Ir para conteúdo

João Gilberto, Pai Da Bossanova É Deletado Por Vizinho


Reader66

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

“Você mora no Leblon! Olha a baixaria!”, grita João Gilberto, o compositor que completa 80 anos nesta sexta-feira (10). Sim, o pai da bossa nova, conhecido pelo canto sussurrante acompanhado de banquinho e violão, grita. Do lado de fora do apartamento, o vizinho esmurra a porta e responde: “Você também mora no Leblon e fumar maconha é crime! Então apaga essa merda dessa maconha”. A frase talvez tenha sido a única que alguns poucos vizinhos ouviram diretamente do músico, que vive há mais de uma década no oitavo andar de um prédio na rua Carlos Góes, na zona sul do Rio. O apartamento alugado, de 130 m2, é um original quatro quartos transformado em três e conta ainda com sala, cozinha, dependências e três banheiros, com direito a uma vaga na garagem. São quatro imóveis por andar.

Discreto, João quase nunca sai de casa e raramente é visto nas dependências do edifício, segundo relatos de moradores e funcionários. Para alguém que preserva tanto sua intimidade, o registro de uma manifestação pública – e ainda por cima dirigida a um “estranho” - é uma nota dissonante.

“Deve ter um mês mais ou menos que um morador foi até lá e bateu tanto que quase pôs a porta abaixo! O problema é a maconha. Parece que ele fuma e o cheiro entra pela janela da casa do rapaz. Aí os dois ficaram se xingando”, contou ao iG uma vizinha que preferiu não se identificar na última sexta-feira (3). O vizinho ameaçou chamar a polícia. Ao porteiro do prédio, João afirmou, através do interfone, que em sua casa faz o que quiser. E questionou: “E isso (fumar maconha) é crime?”. O porteiro preferiu não tomar partido e apenas comunicou a ameaça de que o vizinho iria telefonar para a polícia. Desde então, nunca mais nenhum morador afirmou ter sentido qualquer “cheiro estranho”.

5wouuoab1a0szmmkbpmpg7bxq.jpg Foto: Leo Ramos Ampliar Entregador se impressionou com a sujeira na cozinha do cantor

Conhecido pelas excentricidades, João Gilberto não tem empregada e até alguns meses mantinha um funcionário que ficava na portaria aguardando algum pedido do patrão. O rapaz teria arrumado outro emprego e, desde então, o compositor não o substituiu. “Ele ficava horas na portaria. A gente morria de pena. Meu marido passava e perguntava: ‘Ele ainda não te deixou entrar hoje?’”, lembra outra vizinha.

Pouco se sabe sobre o estado do apartamento do cantor. “Nunca vimos ninguém fazendo obras de melhoria e, há algum tempo, pedreiros precisaram entrar lá porque o vaso dele transbordou. Comentaram que o banheiro estava um horror com bolhas no teto e mal conservado”.

Um entregador do supermercado Zona Sul da rua Carlos Gois endossa. “Tem uns 20 dias que entreguei um pacote com garrafas de água mineral, Coca-Cola e algumas sacolas. Ele abriu a porta e deixei tudo na cozinha, mas fiquei impressionado. Nunca tinha visto uma cozinha tão suja no Leblon! Tinha uma pilha de pratos, copos e embalagens descartáveis em cima da mesa”, lembra o funcionário.

João não tem mais carro. Nem mesmo o Monza grafite 1987 pelo qual tinha paixão. Ou, pelo menos, não o guarda no prédio. Segundo funcionários que fazem a segurança, quando sai de casa, sempre à noite, ele usa táxi, e pega o carro na garagem.

João Gilberto 80 anos:

Curiosamente, no apartamento onde João vive, as contas não estão no nome do cantor e sim no de uma ex-secretária. Ele paga o condomínio no valor de R$ 1,3 mil, impreterivelmente, de três em três meses, acrescido da multa.

As únicas pessoas que mantêm uma relação de proximidade física com o cantor e compositor - e falam sobre o assunto sem melindres - são os funcionários do restaurante Degrau, a duas quadras da casa do músico. “Seu João é muito bacana. Sempre liga perguntando se tem jogo do Vasco e que horas é para poder assistir a partida”, conta Sebastião Alves, gerente do restaurante, que trabalha no local há 37 anos.

cc0873s0ygf53siszq7iu1x51.jpg Foto: Leo Ramos Sebastião Alves, gerente do Degrau há 37 anos, prepara uma surpresa para João em seu aniversário

João pede almoço regularmente e, às vezes, jantar. Gosta de linguado, carne e refrigerante. Não raro, pede apenas o prato do dia como todos os fregueses. Chama os entregadores pelo nome e, sempre, de forma carinhosa, no diminutivo. “É Tiãozinho, Betinho...”. As gorjetas variam entre R$ 10 e R$ 20. Pede, às vezes, para que abram uma garrafa de vinho.

