Ir para conteúdo

Uruguai Outorga Residência Permanente A Todos Os Nascidos Nos Países Do Mercosul.


GanjAgain

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Uruguai outorga residência permanente a todos os nascidos nos países do Mercosul.

Fonte: Jornal El País

http://www.elpais.com.uy/informacion/residencia-uruguaya-automatica-nacidos-mercosur.html

Residencia automática a nacidos en el Mercosur

El Poder Ejecutivo envió al Parlamento un proyecto de ley que modifica la ley de Migración (N° 18.250) y le otorga la "residencia permanente" a todos aquellos ciudadanos de los países del Mercosur con la única exigencia de acreditar dicha nacionalidad.

Distinto será para otros extranjeros que deberán seguir realizando trámites más engorrosos y con mayores exigencias y plazos de aprobación.

"Tendrán la categoría de residentes permanentes los nacionales de los estados partes del Mercosur y estados asociados (Argentina, Brasil, Paraguay, Venezuela, Bolivia, Chile, Colombia, Ecuador y Perú).

En la exposición de motivos, se explica que el proyecto "se enmarca en una política migratoria basada en una perspectiva de derechos y en línea con los compromisos nacionales asumidos". Basado en el acuerdo de residencia del Mercosur firmado en 2002, se señala que se apunta a fortalecer y profundizar el proceso de integración.

El País informó el pasado domingo que en 2013 el Estado otorgó 1.645 residencias definitivas a ciudadanos argentinos, mientras esta cifra fue de 461 en 2012.

Además, el número total de residencias otorgadas también presentó un pico considerable. Mientras en 2012 se habían concedido 2.426, en 2013 fueron 5.885, que se traduce también en un crecimiento incluso mayor al que se produjo tras la aplicación de la Ley de Migración de 2008.

La presencia de argentinos en el país siempre fue significativa respecto al resto de los ciudadanos extranjeros. En esta oportunidad, las residencias otorgadas representan el 27,9% del total de autorizaciones. En 2012 eran solamente el 19% del total con tendencia a ubicarse en este rango.

El proyecto de ley enviado al Parlamento también apunta a facilitar la residencia permanente en Uruguay a cónyuges, concubinos, padres, hermanos y nietos de uruguayos. "La finalidad de la norma propuesta se origina en la vocación integracionista de nuestro país, tanto hacia los nacionales que residen en el exterior y retornan, como hacia los nacionales de los estados del Mercosur y sus asociados", sostiene el proyecto.

Se explica que existen uruguayos que residen o residieron en el exterior y hoy se encuentran retornando junto a sus familiares, algunos de origen extranjero. Por esa razón, se apunta a facilitar la integración de dichos compatriotas. "Se busca atender la situación migratoria de los familiares extranjeros de los nacionales, a fin de fortalecer su integración a la sociedad uruguaya", se indica. "Se introducen cambios en los requisitos y procedimientos administrativos que tienen como objetivo principal, tanto mejorar la gestión pública como simplificar los trámites burocráticos relacionados con la residencia de las personas referidas en este proyecto que eligen vivir en nuestro país", afirma el gobierno.

Tradução Google:

Residência automática nascido Mercosul
O Poder Executivo apresentou ao Parlamento um projecto de lei que altera a Lei de Migração (n º 18.250) e dá a "residência permanente" a todos os cidadãos dos países do Mercosul, com a única exigência de provar que a nacionalidade.
Seja diferente para outros estrangeiros devem continuar fazendo prazos mais pesados ​​e mais exigentes e procedimentos de aprovação .
" Eles terão o estatuto dos nacionais residentes permanentes dos Estados Partes e Estados Associados do Mercosul (Argentina , Brasil, Paraguai , Venezuela, Bolívia , Chile, Colômbia, Equador e Peru) .
No preâmbulo explica que o projeto "é parte de uma política de imigração com base em uma perspectiva de direitos e em linha com os compromissos nacionais feitos . " Com base no acordo de residência do Mercosul , assinado em 2002, afirma que tem como objetivo fortalecer e aprofundar o processo de integração.
El País informou neste domingo que em 2013 o Estado concedeu 1.645 residências cidadãos argentinos definitivas , enquanto esse número era de 461 em 2012.
Além disso , o número total de residências concedidas também mostrou um pico dramático . Enquanto em 2012 foram concedidos 2.426 em 2013 foram 5.885 , o que também resulta em um crescimento ainda maior do que ocorreu após a aplicação da Lei da Migração de 2008.
A presença da Argentina no país sempre foi significativa em comparação com outros estrangeiros . Nesta ocasião, os ratings residências representam 27,9% de todas as autorizações . Em 2012 eram apenas 19 % de todo o que tende a encontrar nesta faixa .
O projeto de lei enviado ao Parlamento também visa facilitar residência permanente no Uruguai cônjuges , parceiros domésticos , pais, irmãos e netos de uruguaios . "O propósito da regra proposta origina-se da vocação integracionista do nosso país, tanto aos nacionais residentes no exterior e voltar , como aos nacionais de estados do Mercosul e de seus parceiros ", diz o projeto.
Ele explica que há uruguaios que vivem ou viveram no exterior e agora estão voltando com suas famílias , algumas de origem estrangeira. Por esse motivo, ele tem como objetivo facilitar a integração destes compatriotas. " Pretende-se abordar o status de imigração de membros da família de cidadãos estrangeiros , a fim de reforçar a sua integração na sociedade uruguaia ", diz ele . "As mudanças nos requisitos e procedimentos administrativos que visam tanto a melhoria da gestão pública e simplificar os procedimentos burocráticos relacionados com a residência das pessoas mencionadas neste projecto que escolhem viver em nosso país são introduzidos ", diz o governo.
Agora sim, partiu Uruguai Growroom?
  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu tenho umas coisas planejadas, se elas derem errado ou eu desanimar de SP não tenho nem dúvidas do meu próximo destino.

