Ir para conteúdo

Dúvidas Sobre Questões Jurídicas, Pergunte Aqui!


sano

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Minha mãe que sofre com dores causadas por hérnia de disco. Os médicos se recusam a receitar CBD, todos idosos. Cardiologista e clinico geral. Vamos tentar com um geriatra.

Alguém tem conseguido receitas médicas de CBD?

@sano @jpw Desculpe marcar vocês. Vocês sabem me dizer sobre a viabilidade de conseguir uma autorização judicial para cultivo de cannabis para uso medicinal? Vale a pena com a receita médica de CBD tentar uma autorização judicial para que eu posso importar sementes de plantas ricas em CBD e cultivar plantas para produzir o óleo de CBD para tratar as dores crônicas da minha mãe causadas pela hérnia de disco.

Abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 weeks later...
  • Usuário Growroom
Em 03/07/2020 at 19:25, Smoke Cannabis disse:

Minha mãe que sofre com dores causadas por hérnia de disco. Os médicos se recusam a receitar CBD, todos idosos. Cardiologista e clinico geral. Vamos tentar com um geriatra.

Alguém tem conseguido receitas médicas de CBD?

@sano @jpw Desculpe marcar vocês. Vocês sabem me dizer sobre a viabilidade de conseguir uma autorização judicial para cultivo de cannabis para uso medicinal? Vale a pena com a receita médica de CBD tentar uma autorização judicial para que eu posso importar sementes de plantas ricas em CBD e cultivar plantas para produzir o óleo de CBD para tratar as dores crônicas da minha mãe causadas pela hérnia de disco.

Abraço!

Salve guerreiro! Entendo a sua situação, mas infelizmente o acompanhamento se mostra necessário nos casos em que há uso de CBD no tratamento de enfermidades, até para posterior concessão de autorização judicial para possível cultivo.

Procure algum ONG do seu Estado (APEPI/ABRACANNABIS/SANTACANNABIS/ABRACE/ETC...), eles possuem médicos cadastrados que realizam prescrições de cannabis medicinal! 

Forte abraço, precisando estamos aí!

Bless~~~

  • Like 1
  • Thanks 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 weeks later...
  • Usuário Growroom

Salve Gr. 

Sou paciente em uso de CBD por dor crônica. Venho juntando os documentos e laudos médicos na intenção de tentar um habeas corpus para cultivo. Já tenho todos os documentos necessários segundo a lista fornecida pela Rede Reforma. Porém após consulta com advogados que trabalham já no assunto, o preço pedido para um processo desses é totalmente fora da minha realidade, visto que ainda dependo dos meus pais financeiramente. Decidi tentar montar o processo por conta própria, visto que não é necessário um advogado. A minha grande dificuldade tem sido encontrar os precedentes. Um amigo advogado entrou em contato com o pessoal do curso que especializa advogados: Open green - Cannabis, habeas corpus e outras medidas judiciais., porém segundo ele, deram uma de “João sem braço” e não nos ajudaram. Então se alguém puder me ajudar, ou alguém que já tenha um HC para cultivo, vamos trocar uma ideia por favor. Só agradece GR ✌️

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 month later...
  • Usuário Growroom

Boa tarde pessoal!

Não faço cultivo, mas de vez ou outro fumo um para desestressar.Sou mãe,casada,trabalhadora mas me senti uma criminosa com uma mensagem do síndico no grupo do meu condomínio orientando o pessoal a denunciar o uso de maconha no aplicativo da polícia,e citou que se houverem crianças na família dos usuários podem perder a guarda,nunca fiz uso próximo de meu filho,somente depois que ele dorme.Creio que não seja para mim a indireta no grupo rs,mas gostaria de saber meus direitos caso q polícia venha bater em minha porta ,desde já agradeço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 month later...
  • Usuário Growroom

Olá colega de comunidade. 

Infelizmente a lei autoriza que tal conduta aconteça, adentrarem em sua casa para averiguar uma denuncia de uso de drogas, visto que este é um crime tipificado. 

