Ir para conteúdo

Rj: Médico É Preso Por Manter Plantação De Maconha Em Apartamento


CanhamoMAN

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

RJ: médico é preso por manter plantação de maconha em apartamento

Um médico foi preso em flagrante na manhã desta terça-feira após a polícia encontrar uma plantação de maconha em seu apartamento no Rio de Janeiro. O imóvel fica localizado no número 398 da rua São Clemente, no bairro do Botafogo.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o médico tem em torno de 40 anos. No apartamento, foram encontrados diversos pés da planta. Agentes da 10ª Delegacia de Polícia (Botafogo) fizeram perícia no local.

30 de Abril de 2013

Fonte http://noticias.terra.com.br/brasil/policia/rj-medico-e-preso-por-ter-plantacao-de-maconha-em-apartamento,e46550cb63b5e310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Salve, Irmãos!

Recebi a informação do Irmão CJGR sano que ele assinou o 28 e já foi liberado.

Abração e tudo de melhor para todos,

Era da familia GR o cara que caiu? Tomara que sim, pois de repente na hora ali algumas informações e ações sao bastante relevantes.

A parada é sinistra msm...a maior ameaça para o grower hj...cair enquanto planta. Esses fdp! kerem msm que a gente va pegar fumo de traficante...

bando de porco!

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu e Brave estivemos na DP! Acho que ele não era aqui da casa, pois as 7 plantas estavam bem surradas! Foi enquadrado no Art. 28 e liberado...

  • Like 34
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu e Brave estivemos na DP! Acho que ele não era aqui da casa, pois as 7 plantas estavam bem surradas! Foi enquadrado no Art. 28 e liberado...

Mestre, achas que sua presença e a do Brave foram decisivas para o enquadramento no art. 28 ?

O mesmo aconteceria se não tivesse colado nenhum advogado por lá ?

Como vocês ficaram sabendo do caso ? Foram contactados por algum conhecido do irmão ?

Sucesso.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

A divisão de classes é geral até na forma da lei tratar o indivíduo. Lembro que aquele cara que foi pego

lá no Vidigal tinha total perfil de usuário e foi preso. Vocês acham mesmo que iam prender um médico ?

Ainda mais ali em Botafogo, na rua São Clemente, mó rua de bacana. Agora vai ser pego com planta na

Baixada ?

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Mestre, achas que sua presença e a do Brave foram decisivas para o enquadramento no art. 28 ?

O mesmo aconteceria se não tivesse colado nenhum advogado por lá ?

Como vocês ficaram sabendo do caso ? Foram contactados por algum conhecido do irmão ?

Sucesso.

O decisivo foi o sujeito ser médico e morar em bairro na Zona Sul do Rio. A delegada que decidiu pelo 28.

Sem advogado, o própio grower tem que se defender, afirmando reiteradamente que o cultivo se destinava apenas ao próprio consumo pessoal.

Eu vi a notícia no Plantão do O Globo on line e avisei ao Brave, que foi na frente enquanto eu terminava uma consulta médica.

Muito importante é conhecerem o SOS! Sempre ter alguem de confiança pra mandar um email pro sos@growroom.net. Nesse email deve ser informado o local onde é a emergencia, um telefone de contato para nos comunicarmos. Importante ressaltar que o SOS não é para tirar dúvidas. Recebemos muitas consultas jurídicas ocupando um canal que é para EMERGÊNCIAS envolvendo prisão por cultivo.

  • Like 43
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O decisivo foi o sujeito ser médico e morar em bairro na Zona Sul do Rio. A delegada que decidiu pelo 28.

Sem advogado, o própio grower tem que se defender, afirmando reiteradamente que o cultivo se destinava apenas ao próprio consumo pessoal.

Eu vi a notícia no Plantão do O Globo on line e avisei ao Brave, que foi na frente enquanto eu terminava uma consulta médica.

Muito importante é conhecerem o SOS! Sempre ter alguem de confiança pra mandar um email pro sos@growroom.net. Nesse email deve ser informado o local onde é a emergencia, um telefone de contato para nos comunicarmos. Importante ressaltar que o SOS não é para tirar dúvidas. Recebemos muitas consultas jurídicas ocupando um canal que é para EMERGÊNCIAS envolvendo prisão por cultivo.

:emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping:

Sem mais vou dizer o que de vc e do brave???