E vamos dar valor pro casamento gay também, mesmo a gente não sendo gay, ou a maioria de nós... porra é um tapão na cara do estabelecimento conservador cristão.

http://www.youtube.com/watch?v=eb-JZSyhWSc

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/33712/mujica+quer+que+cidadaos+do+mercosul+possam+ter+residencia+permanente+no+uruguai.shtml

Aqui tem uma outra fonte.

Ja posso começar a arrumar as malas? Podiamos fazer uma republica Growroom la kkk

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Velho o Mujica tinha que ganhar um Nobel. Um cara desses ai não pode ser esquecido pelas brechas do tempo... Um verdadeiro exemplo de ser humano. O cara é mais velho que meus avos e tem uma cabeça mais aberta que muito moleque de hoje que se julgam informados, atuais e sem preconceitos e carai a 4.

Quando é que teremos alguém assim no Brasil?? Volta pra nois colonia de Cisplatina!

(Mentira, fiquem por ai mesmo)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Então quando eu pisar eu solo Uruguaio já sou um cidadão uruguaio, é isso??? Sem precisar de nenhum tipo de visto nem autorização para morar?

Se é assim, posso comprar maconha na farmácia como qualquer outro hermano uruguaio como yo, cierto?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Então quando eu pisar eu solo Uruguaio já sou um cidadão uruguaio, é isso??? Sem precisar de nenhum tipo de visto nem autorização para morar?

Se é assim, posso comprar maconha na farmácia como qualquer outro hermano uruguaio como yo, cierto?

Não é bem assim né filho haha

A lei em si facilita ainda mais os tramites pra quem não tem nenhum parentesco e pra quem é neto, filho, casado(a) com uruguaios(as) pra se obter a residencia fixa e poder trabalhar e usufruir de tudo no uruguay como qualquer outro cidadão.

Em teoria qualquer cidadão nascido nos paises que compõem o bloco do Mercosul ( Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela (ainda nao sei se entrou) ) , podem fixar residencia em qualquer um desses paises desde 2002 quando o bloco foi formado e a lei criada.

O que o Mujica esta fazendo é facilitar esse processo e toda a "burrocracia" pra todos do Mercosul e creio eu que logo menos vai se estender a toda America Latina, vide União Europeia e seus acordos parecidos.

Mujica esta muito a frente do nosso tempo, um grande homem :)

Logo menos abandonando Brasil e partindo pro Uruguay , vai ficar ainda mais facil ver minha avó na Argentina :D

Asado , Cerveza e Ganja

Me fui al campo y nunca quería volver ♪

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Cara, eu não li o projeto de lei, mas a reportagem do Estadão fala em autorização automática para pessoas nascidas no mercosul....dá uma olhada. Acho q no máxima tem que buscar um papel em alguma repartição publica, nada mais q isso

O Estado de S. Paulo

MONTEVIDÉU - O governo do Uruguai enviou ao Parlamento do país na quarta-feira um projeto de lei para permitir que cidadãos dos países do Mercosul, assim como das nações observadoras do bloco sul-americano, obtenham autorizações de residência permanente no território uruguaio. Na prática, a aplicação da nova regulamentação deverá significar que esses estrangeiros sejam autorizados automaticamente a morar no Uruguai.

Se o Congresso - cujas duas Casas têm em sua maioria parlamentares governistas - aprovar a nova legislação, cidadãos de Argentina, Brasil, Paraguai, Venezuela, Bolívia, Chile, Equador e Peru poderão viver e trabalhar no Uruguai sem a necessidade de passar por trâmites burocráticos mais complicados. Bastará que esses estrangeiros comprovem suas nacionalidades originais para que possam morar em solo uruguaio.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Cara, eu não li o projeto de lei, mas a reportagem do Estadão fala em autorização automática para pessoas nascidas no mercosul....dá uma olhada. Acho q no máxima tem que buscar um papel em alguma repartição publica, nada mais q isso

O Estado de S. Paulo

MONTEVIDÉU - O governo do Uruguai enviou ao Parlamento do país na quarta-feira um projeto de lei para permitir que cidadãos dos países do Mercosul, assim como das nações observadoras do bloco sul-americano, obtenham autorizações de residência permanente no território uruguaio. Na prática, a aplicação da nova regulamentação deverá significar que esses estrangeiros sejam autorizados automaticamente a morar no Uruguai.

Se o Congresso - cujas duas Casas têm em sua maioria parlamentares governistas - aprovar a nova legislação, cidadãos de Argentina, Brasil, Paraguai, Venezuela, Bolívia, Chile, Equador e Peru poderão viver e trabalhar no Uruguai sem a necessidade de passar por trâmites burocráticos mais complicados. Bastará que esses estrangeiros comprovem suas nacionalidades originais para que possam morar em solo uruguaio.

Isso mesmo, eu tinha comentado em relação as farmacias , só depois de fixar residencia, receber o seu documento ai você vai ser um "Uruguaio completo" haha e pensar que a uns 4 anos não quis casar com um uma namorada uruguaia =/ vacilei hauohao

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...