Ir para conteúdo

Componente Da Maconha Trata Ezquizofrenia


Mouse

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Fala galera, antes de mais nada eu já vou abir o jogo e compartilhar com vcs que apesar de eu não me considerar isso e não dar a minima para a psiquiatria por muitos motivos eles consideram que eu sofro de transtorno bipolar com episódios psicóticos nos períodos de mania, e dizem que a maconha piora o meu estado apesar de eu achar que há controvérsias. Então, eu sei que deve haver pessoas aqui que passam por algo parecido e o uso de cannabis pode ter se tornado um hábito não tão prazeroso quanto costumava a ser, por muitos motivos eu acredito, incluindo também o medo de piorar o seu quadro caso apresente algum. Eu andei conversando com muitas pessoas na internet com o mesmo problema que o meu e todas aquelas que fazem uso de cannabis dizem que a maconha melhora a sua qualidade de vida imensamente, basta escolher a variedade certa lembrando que tem muitas com um nível de Cbd alto e thc médio/baixo. Eu vou compartilhar aqui com vcs e espero que seja útil de alguma forma esse artigo, e se for repetido já adiando as minhas desculpas. O texto esta em inglês, mas o google tradutor traduz quase que perfeitamente o texto, sem muitos erros. No final do texto o autor enfatiza a influência da industria farmacêutica e lembra que foram gastos bilhões em marketing para desestimular o uso medicinal de drogas como a maconha e mesmo assim ainda conseguem ter lucros imensos com anti-psicóticos e anti-depressivos. Então é isso ae, o texto é esse::

Um composto encontrado na maconha pode tratar a esquizofrenia de forma tão eficaz como os medicamentos antipsicóticos, com muito menos efeitos colaterais, segundo um ensaio clínico preliminar.

Pesquisadores liderados por Markus Leweke, da Universidade de Colônia, na Alemanha estudaram 39 pessoas com esquizofrenia que foram hospitalizadas por um surto psicótico. Dezenove pacientes foram tratados com a amissulprida, um medicamento antipsicótico que não é aprovado em os EUA, mas é comparável a outros medicamentos que são.

O restante dos pacientes receberam o canabidiol (CBD), uma substância encontrada em marijuana que se pensa ser responsável por alguns dos seus amadurecimento ou de redução de ansiedade efeitos. Ao contrário do principal ingrediente da maconha, o THC, que pode produzir reações psicóticas e pode piorar esquizofrenia, a CBD tem efeitos antipsicóticos, de acordo com pesquisas anteriores em animais e seres humanos.

Nem os pacientes nem os cientistas sabiam quem estava recebendo qual droga. No final do ensaio de quatro semanas, ambos os grupos mostraram uma melhoria clínica significativa nos sintomas de esquizofrenia, e não houve diferença entre aqueles recebendo CBD ou amisulpride.

(MAIS: A ligação complexa entre maconha e Esquizofrenia)

"Os resultados foram surpreendentes", diz Daniele Piomelli, professor de farmacologia na Universidade da Califórnia-Irvine e um co-autor do estudo. "Não só foi [CBD] tão eficaz como os antipsicóticos padrão, mas foi também essencialmente isento dos efeitos secundários típicos observados com fármacos antipsicóticos."

As medicações antipsicóticas pode causar distúrbios de movimento devastadores e às vezes permanentes, eles também podem reduzir a motivação dos usuários e prazer. A nova geração de antipsicóticos também muitas vezes leva ao ganho de peso e pode aumentar o risco de diabetes. Estes efeitos secundários têm sido desde há muito conhecido como sendo um dos principais obstáculos ao tratamento.

No estudo alemão, publicado online em março pela revista Translational Psychiatry, ganho de peso e problemas de circulação foram observados em pacientes tomando amisulprida, mas não CBD.

"Essas descobertas emocionantes devem estimular um grande número de pesquisas," diz o Dr. John Krystal, cadeira de psiquiatria da Yale University School of Medicine, que não foi associado com a pesquisa. Ele observa que a CBD não só tinha menos efeitos colaterais, mas também parecia funcionar melhor nos chamados esquizofrenia "sintomas negativos", que são notoriamente difíceis de tratar.