No entanto, seria um caso muito atípico e 100% incomum, visto que mesmo quando o consumo ocorre em ambiente público dificilmente abrem um inquérito para penalizar os usuários. 

Quanto a perda da guarda dos menores, é uma ameaça totalmente infundada.

Pois a lógica no direito de família é sempre garantir a melhor qualidade de vida para nossos pequeninos. Logo, te garanto que se você cumpre direitinho suas obrigações de responsável não seria um "possível consumo de baseadinhos" um impeditivo para o exercício do poder familiar. 

Até porque há um procedimento, que envolveria entrevistas da assistência social e se "o baseado" for o único problema, certamente os relatórios seriam bem favoráveis a você.

Enfim, é apenas um problema de má vizinhança kkkkk

Fica calma colega, certamente não dará em nada. Querem apenas coibir o uso do nosso matinho terapêutico. Mas se não quiser pilhar muito com essa questão, seria interessante investir em pequenas coisas que ajudem a dissipar/camuflar o cheiro da combustão.

Talvez um vaporizador de ervas? incensos? Aromatizadores? Exaustor com filtro de carvão ativado?

Fica ao seu critério...

Abraços!! 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
Em 18/09/2020 at 15:18, Vivian6062 disse:

Boa tarde pessoal!

Não faço cultivo, mas de vez ou outro fumo um para desestressar.Sou mãe,casada,trabalhadora mas me senti uma criminosa com uma mensagem do síndico no grupo do meu condomínio orientando o pessoal a denunciar o uso de maconha no aplicativo da polícia,e citou que se houverem crianças na família dos usuários podem perder a guarda,nunca fiz uso próximo de meu filho,somente depois que ele dorme.Creio que não seja para mim a indireta no grupo rs,mas gostaria de saber meus direitos caso q polícia venha bater em minha porta ,desde já agradeço!

 

Em 18/09/2020 at 15:18, Vivian6062 disse:

Boa tarde pessoal!

Não faço cultivo, mas de vez ou outro fumo um para desestressar.Sou mãe,casada,trabalhadora mas me senti uma criminosa com uma mensagem do síndico no grupo do meu condomínio orientando o pessoal a denunciar o uso de maconha no aplicativo da polícia,e citou que se houverem crianças na família dos usuários podem perder a guarda,nunca fiz uso próximo de meu filho,somente depois que ele dorme.Creio que não seja para mim a indireta no grupo rs,mas gostaria de saber meus direitos caso q polícia venha bater em minha porta ,desde já agradeço!

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Boa tarde galera! Se caso a PM vir até minha casa por meio de alguma denúncia, eles podem prender minha esposa também ou eu posso assumir sozinho? E quanto ao nosso filho se caso ela for levada também? Perderíamos a guarda?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
2 horas atrás, xuli disse:

Boa tarde galera! Se caso a PM vir até minha casa por meio de alguma denúncia, eles podem prender minha esposa também ou eu posso assumir sozinho? E quanto ao nosso filho se caso ela for levada também? Perderíamos a guarda?

Vc e sua mulher vão presos e colocam como associação se n me engano . O que eles poderem fazer pra te foder, acredite eles vão fazer. Até inventar história pra boi dormir se precisar vão inventar. 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 weeks later...
  • Usuário Growroom
Em 18/09/2020 at 15:18, Vivian6062 disse:

Boa tarde pessoal!

Não faço cultivo, mas de vez ou outro fumo um para desestressar.Sou mãe,casada,trabalhadora mas me senti uma criminosa com uma mensagem do síndico no grupo do meu condomínio orientando o pessoal a denunciar o uso de maconha no aplicativo da polícia,e citou que se houverem crianças na família dos usuários podem perder a guarda,nunca fiz uso próximo de meu filho,somente depois que ele dorme.Creio que não seja para mim a indireta no grupo rs,mas gostaria de saber meus direitos caso q polícia venha bater em minha porta ,desde já agradeço!

