultivo caseiro

Recém-lançada, 'semSemente', primeira publicação do gênero no país, defende a regulamentação da erva

Cultivo caseiro inibiria o tráfico, afirmam criadores da revista; conduta é crime, sujeito a penas alternativas

MORRIS KACHANI

DE SÃO PAULO

A "cultura canábica" -o universo em torno do consumo e do cultivo caseiro da maconha-acaba de ganhar um veículo para se expressar no Brasil. Com 10 mil exemplares, periodicidade bimestral e 64 páginas, chegou às bancas neste mês a "semSemente", primeira revista especializada em maconha no país.

Os editores, Matias Maxx, 31, e Wiliam Lantelme, 36, são os primeiros organizadores da Marcha da Maconha, realizada desde 2007.

A previsão era que o título chegasse às bancas há um mês, na marcha do Rio, mas a gráfica que iria imprimir os exemplares desistiu, temendo problemas com a Justiça.

Além do debate político, a revista traz reportagens sobre o cultivo caseiro da droga, HQs, receitas com a erva e eventos como a Copa Canábica, em que cultivadores apresentaram suas extrações, em local secreto em SP, em maio.

"O projeto é antigo. A certeza de que a publicação vingaria sempre conflitou com a paranoia da repressão imediata", diz Maxx. A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de 2011, excluindo a interpretação que via apologia em atos como a Marcha da Maconha, abriu o caminho.

A mais tradicional publicação do gênero é a "High Times", dos EUA, criada em 1974. Há também revistas na Argentina e no Chile.

As duas grandes bandeiras da "semSemente" são a regulamentação da maconha e o incentivo ao cultivo caseiro, de preferência com hidroponia (com água e sem terra).

Pela argumentação, o cultivo caseiro inibiria o tráfico e ainda proporcionaria uma melhor qualidade da erva.

"O fumo que se compra nas ruas hoje (...) é mal cultivado e cheio de impurezas. Tem amônia e outras substâncias", diz Lantelme, que fuma 30 gramas por semana (ou cerca de 50 cigarros).

DEBATE

Hoje, o porte e plantio para uso pessoal é passível de penas alternativas. Prisão, não mais. Porém a conduta ainda é considerada crime.

A comissão de juristas do Senado que debate a reforma do direito penal apresentou em maio uma proposta de descriminalizar o usuário.

A autora da proposta, a defensora pública Juliana Belloque, afirma que se baseou em uma tendência mundial e na necessidade de reduzir o número de prisões de usuários por tráfico. "Mas descriminalizar o uso não significa regulamentar. Estamos propondo um passo mais tímido."

Para o jurista Ives Gandra Martins, permitir a descriminalização ou iniciativas como a revista e a Marcha da Maconha é um equívoco. "Não é incentivando o uso indiscriminado que vamos combater o tráfico. E quanto ao argumento da liberdade de expressão, penso diferente. A democracia consiste em gerar responsabilidade social antes de mais nada."

Em 2008, pesquisa do Datafolha mostrou que 76% são contra legalizar a maconha.

Fonte:

http://www1.folha.uo...o-caseiro.shtml

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

será q vai rola um pdf pra galera menos favorecida financeiramente!?? :rolleyes:

"de preferência com hidroponia"

pq dão preferência pra hidro?

nada contra esse método! mas é tãão MAIS FÁCIL e BARATO cultivar em vasos, fibra de coco e humus!

e outra, me parece q o cultivo hidropônico não é orgânico! ou seja, dalhe química nas plantas!

talvez a maioria não ligue pra esses pequenos detalhes...

detalhes q com ctza deixarão sua erva melhor e mais barata! :thumb:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

:naparede:

Eu querendo comprar duas pra guardar uma no plástico intacta e outro querendo PDF ... é mole ?

10 contos pra fortalecer e ajudar a galera que se empenhou tanto, penso que é mais que merecido.

Desculpe, mas acho até uma falta de respeito pensar em PDF, sem contar que é crime reproduzir um conteúdo sem autorização do(s) autor(es).