Os sintomas negativos incluem a retirada social, embotamento do prazer e da falta de motivação, que ocorrem geralmente na esquizofrenia. Uma vez que os antipsicóticos podem elas próprias correntes causar os mesmos problemas, no entanto, não era claro se o CBD foi melhor do que a amisulprida no tratamento destes sintomas, ou se simplesmente CBD causou menos efeitos colaterais, para começar.

(MAIS: Condução Stoned quase duplica o risco de acidente de carro fatal)

No entanto, a nova pesquisa ajuda a elucidar as complexidades intrincadas do sistema canabinóide do cérebro natural e como CBD pode trabalhar para aliviar os sintomas da esquizofrenia. Anos atrás, Piomelli e seus colegas descobriram que as pessoas com esquizofrenia têm níveis elevados de anandamida - um neurotransmissor que ativa o mesmo receptor ativado pelo THC - em seu líquido cefalorraquidiano, sugerindo que eles também tinham níveis mais elevados de que no cérebro.

A diferença foi enorme: os níveis de anandamida tinham nove vezes maior em pessoas com esquizofrenia do que nos controles mentalmente saudáveis, diz Piomelli.

Os pesquisadores teorizaram que estes níveis elevados radicalmente se correlacionam com alucinações e delírios: cérebros dos pacientes de banho mais anandamida ", o pior de sua doença seria. O pensamento era, em essência, que as pessoas com esquizofrenia são constantemente no topo de sua própria THC natural.

Mas o que os investigadores encontraram realmente era o oposto. "O que você tem não é uma correlação positiva, mas uma negativa. Quanto maior os níveis de anandamida, menores os sintomas ", diz Piomelli.

Não parecia fazer muito sentido à primeira vista, mas a pesquisa em animais e seres humanos agora mostra que a anandamida é um calmante natural e antipsicóticos. Piomelli pensa que os níveis elevados observados em pessoas com esquizofrenia não são a causa do problema, mas o resultado da tentativa do cérebro para o resolver.

(MAIS: Estudo: fumar maconha não vinculados com danos nos pulmões)

O novo estudo confirmou que, como os sintomas dos pacientes CBD alívio ', os níveis de anandamida aumentou em concerto. "Parece que a anandamida é uma molécula sinalizadora, que evoluiu para nos ajudar a lidar com o estresse", diz Piomelli. "No cérebro, tudo o que faz parece estar relacionado a formas de aliviar o stress. Ele pode aliviar a ansiedade e reduzir a resposta ao estresse. Ele está envolvido na analgesia induzida por estresse [quando você parar de sentir dor quando lutar ou fugir]. Estes são todos os mecanismos para ajudar-nos a impedir [resultados negativos relacionados ao estresse] ", diz Piomelli.

"Se o Dr. Piomelli é certo, então o cérebro é extremamente sensível a mudanças nos níveis de anandamida", diz Krystal.

Isto levanta uma outra questão, no entanto. THC si imita anandamida. Se altos níveis de anandamida são úteis para a esquizofrenia, por que fumar maconha intensificar estados psicóticos?

Aqui é onde fica complexo. THC mimetiza a anandamida não só, mas também outro canabinóide, 2-AG, que se encaixa os mesmos receptores e é muito mais comum. "Não é 200 vezes mais do que 2-AG anandamida no cérebro", diz Piomelli. "No final do dia, a complexidade é tal que a 2-AG tem de todo um conjunto de efeitos. Anandamida tem efeitos completamente diferentes, efeitos às vezes até opostos. É por isso que com THC você começa uma grande confusão. "

(MAIS: Maconha pode tanto desencadear e Repressão Psicose)

Para complicar ainda mais as coisas, quando os fumantes de maconha crônicas construir uma tolerância ao THC, pode-se-regular todo o sistema, tornando mais difícil para a anandamida para ter seus efeitos positivos. Isso pode ser porque alguns estudos indicam que as pessoas com esquizofrenia que fumam maconha piorar.

Então, onde é que a CBD se encaixa? Ele não dá a um receptor como o THC, ou enganar o cérebro em pensar que está ficando anandamida extra ou 2-AG. "O CBD parece estar fazendo é impedindo a anandamida de ser destruído", diz Piomelli. Que permite que a substância de exercer a sua tensão de redução de efeitos antipsicóticos e no cérebro mais tempo, sem os efeitos negativos do THC.

Se replicado, os resultados sugerem que o CBD pode ser pelo menos tão eficaz como as drogas existentes para o tratamento da esquizofrenia, sem os efeitos secundários graves que os pacientes relutantes a tomar a medicação. A pegadinha: "O verdadeiro problema com a CBD é que é duro para desenvolver uma variedade de motivos bobos", diz Piomelli.