Mesmos direitos da Mãe/pai que bebe na frente de seus filhos. A analogia é bem simples e bem válida. A responsabilidade é sim dos pais em criar seus filhos e saber a melhor forma de conscientizá-lo das coisas (minha humilde opinião). Existe sim aumento de pena, e até crimes próprios, quando tem menor 'envolvido' em um cenário de uso de drogas (incluindo o álcool aqui). Mas uso abusivo em si, onde poderá influenciar nas escolhas da criança que o Estado tem, também, a obrigação de proteger. 

 

Em 03/11/2020 at 15:39, xuli disse:

Boa tarde galera! Se caso a PM vir até minha casa por meio de alguma denúncia, eles podem prender minha esposa também ou eu posso assumir sozinho? E quanto ao nosso filho se caso ela for levada também? Perderíamos a guarda?

Olha, como o colega disse, na pior das situações vocês são presos por tráfico E associação caso realmente tenha ocorrido a conduta descrito no artigo 33 da lei 11.343 (tráfico, e não uso). Porém, não é o que vem acontecendo nos casos em concreto, onde um genitor assume toda a responsabilidade pelo cultivo e uso da erva, sendo que sua família só tinha conhecimento mas nada influenciava ou promovia referida conduta. A mãe acaba ficando com a criança e o pai é levado preso por tráfico. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
Em 04/12/2020 at 20:41, copernico69 disse:

Você mora com sua mãe (a casa é dela?) e vai coloca-la em risco por conta de cultivo de maconha recreativa? É isso mesmo? Vai botar a velha em risco pra fumar seu baseadinho? E ainda foder com o trabalho dela? Mas ô cazzo.
"Ah o cultivo é terapêutico" terapêutico é meu ovo. Cultivo de cannabis deve ser feito por adultos que estejam cientes dos riscos envolvidos e que se responsabilizem por seus atos. Se esse não for seu caso então vai ali pra mesa das crianças que aqui o papo é entre gente responsável.

Que?

Amigo, eu me responsabilizo pelo meu cultivo e meu post foi justamente como não envolve-la nisso. Foder o trabalho dela? Do que você tá falando? Sério, não tô entendendo. Eu sou usuário, eu fumar meu prensado ou cultivar pra uso proprio é a mesma coisa, se eu sou usuário, com  diferença que plantando eu desvinculo meu consumo de muita coisa ruim. Sério que tô tendo que dar esse tipo de explicações? Se tiver que assinar o 28 eu assino, mas não sou traficante pra assinar 33 e vou fugir de ser confundido com um traficante pra sempre, pois não sou, não trafico, sou a favor de que cada um plante o seu

"Só pra fumar seu baseadinho", meu baseadinho eu já fumo, todo dia... você é a favor que eu continue fumando prensado? Achei que o objetivo aqui era atingirmos o auto sustento e o melhor consumo. A maconha é amplamente terapêutica, até esses prensados sem vergonha mal cuidado, que é maléfico também por diversos fatores. Pra mim é terapêutico além da substância, se você não tem o mesmo sentimento, não julgue o do outro. Eu desde sempre fumo prensado, várias vezes pego coisa ruim, na maioria das vezes, gostaria de num dado momento cultivar uma strain que eu conheça o perfil de cannabinoides, mas um passo de cada vez, vou plantar a seed que tiver. Não tenho como me manter nem com Colômbia, sabe a ultima vez que peguei Colômbia? Carnaval, depois não peguei mais, porque é caro pros meus padrões...

Não é só um baseadinho não, eu quero um pote cheio de maconha medicinal pro meu consumo, e maconha medicinal pra mim é aquela que não faz mal, mofada, em decomposição... quero terpenos, flavonoides, cbd, thc, cbg, cbn, sem fungo, sem pesticida, mal colhida, mal manicurada, mal armazenada, prensado com folha, semente, barata, percevejo, enfim... coisas que todos nós sabemos. 

