Ir para conteúdo

Xtacy

Usuário Growroom
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Profile Information

  • Gender
    Not Telling

Últimos Visitantes

1041 visualizações

Xtacy's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

30

Reputação

  1. Me adciona no wpp (11) 952322042

    1. Mostrar comentários anteriores  %s mais
    2. nobodyknows
    3. RpLost

      RpLost

      O que ta acontecendo,é que tem muita gente se confundindo com a mensagem no perfil,com a mensagem inbox...acham que estão mandando mensagem no PV dai aparece aqi pra todo mundo ver...

       

    4. Lugas-GrowerMan
  2. Olá xtacy, sou portador de lupus artrite, gostaria de saber se ajuda mesmo no tratamento, e se e caro a maconha, e quanto você fumava por Semana exemplo, 2 vezes por dia diariamente intendeu?? Obrigado

  3. Fui diagnosticada com Lúpus e Artrite reumatóide quando tinha 11 anos, passei pelos maiores especialistas no assunto e todos confirmavam o diagnóstico. Dos 11 aos 19 passei por diversas internações hospitalares, cirurgias, e inclusive tratamento quimioterápico. Cada vez eu tinha que tomar mais remédios e os efeitos colaterais eram terríveis, posso afirmar que perdi minha adolescência em função da doença. Com 19 anos, comecei a fumar maconha, somente nas férias quando eu viajava com meu namorado. E nesses curtos períodos eu me sentia melhor e melhorava bastante das dores e outros sintomas, mas eu relacionava isso na realidade a situação, por estar viajando com alguém que eu gostava etc. O namoro terminou, e então fiquei um bom período sem usar a maconha. Tive uma crise intensa, meus exames ficaram todos alterados e cada vez estava gastando mais dinheiro em médicos, exames e medicamentos. Saí de casa, comecei a ter a minha vida, mas sempre atrelada a problemas de saúde, entrei em depressão e me passaram mais um canhão de remédios. Até que um dia, ao receber a visita de um amigo e ele ver a quantidade de remédios que eu tomava, ele me disse para fumar um, que pelo menos os remédios para depressão eu poderia parar de tomar ( pq tbm n estavam me ajudando mto, só me deixavam monga). Combinei com ele e no outro dia ele me trouxe 50gr, e a partir de então comecei a fumar diariamente. Com umas 2 semanas, eu parei de usar o antidepressivo. Mas continuei fazendo meu tratamento normalmente para Lupus e Artrite. Comecei um novo relacionamento e meus exames começaram a melhorar! Meus médicos passaram a dizer que meu namorado ( atual marido) era meu remédio, e eu lá sem poder dizer que fumava um kkk. E as coisas foram acontecendo até chegar a um ponto de eu mesma parar com TODOS os medicamentos por conta própria, claro que sem comunicar ao médico. Na consulta de rotina, ele ficou maravilhado com meus exames, melhor impossível, e diminuiu a prescrição da medicação ( eu já não estava tomando, mas o médico não sabia). Até que no próxima consulta ele ficou MUITO intrigado, pois todos meus exames deram NEGATIVOS, ele pediu para repetir, e novamente negativo e eu me sentindo melhor do que nunca. Ai ele chegou e falou para diminuir ainda mais a medicação, e então eu confessei para ele q não estava mais tomando. Ele me olhou com uma cara de espanto, e disse que não era possível meus exames estarem tão bons, sem tratamento nenhum, e que com a negativa dos exames específicos só tinha uma alternativa: Eu estava curada. E o médico muito incrédulo me mandou para outro especialista de referência, e quando ele olhou meus exames ele disse: " Eu jamais diria que é da mesma pessoa, garota vc tem que erguer as mãos para o céus, tem que ser estudada, em anos de profissão NUNCA vi um caso como o seu, é muito cedo para dizer que vc está curada, mas é isso o que seus exames estão dizendo! Vou conversar com meus colegas e relatar o seu caso, alguma coisa muito importante aconteceu e precisamos descobrir o que é, vc precisa participar de um estudo!". Fiquei muito feliz, afinal ele usou a palavra curada, que sempre foi meu sonho desde o diagnóstico. Chegaram a me procurar para participar de um estudo, mas justamente em uma fase em que eu estava envolvida em projetos pessoais e acabei não retornando e não dando mais notícia. Recentemente procurei outro especialista, que não sabia do meu histórico, e ele simplesmente disse que eu não tenho doença alguma. Continuo fazendo uso diário da maconha, e nunca mais precisei tomar remédios, nunca mais tive sintoma algum, nunca estive tão bem . A pelo menos 5 anos "curada". Só não sei se corro algum risco caso eu pare de fumar, pq até hje não parei e estou melhor do que nunca. Na realidade tenho medo de fazer o teste e ficar doente de novo Eu atribuo minha melhora a maconha, só lamento não poder contar para os médicos. Sinceramente eu pensei em fazer isso, ligar para o Dr e mandar a real, até pq né, vai que esteja na maconha cura da coisa toda? Mas fico receosa, não quero q ngm da minha família saiba. Sou adulta, pago minhas próprias contas, e não quero ter que ficar aguentando moral de cueca de gente de cabeça quadrada Alguém aqui tem amigo/parente com Lúpus e / ou Artrite? Eu conheço o melhor remédio do mundo para isso
  4. Olha, pelo menos comigo funciona hahahaha. As cólicas melhoram bem, se forem cólicas monstro elas ao menos amenizam. O mal humor vai embora rapidinho, o único problema é que a Larica fica incontrolável, especialmente se tiver chocolate por perto hahaha. Mas eu recomendo >.< nem sei mais o que é TPM hauhauha
  5. Xtacy