João varia o cardápio do Degrau com pratos dos restaurantes Garcia & Rodrigues, Antiquarius e a Pizza Al Taglio, todos no Leblon. Costuma alugar DVDs na locadora Vídeo Nacional que fica no térreo do prédio onde mora. Até hoje somente catorze filmes foram retirados por ele e já há alguns meses o cantor não aluga nenhum.

35ps1tla0rxzivaiu7b54kyx3.jpg Foto: Leo Ramos Ampliar Locadora onde ao longo dos anos o músico alugou 14 DVDs

Além da visita de seu empresário Otávio Terceiro e de alguns músicos, quando ensaia para um show, João recebe apenas a filha, Bebel Gilberto, do casamento com Miúcha, e a atual namorada, a produtora Cláudia Faissol, com quem tem uma filha, Luisa, de 6 anos. A ex-namorada Maria do Céu nunca foi vista por lá. Cláudia, no entanto, costuma visitá-lo às quintas e sextas e conseguiu a proeza de gravar imagens do cantor, dentro de sua casa, para um documentário. O filme, porém, corre o risco de nunca ser lançado já que, segundo ela, parte das imagens podem se perder caso não recebam o armazenamento adequado. Ela alega ter procurado o Ministério da Cultura no Governo anterior, mas na gestão de Ana de Hollanda, não teria mais obtido retorno.

Apesar do feito inédito, nem tudo sempre são flores na relação entre Cláudia e João Gilberto. Vizinhos afirmam já a terem visto aos prantos na escada do prédio onde o músico reside. A jornalista Glória Maria foi vista na portaria tentando falar com o músico por duas vezes. “Ele mandou dizer que gosta muito dela, mas que não iria abrir a porta”, conta um funcionário. Caetano Veloso também já tomou um chá de cadeira do músico há cerca de três anos.

O apartamento de João Gilberto tem vista para a frente da rua e para a lateral, o que permite ao baiano ver o mar. As cortinas sempre fechadas e com blecaute denunciam sua preocupação em preservar a privacidade. Segundo relatos de vizinhos, às vezes ele vai até a área de serviço, onde existe um tanque de lavar roupa, e admira a vista usando short, camisa social e um relógio de pulseira preta.

bwk2logftjtiujlfq1xo6wqwf.jpg Foto: Leo Ramos Ampliar Fachada da ótica onde João teria apertado os óculos

Ouvir a música do cantor é um privilégio só de quem mora no mesmo andar. Dizem que é possível escutar o violão de João à noite, especialmente às vésperas de alguma apresentação. O único relato de terem visto João Gilberto na rua, à luz do dia, é de uma senhora que trabalha em uma ótica próxima. “Ele veio há muitos anos, uns oito talvez, apertar os óculos. E nunca mais”, lembra ela.

Quem quiser ter o mesmo privilégio dos vizinhos de porta do cantor e compositor terá duas oportunidades ainda este ano. A partir de julho começam a ser vendidos ingressos para um show no dia 3 de setembro, no HSBC Brasil, em São Paulo, e outro no dia 10 do mesmo mês, no Vivo Rio, no Rio de Janeiro.

Nesta sexta-feira (10), quando o baiano completar 80 anos, a comemoração será discreta, no seu próprio apartamento, nada mais do que um bolinho com a presença da namorada Cláudia Faissol e da filha Luísa. O restaurante Degrau prepara uma surpresa para a hora do almoço. Segundo a gerência, vão aguardar o pedido do cantor para incrementá-lo com alguns mimos extras. Ele não será cobrado desta vez.

1dsxwcknjhr0dx2m7ohu57gcy.jpg

Fonte :IG

:rastabannab:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Que porra de país é este? O cara deveria ter mais respeito com o Senhor em questão pela sua história e no mais ele tá dentro do seu apartamento com 80 anos e pode fumar maconha a vontade (isto se não tiver um grow por lá, :) )

edit: agora entendo a revolta dele com fumaça de cigarro, aposto se soltar uma marofa do verde ele não liga

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Medo dessa reportagem. Parece mais uma investigação, puseram os repórteres para falar como todo mundo que trabalha em comércio na rua, além dos vizinhos. Eu hein, acho que é matéria comprada pelo dono do apê do João Gilberto. Eu li que eles travam batalha judicial pra que o João desocupe o imóvel. Coitado, pra quem ama privacidade é uma sacanagem sairem assim perguntando pra vizinhança toda e acho que foi de propósito, nunca vi uma matéria em que saíssem abordando funcionários dos comércios da rua onde vive a celebridade x ou y.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Preconceito !!!!!!!!! Injuria qualificada !! Discriminação . eu se fosse o João denunciava esse vizinho babaca , desrespeitador dos direitos humanos . João , veda o apartamento , portas e janelas e compra uns incensos . 20 minutos depois abre a janela ou a varanda . que falta de respeito com um senhor de 80 anos . será que tem que sair do brasil pra ser feliz como se deseja ser ???????? se fosse cigarro ou charuto eu duvido que esse vizinho iria se meter a besta !!!!!!!!!! essa lei absurda quanto ao uso de cannabis encoraja esses imbecis a até partirem pra violência física ou psicológica , na falsa ilusão de que a lei estará a seu favor . cannabista não é criminoso , não é bandido e cultivadores do seu próprio fumo muito menos !!!!!!!!! olha os direitos humanos !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

o visinho careta e de vida provavelmente vazia, queria mesmo era aparecer como visinho de Joao Gilberto...