Não sei se voce leu, mas tenho psoriase genital (sim, na cabeça) crônica, uma doença auto imune. Já tive outras auto imunes, como Alopecia Areata, mas uma só vez. A psoriase é crônica!!! Enfim, ninguém imagina uma psoriase... Além de ficar ferido muitas vezes, é foda. Doencas auto imunes desencadeiam outras doenças auto imunes, e é bem possível que eu adquira artrite psoriasica/refrataria  Também faço uso de anti psicótico (Olanzapina, agora me receitou Quetiapina, dentre outros), já tive alguns surtos psicoticos, 2 tentativas de suicídio, uma delas eu nem era maconheiro ainda, antes que tu diga que a maconha me causa isso. Doencas auto imunes estão ligadas diretamente à nossa psiquê, estado mental. Acredito que consumindo algo melhor, pode mudar algo. Ansiedade, depressão...

Eu não o sei onde você viu irresponsabilidade. Não entendi. Sobre se a casa é dela, moramos de aluguel... sempre cultivei em casa e minha mãe aceita e entende, eu só não gostaria que ela fosse enquadrada num 33 ou 28 só por apoiar o filho. Só pode cultivar quem mora sozinho? Não é preciso ser maconheiro pra apoiar a legalização, o cultivo caseiro. Lembra que eu falei que que a mudança começa no micro? A revolução começa em casa, e acho que fiz um bom trabalho sobre mostrar a minha mãe, de outra época, que a maconha não é esse monstro que ela pensava.

Já estamos sujeitos a muitas más interpretações por parte das autoridades, agora, vindo de cultivador é foda... e sempre rola, sempre julgam, e velho... desnecessário, quando eu só vim aqui sanar dúvidas jurídicas pra que esse b.o caia somente em cima de mim ao invés de respingar pra coroa, porque o cultivo é meu, pra mim, somente pra mim.

Aqui não tem nenhum cabeça de vento não, mas deveria eu continuar fumando prensado porque é mais responsável alimentar o tráfico? 

Desculpa se fui arrogante em algum momento, ou repetitivo

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

@Gnomo Weed, eu não vou entrar no mérito do risco que envolve plantar e da questão que você está colocando sobre artigos, leis e etc, pq isso já foi amplamente debatido no fórum. Uma dica: leia o quanto puder, quanto mais informação melhor. Leia com calma relatos com os mais diversos desfechos, analise tudo e tire suas próprias conclusões.

Entendo seu relato e não consigo imaginar o quanto deve ser angustiante a sua situação. 

Mas, coisas que você deve considerar antes de tomar sua decisão:

1) Vocês recebem muitas visitas? Existe espaço pra que o grow fique bem reservado de modo que não gere curiosidade ou desconfiança? Isso vai desde uma tia, vizinha, técnico de tv a cabo, pedreiro, não importa. "Ah mas são pessoas da minha confiança"... não existe isso.

2) É possível que isso fique só entre vocês dois? Sigilo e segurança andam de mãos dadas.

3) Se você não conseguiu preservar detalhes da sua vida financeira aqui no fórum, expondo inclusive quem te dá dinheiro pro seu baseado (veja, não estou te julgando, mas é o tipo de coisa que não precisa sair falando por aí, entende?), será que você está pronto pra essa responsabilidade que requer tanto sigilo e segredo?

Fica uma ideia pra reflexão de perguntas que você deve responder a si mesmo. Você não deve satisfação a ninguém aqui do fórum, sobre essas perguntas quem tem que saber a resposta é você. Da mesma maneira que, caso uma hipotética tentativa dê ruim, quem vai ter que assumir a parada e se resolver com a justiça é você. Entendo sua preocupação com sua mãe, mas são as suas decisões - inclusive o que você fala, em qual situação e pra quem - que podem acabar expondo a pessoa que você ama e que cuidou de você por toda a vida.

A questão aqui não é te desanimar ou influenciar na sua decisão, é dar o papo reto sobre a situação que você descreveu, beleza? Boa sorte aí no que você decidir.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Correto amigo... sobre esse lance de me preservar, e detalhes dados aqui... existem muitos detalhes que não foram ditos e acabei soltando esses porque se ninguém me conhece achei que não faria diferença egativamente, falei pra melhor compreensão da situação... 