    Video Games

    chapada eu jogo até campo minado e acho o máximo hauhauah
  6. Da próxima vez que eu for viajar de avião, quero ver se consigo fumar uma tora antes. É muito bom, o efeito parece que aumenta ( claro que é psicológico, mas né). Mas por aqui fica mais dificil pq realmente até embarcar e o avião decolar o efeito já passou. O melhor mesmo é providenciar uns biscoitinhos hauhauha
  7. Nossa, uma das melhores sensações que eu tive na vida foi fumar antes de viajar de avião. Coincidentemente eu estava indo de Amsterdam para Berlim. Então foi bem tranquilo para fumar antes de voar hauhauha, saimos do hotel, fomos ao aeroporto, fizemos o check in, ai ia demorar um pouco, fomos a um coffeshop, fumei como se fosse a ultima vez na vida ( pq né, sei lá quando vou poder voltar para amsterdam), estava muito triste pq tava indo embora hahaha então fiz a cabeça mesmo. Nossa eu tava muito chapada durante o voo, só fico triste pq o pateta do meu marido n me deixou levar uns bolinhos e cokies que era bem tranquilo para ter levado. Cagão. huahauha
  8. Já fui chapada para aula hauhauah. Mas foram só uns tapinhas e a aula era de sociologia. Então no final das contas aumentou meu rendimento hahaha, a professora me ama! Se bobear fuma um tbm rs
  9. Olha, eu te entendo. O mesmo acontece comigo. Voltei a fumar maconha tem pouco tempo e nesse período emagreci 11kg. O que acontece no meu caso é que sou muito ansiosa, e geralmente desconto na comida. E a erva tira a minha ansiedade, fico calma, tranquila. Então mesmo com a larica, eu no final das contas estou comendo muito menos do que antes. Não deixei de comer, porém me satisfaço com menos alimento no prato
  10. Olha, eu passo muito mal com anticoncepcional. Já parei no hospital por causa deles. A sua pergunta eu não vou saber responder, porém eu vou te fazer uma indicação. Existe um dispositivo chamado Mirena, ele é como um DIU porém além da ação de barreira, ele contém hormônio, que é liberado gradativamente diretamente nas paredes do útero. Por causa disso, ele não dá os efeitos colaterais de anticoncepcionais via oral, pois não tem ação sistêmica. Ele dura 5 anos, e vc ainda para de menstruar por uns 3 anos ! Já estou no meu segundo e super-recomendo. Ele é um pouco caro, mas se vc colocar na ponta do lápis o que vc vai economizar com absorventes, pílula, chocolates (TPM rs), ele compensa e muito. Eu fumo cigarro tbm ( pretendo parar) e de acordo com a minha médica, esse é o anti mais seguro para tabagistas. Então quando fumo o meu, fumo na paz, sem nem me preocupar com tromboses e etc rs
  11. O maior problema que vejo em relação ao assunto é que não há informações claras. Pois como já falaram não dá para acreditar em tudo o que se lê. Pois ou são totalmente negativos com relação a maconha, ou liberados a respeito. Acho muito difícil encontrar algo realmente imparcial, que explore os dois lados de maneira real, para mim a grande maioria do que está disponível a consulta é tendencioso para um dos lados. Claro que eu defendo o uso medicinal e as vantagens da maconha, mas eu tbm tenho a consciência de que o uso de qualquer substância tem suas consequências, seja ela o açucar, a gordura, a coca-cola, a bebida alcólica, cigarro, maconha etc... Claro que como mãe, por mais que eu goste do efeito do THC, eu jamais deixaria meu filho exposto a ele. Por isso acho que é grave a questão da falta de informação. Pois garanto que tem muitas mães que fumam, e acham que a maconha é como o cigarro ou bebida, que passada umas 8-12 horas já pode amamentar. E dentre as que não tem certeza, ou tem dúvidas, é praticamente zero a porcentagem dessas mulheres que vai buscar se informar, pq se for perguntar a um profissional, já vai ser rotulada, ou levar sermão, se for pesquisar no google vai encontrar que ela é uma drogada sem rumo na vida por ser mãe e querer fumar maconha..Por mais ridículo que pareça, nesse caso, a informação é difícil, muitas mães acreditam que não estão prejudicando seus filhos não por falta de vergonha na cara ou amor ao filho, e sim pq a informação verdadeira é negada. Por isso que acho muito válido a existência de fóruns como esse, formado por pessoas engajadas na causa mas que também não ignoram o lado B das coisas.