Interessante a matéria na folha ... uma pena a miopia geral.

"Não é incentivando o uso indiscriminado que vamos combater o tráfico. E quanto ao argumento da liberdade de expressão, penso diferente. A democracia consiste em gerar responsabilidade social antes de mais nada."

Queria saber onde esse pacote cheio de M... viu alguém incentivando o uso indiscriminado.

:muros:

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

senhores

volto aqui pra demonstrar minha infelicidade com o atendimento ao cliente por parte dos organizadores da revista

mandei email pra 2 emails diferentes, um peguei no site e outro no pagamento atraves do pagseguro

informei que tinha pedido duas revistas e me mandaram somente uma

me comuniquei com eles por aqui e até agora nada......

gostaria de saber se os organizadores dessa revista tem alguma solucao pro meu problema?????

.

..

...

.

.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

por obisequio....

Essa revista terá quantas Edições no ano?

Todo mês ou de dois em dois meses?

Preciso de uma certeza.. tenho interesse em comprar.. aguardo contato

Att Gabriel

Gabriel, ela será bimestral.

Abraços

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

será q vai rola um pdf pra galera menos favorecida financeiramente!?? :rolleyes:

Então Droopy, por enquanto nós vamos lançar a revista somente em versão impressa.

Mais para a frente, quando a revista já estiver mais estruturada e bem divulgada, nós poderemos lançar a versão dgital.

Abraços

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Então Droopy, por enquanto nós vamos lançar a revista somente em versão impressa.

Mais para a frente, quando a revista já estiver mais estruturada e bem divulgada, nós poderemos lançar a versão dgital.

Abraços

opa valew irmão!

desculpe se fui mal interpretado..claro q 10 reais num é nada! e sem dúvida a galera merece um retorno pelo trabalho!..tive a oportunidade de conferir! ficou mto bom,nota10 :thumb: PArabéns a todos os colaboradores q fizeram isso acontecer!

mas não era mto pelo lado da grana, e sim pela divulgação da cultura pela rede.

mas compreendi,...Obrigado! fico no aguardo!

abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O Dr. Ives Gandra, que fez comentários sobre a maconha e suas manifestações na matéria da Folha de São Paulo sobre o lançamento da semSemente, respondeu o email que enviei a respeito de suas declarações. Claramente todo seu conhecimento sobre a erva é baseado nos factoides destilados pela Guerra as Drogas norte americana.

Segue:

"Prezado Dr. Vitor,

Grato por suas observações.

Pessoalmente, sou contrário ao uso de tudo que gere dependência, independentemente do grau dos efeitos colaterais.

Embora possa ser usada como remédio, é de se lembrar que todas as drogas utilizadas com fins terapêuticos e que podem gerar dependência, são vendidas sob prescrição médica.

Agradeço suas observações, mas penso diferentemente.

Forte abraço,"

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

uai se ele é contra tudo que gera dependencia então ele é contra oxigenio, alimentos, luz solar.. que eu saiba o ser humano e a vida em si é extremamente dependente a isso

tem como passar o e-mail dele

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O Dr. Ives Gandra, que fez comentários sobre a maconha e suas manifestações na matéria da Folha de São Paulo sobre o lançamento da semSemente, respondeu o email que enviei a respeito de suas declarações. Claramente todo seu conhecimento sobre a erva é baseado nos factoides destilados pela Guerra as Drogas norte americana.

Segue:

"Prezado Dr. Vitor,

Grato por suas observações.

Pessoalmente, sou contrário ao uso de tudo que gere dependência, independentemente do grau dos efeitos colaterais.

Embora possa ser usada como remédio, é de se lembrar que todas as drogas utilizadas com fins terapêuticos e que podem gerar dependência, são vendidas sob prescrição médica.

Agradeço suas observações, mas penso diferentemente.

Forte abraço,"

todo respeito ao dr Ives, vai me dizer que não bebe um café?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...