A questão é que minha questão é não existe 33 e o cultivo é somente meu.

Tinha até pensado em editar o post, talvez edite, realmente tem muito detalhe

Se quiser vamos trocar uma ideia mano...

Pra ser sincero, me sinto ameaçado por mole que talvez eu tenha dado, por que tem gente sabendo das minhas intenções, mas não vou parar mano, eu sou usuário, tenho os mesmos direitos plantando de quem é pego com uma bucha... o terror do cultivador é ser confundido com 33, muitas vezes sem argumento consistente. Não vou começar sem antes tomar as medidas que forem possíveis pra fazer de forma segura... se a casa cair, é assumir de usuário e pronto... barulho aqui por exemplo é um problema por que é silencioso e tem vizinhos próximos, mas no geral, tenho uma boa relação com os vizinhos, nunca houve briga de vizinhos aqui. Enfim, força pra nós mano, pelo direito de cultivar, não existe crime sem vítima, e se existe vítima somos nós desse estado que encarcera cultivador 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 weeks later...
  • Usuário Growroom

Amigos, tudo certo?

Tenho um caso peculiar, que talvez esteja confundindo com neura por ter iniciado meu primeiro cultivo indoor para consumo próprio, em um humilde espaço de 60x60x140 cm.

No início dessa semana, fui abordado por policiais na rua (PM), e me pegaram fumando um, sem flagrante. Apenas perguntaram se estava fumando, confirmei, foram perguntando mais algumas coisas como onde morava, com o que trabalhava, se tinha nota fiscal do meu celular e etc, eles iam registrando tudo no celular que estavam em mãos, que acredito ser a composição de um boletim de ocorrência. Não assinei nada, apenas fizeram essa abordagem e me liberaram. 

O que suponho que aconteceu é que houve uma denúncia anônima por estar passando por uma rota com frequência. Me pegaram quase em frente a minha casa. Moro sozinho em uma kitnet, numa cidade mediana do interior, e notei que meus vizinhos mudaram um pouco seu comportamento, por estar fumando um em casa, e certamente exalando marola para a casa deles.

Para prevenir reclamações e denúncias desses mesmos vizinhos, comecei a fumar dando a volta no quarteirão, e estava repetindo a tal rota. Acredito que houve uma denúncia anônima sobre estar passando por lá com frequência.

O problema é que possuo esse grow indoor pequeno, e criei inúmeras possibilidades na minha cabeça do que a abordagem poderia significar. Ainda não fiz nem a primeira colheita e queria entender melhor como isso poderia se desdobrar antes de me desfazer das plantas. Minha intuição / neura diz para dar um tempo e não fumar mais nas redondezas.

Pode ser o início da configuração de um processo de busca e apreensão, movida por uma denúncia dos vizinhos que comentei, por estar fumando em minha casa? Como proceder em caso de receber uma visita policial, sem ter nenhum vestígio (marola ou atividade suspeita), apenas esse registro feito por eles no momento do flagrante / denúncia anônima de vizinhos sem flagrante delito?

Já faz um tempo que não fumo em casa, para prevenir flagrante delito, e assim ter de recebê-los sem um mandato e ter complicações sérias e irreversíveis. 

Não gostaria de desfazer das plantinhas por agora, mas estou disposto a jogar fora. Sei do risco, e estou com receio diante do contexto de como as coisas aconteceram recentemente. Quero entender melhor antes de desfazer.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
43 minutos atrás, eigenaar disse:

Amigos, tudo certo?

Tenho um caso peculiar, que talvez esteja confundindo com neura por ter iniciado meu primeiro cultivo indoor para consumo próprio, em um humilde espaço de 60x60x140 cm.