Porque se trata de maconha, há óbvias questões políticas que cercam o seu uso. Extraindo-o a partir da planta também é caro. Mas a maior barreira pode ser que o CBD é um composto natural e, portanto, não pode ser patenteada a forma de novos medicamentos são. Isso significa que, apesar da possibilidade de que poderia vender mais que seus atuais drogas antipsicóticas de grande sucesso, as empresas farmacêuticas não estão propensos a desenvolver-lo - um fato particularmente notável quando se considera que todos os grandes fabricantes de antipsicóticos de nova geração em que os EUA, até agora pago centenas de milhões ou bilhões de dólares em multas para mismarketing estas drogas. No entanto, eles ainda colheram lucros enormes.

(MAIS: O caso contra a proibição de "sais de banho" e maconha Fake)

Piomelli e outros estão trabalhando para desenvolver versões sintéticas da CBD que evitem esses obstáculos. "Nós temos uma e estão esperando para avançar no futuro próximo", diz ele.

Para as pessoas com esquizofrenia e suas famílias, é claro, é provável que seja irritante que não científicos questões como políticas de maconha e problemas de patentes poderia ficar no caminho de um tratamento que poderia ser tão revigorante. Embora seja possível que os resultados deste estudo não podem deter-se ou que os investigadores puderam descobrir problemas relacionados com a utilização a longo prazo da CBD, que é difícil imaginar que poderia ser pior do que o que os pacientes já experiência.

=================================

A compound found in marijuana can treat schizophrenia as effectively as antipsychotic medications, with far fewer side effects, according to a preliminary clinical trial.

Researchers led by Markus Leweke of the University of Cologne in Germany studied 39 people with schizophrenia who were hospitalized for a psychotic episode. Nineteen patients were treated with amisulpride, an antipsychotic medication that is not approved in the U.S., but is comparable to other medications that are.

The rest of the patients were given cannabidiol (CBD), a substance found in marijuana that is thought to be responsible for some of its mellowing or anxiety-reducing effects. Unlike the main ingredient in marijuana, THC, which can produce psychotic reactions and may worsen schizophrenia, CBD has antipsychotic effects, according to previous research in both animals and humans.

Neither the patients nor the scientists knew who was getting which drug. At the end of the four-week trial, both groups showed significant clinical improvement in their schizophrenic symptoms, and there was no difference between those getting CBD or amisulpride.

(MORE: The Complex Link Between Marijuana and Schizophrenia)

“The results were amazing,” says Daniele Piomelli, professor of pharmacology at the University of California-Irvine and a co-author of the study. “Not only was [CBD] as effective as standard antipsychotics, but it was also essentially free of the typical side effects seen with antipsychotic drugs.”

Antipsychotic medications can potentially cause devastating and sometimes permanent movement disorders; they can also reduce users’ motivation and pleasure. The new generation of antipsychotic drugs also often leads to weight gain and can increase diabetes risk. These side effects have long been known to be a major obstacle to treatment.

In the German study, published online in March by the journal Translational Psychiatry, weight gain and movement problems were seen in patients taking amisulpride, but not CBD.

“These exciting findings should stimulate a great deal of research,” says Dr. John Krystal, chair of psychiatry at Yale University School of Medicine, who was not associated with the research. He notes that CBD not only had fewer side effects, but also seemed to work better on schizophrenia’s so-called “negative symptoms,” which are notoriously hard to treat.

Negative symptoms include social withdrawal, blunting of pleasure and lack of motivation, which commonly occur in schizophrenia. Since current antipsychotic medications can themselves cause the same problems, however, it wasn’t clear whether CBD was better than amisulpride at treating these symptoms, or whether CBD simply caused fewer side effects to begin with.

(MORE: Stoned Driving Nearly Doubles the Risk of Fatal Car Crash)

Nevertheless, the new research helps elucidate the intricate complexities of the brain’s natural cannabinoid system and how CBD may work to alleviate symptoms of schizophrenia. Years ago, Piomelli and his colleagues discovered that people with schizophrenia have elevated levels of anandamide — a neurotransmitter that activates the same receptor activated by THC — in their cerebrospinal fluid, suggesting that they also had higher levels of it in the brain.