Sano deu pra perceber algo a respeito do numero de plantas?? Tipo num caso desses aonde o cara é médico e comprova que trabalha independente do número de plantas que encontrassem ele assinatria o 28 mesmo assim??

7 plantas é um numero bem pequeno porém ainda interpretativo aos olhos de quem ve.

Eu quero ver algum jornal de merda declarar a verdade que o doutor foi assinou um TC e voltou pra casa de boa.

Se marca o tio já deve ta pedindo mais seeds uheuehuehuhe.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O decisivo foi o sujeito ser médico e morar em bairro na Zona Sul do Rio. A delegada que decidiu pelo 28.

Sem advogado, o própio grower tem que se defender, afirmando reiteradamente que o cultivo se destinava apenas ao próprio consumo pessoal.

Eu vi a notícia no Plantão do O Globo on line e avisei ao Brave, que foi na frente enquanto eu terminava uma consulta médica.

Muito importante é conhecerem o SOS! Sempre ter alguem de confiança pra mandar um email pro sos@growroom.net. Nesse email deve ser informado o local onde é a emergencia, um telefone de contato para nos comunicarmos. Importante ressaltar que o SOS não é para tirar dúvidas. Recebemos muitas consultas jurídicas ocupando um canal que é para EMERGÊNCIAS envolvendo prisão por cultivo.

Que bom que o grower foi liberado, mas é triste ver que a posição social do sujeito foi determinante nesta questão =/

Obrigado pelo apoio pessoal do CJGR!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O decisivo foi o sujeito ser médico e morar em bairro na Zona Sul do Rio. A delegada que decidiu pelo 28.

Sem advogado, o própio grower tem que se defender, afirmando reiteradamente que o cultivo se destinava apenas ao próprio consumo pessoal.

Eu vi a notícia no Plantão do O Globo on line e avisei ao Brave, que foi na frente enquanto eu terminava uma consulta médica.

Muito importante é conhecerem o SOS! Sempre ter alguem de confiança pra mandar um email pro sos@growroom.net. Nesse email deve ser informado o local onde é a emergencia, um telefone de contato para nos comunicarmos. Importante ressaltar que o SOS não é para tirar dúvidas. Recebemos muitas consultas jurídicas ocupando um canal que é para EMERGÊNCIAS envolvendo prisão por cultivo.

O decisivo foi o sujeito ser médico e morar em bairro na Zona Sul do Rio. A delegada que decidiu pelo 28.

Sem advogado, o própio grower tem que se defender, afirmando reiteradamente que o cultivo se destinava apenas ao próprio consumo pessoal.

Eu vi a notícia no Plantão do O Globo on line e avisei ao Brave, que foi na frente enquanto eu terminava uma consulta médica.

Muito importante é conhecerem o SOS! Sempre ter alguem de confiança pra mandar um email pro sos@growroom.net. Nesse email deve ser informado o local onde é a emergencia, um telefone de contato para nos comunicarmos. Importante ressaltar que o SOS não é para tirar dúvidas. Recebemos muitas consultas jurídicas ocupando um canal que é para EMERGÊNCIAS envolvendo prisão por cultivo.

Parabéns para os nossos consultores jurídicos. O GR nos deixa com orgulho de sermos maconheiro.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

:emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping:

Sem mais vou dizer o que de vc e do brave???

Sano deu pra perceber algo a respeito do numero de plantas?? Tipo num caso desses aonde o cara é médico e comprova que trabalha independente do número de plantas que encontrassem ele assinatria o 28 mesmo assim??

7 plantas é um numero bem pequeno porém ainda interpretativo aos olhos de quem ve.

Eu quero ver algum jornal de merda declarar a verdade que o doutor foi assinou um TC e voltou pra casa de boa.

Se marca o tio já deve ta pedindo mais seeds uheuehuehuhe.

Creio que o número de plantas não seja preponderante quando o cultivador tem uma profissão regular e fonte de renda comprovada. Vide o enquadramento como consumidores no momento do julgamento dos cultivadores do Recreio com 108 plantas, após comprovarem quem não de renda da circulação das plantas para viver.

7 é um número que configura, imo, baixíssima quantidade, mas se você tiver 77 plantas e conseguir convencer o delegado desse nexo causal que configure a "pequena quantidade" creio que entra no 28.

Acho que não sairá no jornal, já que o Brave pediu aos repórteres presentes para não expor o cultivador.

  • Like 13
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...