No início dessa semana, fui abordado por policiais na rua, e me pegaram fumando um, sem flagrante. Apenas perguntaram se estava fumando, confirmei, foram perguntando mais algumas coisas como onde morava, com o que trabalhava, se tinha nota fiscal do meu celular e etc, eles iam registrando tudo no celular que estavam em mãos, que acredito ser a composição de um boletim de ocorrência. Não assinei nada, apenas fizeram essa abordagem e me liberaram. 

O que suponho que aconteceu é que houve uma denúncia anônima por estar passando por uma rota com frequência. Me pegaram quase em frente a minha casa. Moro sozinho em uma kitnet, numa cidade mediana do interior, e notei que meus vizinhos mudaram um pouco seu comportamento, por estar fumando um em casa, e certamente exalando marola para a casa deles.

Para prevenir reclamações e denúncias desses mesmos vizinhos, comecei a fumar dando a volta no quarteirão, e estava repetindo a tal rota. Acredito que houve uma denúncia anônima sobre estar passando por lá com frequência.

O problema é que possuo esse grow indoor pequeno, e criei inúmeras possibilidades na minha cabeça do que a abordagem poderia significar. Ainda não fiz nem a primeira colheita e queria entender melhor como isso poderia se desdobrar antes de me desfazer das plantas. Minha intuição / neura diz para dar um tempo e não fumar mais nas redondezas.

Pode ser o início da configuração de um processo de busca e apreensão, movida por uma denúncia dos vizinhos que comentei, por estar fumando em minha casa? Como proceder em caso de receber uma visita policial, sem ter nenhum vestígio (marola ou atividade suspeita), apenas esse registro feito por eles no momento do flagrante / denúncia anônima de vizinhos sem flagrante delito?

Já faz um tempo que não fumo em casa, para prevenir flagrante delito, e assim ter de recebê-los sem um mandato e ter complicações sérias e irreversíveis. 

Não gostaria de desfazer das plantinhas por agora, mas estou disposto a jogar fora. Sei do risco, e estou com receio diante do contexto de como as coisas aconteceram recentemente. Quero entender melhor antes de desfazer.

foi PM ou PC?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

  

Agora, eigenaar disse:

PM

provavelmente foi denuncia pq estava fumando na rua e algum careta te viu mesmo. qualquer anotação que eles tivessem fazendo era pra cumprir o protocolo de abordagem. quem investiga é a Civil. no mais, se você não tem movimentação frequente de pessoas, carros ou motos direto na sua casa ou nada do tipo, tu não tem muito com que se preocupar, o lance da marola em casa eu evitaria sabendo que os vizinhos não curtem, mas isso por si só não vai fazer um delegado expedir um mandado de busca na tua casa. o que pode ocorrer é a PM ir na sua casa devido a uma denuncia sobre o cheiro. acho difícil isso ocorrer nos dias de hoje, mas fique ciente que uma marola forte vinda da tua casa seria motivo pra PM entrar na sua casa sem mandato, pois configura flagrante  no art. 28. 
se não tiver um lugar safe pra f1 sem olhos de caretas de vigiando, investe em formas de diminuir a marola que tu gera. eu moro solo também e apezar de nunca ter tido problemas, tenho vizinhos caretas. eu fumo somente no bong, isso já me diminui muito a quantidade de fumaça e o tempo da sesh, mas o ideal mesmo é um vaporizador em casa.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

*se a polícia te pegar com um baseado na rua em flagrante, 'podem' também querer ir até sua casa, o flagrante lhes permite. pouco provável, mas dependendo da denuncia que fizerem (se falarem que suspeitam que tu está traficando) isso se torna mais provável.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 month later...
  • 2 weeks later...
  • 3 months later...
  • 2 months later...
  • Usuário Growroom

Salve galera!

Tenho a seguinte dúvida, pago plano de saúde, e gostaria de fazer um exame de pulmão e tall, só pra ver como anda a saúde, a questão é, caso eu coloque na ficha clínica, que sou usuário de maconha, e caso venha ter algum problema de saúde futuramente, que possa ser relacionado ao ato de fumar em si, o plano de saúde poderia negar atendimento, por eu ter admitido ser usuário de maconha? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...