  12. Obrigada meninos! Como eu comentei, eu vim aqui atrás de informação justamente pela dificuldade de encontrar algum estudo que seja claro sobre o assunto, especialmente pq em português sabemos que a maioria deles classifica a maconha realmente como droga que faz mal. Eu desde o dia em que fumei, não ofereci mais o peito a ele, pois como falei ele fica apenas "chupetando" o peito. Acabei tomando essa decisão pois estava ficando preocupada já que ele estava pegando o hábito de só dormir no peito, e fiquei com medo de que isso atrapalhasse o sono dele no futuro, precisando sempre do peito para conseguir adormecer. Também pq ele não se alimenta mais do peito, já que não tenho leite suficiente para isso e ele toma mamadeira, porém estava me machucando pq agora que os dentes estão crescendo ele fica mordendo. Também cheguei a decisão de que ainda vou demorar um pouco mais antes de voltar a fazer o uso da maconha. Já esperei tanto tempo ( não fumava desde agosto de 2011), esperar mais alguns meses ou mais um ano não vai me causar mal algum. Digo isso pq meu filho bem ou mal ainda é um bebê, e não quero correr o risco de fumar, ficar na brisa e meu filho precisar dos meus cuidados pq acordou ou pq está com fome. A mesma premissa da bebida alcólica, não quero correr o risco de precisar cuidar do meu filho estando bêbada. Por isso vou esperar mais um pouco antes de voltar a usar, sinto saudades claro mas não tenho dependência alguma da verdinha. Muito obrigada a todos que vieram aqui dar a sua opinião, pela informação que trouxeram
  13. Só para esclarecer, eu não fumo maconha e amamento. Acho que vc não leu direito o que eu postei. Meu filho não mama mais no peito, faz de chupeta ( ele não usa chupeta). E desde que eu dei o tapa eu não ofereci mais o peito a ele, justamente por não saber quanto tempo o THC permanece no leite. Ou seja ele não ingeriu THC de forma alguma. Com relação ao cigarro eu parei de fumar a gravidez inteira, e até o 6º mês dele que era o período de amamentação exclusiva eu não fumei cigarro e mto menos maconha . Só voltei com o cigarro depois quando ele passou a tomar mamadeira, e ainda assim me limito a 3 cigarros ao dia. Sendo assim ele não tem vício em nicotina. Mas mesmo quando a mãe é fumante, não é recomendável que se pare a amamentação por conta disso, pois apesar da nicotina, o leite materno é muito melhor e tem muito mais vantagens do que o leite artificial. Mas eu tbm não estou aqui para discutir, estou para buscar informações e não críticas. Agradeço a sua informação a respeito do THC ficar contido nas células de gordura, isso esclarece para mim que realmente o THC certamente demora alguns dias para ser eliminado do leite. E também entendo a sua revolta, eu tbm ficaria revoltada com alguem que fuma e efetivamente amamenta. Mas como eu disse antes, ele não está mais mamando, e eu tbm só fumei uma vez e a partir dai não ofereci mais a "chupeito", e precisava dessa informação justamente para saber em que momento eu poderia oferecer a ele novamente. Mas acho que nem vai mais precisar, ele não demonstrou sentir falta alguma. Obrigada pela ajuda
  14. Nossa, vou dizer. Dá uma grande diferença mesmo. Eu fiquei sem fumar por 20 meses. Na época em que parei, eu fazia uso quase que diário. Tudo bem, do prensado pq eu infelizmente ainda não tenho como fazer a minha horta rs. Ontem acabei fumando do mesmo fumo que eu estava fumando na época ( eu congelei), e vou dizer que tive uma baita de uma viagem, fiquei bem afetada. E olha que foram alguns tapas, tipo 1/3 do beck.
  15. Eu bem que quero parar de fumar cigarro :/ É muito difícil! Obrigada pelas respostas pessoal. Mas eu gostaria de saber quantas horas o THC permanece no leite humano? Será que essa informação existe em algum lugar? Não pretendo ficar fumando e amamentando, mas como aconteceu gostaria de saber em quantas horas eu poderia deixar meu filho "chupetar". Outra dúvida. Gostaria de saber se tem algum mal fumar uma que esteja guardada no congelador ha tanto tempo ( parei de fumar em agosto de 2011, então guardei o meu estoquinho no congelador). Ontem eu fumei dele, e fez um baita efeito, e olha que só dei umas bolas. Será que esse efeito era por eu ter ficado tanto tempo sem fumar, seria por estar congelada ha tanto tempo, ou uma mistura dos dois?
×
×
  • Criar Novo...