sei que eu me amarrei de saber disso , e tm mais ,,, eu acho que o Sr. J. Gilberto, é grower e nao sai de casa pq tem repudio da sociedade brasileira , que gostad e tomar conta da vida dos outros , eu tenho o mesmo problema dele de sindrome de nao querer sair de casa...adoro fumar em casa e nem sair, só de vez em quando ,,,, mergulho no mar , trabalho ou cervejinha num barzinho...fora isso ,nao saio de casa...

viva SR. Joao Gilberto :pass:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

fumo maconha o dia todo e baseadao

faço fumaça e ninguem fala nada mas olha torto e eu rebato na ideia

ganja deixa mais inteligente e na razao !

foda se os vizinhos que fumam cigarro cheio de metal pesado e fritam comida em gordura trans !

foda se os caretas !

tenham sempre o fone de um advogado em maos !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Vamos fazer uma vaquinha e presenteá-lo com um vaporizador e um convite pra se juntar a nossa causa! Seria muito bom ter uma pessoa do porte dele (celebridade internacionamente conhecida e respeitada...quer dizer menos no Brasil, claro, onde parece que respeito depende da pessoa "sentir vontade de respeitar"). De todo jeito, um peso pesado cheio de amizades influentes!

Com apoios de gente como ele nossa causa só se fortalece. É bom que se saiba que tal pessoa pública é usuário, assim demistificamos pra sociedade, mostramos que maconha não só não faz mal, mas não foi obstáculo nenhum para o sucesso de um monte de gente famosa. E que sucesso o dele né? Modelo pra muuuuuuuita gente mundo afora!

E qual o problema do cara ser ermitão? Tb sou e conheço um montão de gente que é!

:rasta2bigsmoke0gf:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vamos fazer uma vaquinha e presenteá-lo com um vaporizador e um convite pra se juntar a nossa causa! Seria muito bom ter uma pessoa do porte dele (celebridade internacionamente conhecida e respeitada...quer dizer menos no Brasil, claro, onde parece que respeito depende da pessoa "sentir vontade de respeitar"). De todo jeito, um peso pesado cheio de amizades influentes!

Com apoios de gente como ele nossa causa só se fortalece. É bom que se saiba que tal pessoa pública é usuário, assim demistificamos pra sociedade, mostramos que maconha não só não faz, mas não foi obstáculo nenhum para o sucesso de um monte de gente famosa. E que sucesso o dele né? Modelo pra muuuuuuuita gente mundo afora!

E qual o problema do cara ser ermitão? Tb sou e conheço um montão de gente que é!

:rasta2bigsmoke0gf:

Eu ja estava procurando pelo topico essa ideia do VAP ! Soh nao sei se o veio do jeito que eh rabugento nao faz o negocio voar pela janela e nos manda a PQP ! RSRS

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

A ideia do VAP é boa! So nos resta saber se vai dar certo, pois como pudemos ver ... ele n parece ser muito social, e sim mais privado! Sera q ele abraça a causa pro brasil e pro mundo ?

Enquanto a reportagem ... VAI SE FU.... Fala da cozinha do cara, qts comodos tem o ap, vagas na garagem, onde ele come! OuWWW! Para ne meu!

Parece mais uma investigação ou uma reportagem pra revista de fofoca!

Viva a Liberdade!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu ja estava procurando pelo topico essa ideia do VAP ! Soh nao sei se o veio do jeito que eh rabugento nao faz o negocio voar pela janela e nos manda a PQP ! RSRS

Tem grandes chances mesmo, né? Mas também a gente só descobre tentando! ;)

A ideia do VAP é boa! So nos resta saber se vai dar certo, pois como pudemos ver ... ele n parece ser muito social, e sim mais privado! Sera q ele abraça a causa pro brasil e pro mundo ?

Enquanto a reportagem ... VAI SE FU.... Fala da cozinha do cara, qts comodos tem o ap, vagas na garagem, onde ele come! OuWWW! Para ne meu!

Parece mais uma investigação ou uma reportagem pra revista de fofoca!

Viva a Liberdade!

Abraçar a causa já é demaiiiiiiis pra ele. Ele é super na dele! Mas quem sabe é do interesse dele, né? A gente só corre o risco dele dizer não (e tacar o vaporizador na parede, heheheh).

A reportagem é coisa que nunca vi antes, naipe detetive particular. É de uma invasão de privacidade digna de um processo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...