The difference was huge: anandamide levels were nine times higher in schizophrenic people than in mentally healthy controls, Piomelli says.

The researchers theorized that these radically high levels would correlate with hallucinations and delusions: the more anandamide bathing patients’ brains, the worse their disease would be. The thinking was, in essence, that people with schizophrenia are constantly high on their own natural THC.

But what the researchers actually found was the opposite. “What you get is not a positive correlation, but a negative one. The higher the levels of anandamide, the lower the symptoms,” Piomelli says.

It didn’t seem to make much sense at first, but research in both animals and humans now shows that anandamide is a natural stress reliever and antipsychotic. Piomelli thinks that the high levels seen in people with schizophrenia aren’t the cause of the problem, but the result of the brain’s attempts to solve it.

(MORE: Study: Smoking Marijuana Not Linked with Lung Damage)

The new study confirmed that as CBD relieved patients’ symptoms, anandamide levels rose in concert. “It looks like anandamide is a signaling molecule that has evolved to help us cope with stress,” Piomelli says. “In the brain, everything it does seems to be related to ways of relieving stress. It can relieve anxiety and reduce the stress response. It is involved in stress-induced analgesia [when you stop feeling pain while fighting or fleeing]. These are all mechanisms to help us prevent [negative outcomes related to stress],” says Piomelli.

“If Dr. Piomelli is right, then the brain is exquisitely sensitive to changes in anandamide levels,” says Krystal.

This raises another question, however. THC itself mimics anandamide. If high levels of anandamide are helpful for schizophrenia, why does marijuana smoking intensify psychotic states?

Here’s where it gets complex. THC mimics not only anandamide, but also another cannabinoid, 2-AG, which fits the same receptors and is far more common. “There is 200 times more 2-AG than anandamide in the brain,” Piomelli says. “At the end of the day, the complexity is such that 2-AG has a whole cluster of effects. Anandamide has completely different effects, sometimes even opposite effects. That is why with THC you get a big mess.”

(MORE: Marijuana May Both Trigger and Suppress Psychosis)

Complicating matters further, when chronic marijuana smokers build up a tolerance to THC, it may down-regulate the entire system, making it harder for anandamide to have its positive effects. This may be why some studies find that people with schizophrenia who smoke marijuana get worse.

So, where does CBD fit in? It doesn’t attach to a receptor like THC, or fool the brain into thinking that it’s getting extra anandamide or 2-AG. “What CBD seems to be doing is preventing anandamide from being destroyed,” says Piomelli. That allows the substance to exert its stress-reducing and antipsychotic effects on the brain longer, without the negative effects of THC.

If replicated, the results suggest that CBD may be at least as effective as existing drugs for the treatment of schizophrenia, without the severe side effects that make patients reluctant to take medication. The catch: “The real problem with CBD is that it’s hard to develop for a variety of silly reasons,” says Piomelli.

Because it comes from marijuana, there are obvious political issues surrounding its use. Extracting it from the plant is also expensive. But the biggest barrier may be that CBD is a natural compound, and therefore can’t be patented the way new drugs are. That means that despite the possibility that it could outsell their current blockbuster antipsychotic drugs, pharmaceutical companies aren’t likely to develop it — a particularly striking fact when you consider that every major manufacturer of new generation antipsychotics in the U.S. has so far paid out hundreds of millions or billions of dollars in fines for mismarketing these drugs. Yet they still reaped huge profits.

(MORE: The Case Against the Ban on ‘Bath Salts’ and Fake Marijuana)

Piomelli and others are working to develop synthetic versions of CBD that would avoid such hurdles. “We have one and are hoping to move forward in the near future,” he says.

For people with schizophrenia and their families, of course, it is likely to be infuriating that non-scientific issues like marijuana policy and patenting problems could stand in the way of a treatment that could potentially be so restorative. While it’s possible that these study results may not hold up or that researchers could discover problems related to long-term use of CBD, it’s hard to imagine that they could be any worse than what patients already experience.

http://healthland.time.com/2012/05/30/marijuana-compound-treats-schizophrenia-with-few-side-effects-clinical-trial/

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Excelente o artigo. Há um tempo aqui no GR já são postados estudos sobre o uso da Cannabis pra tratamento desse tipo de enfermidade. O caso é escolher a variedade correta de acordo com sua necessidade clínica. A indústria farmacêutica não tem interesse em perder os milhares de dólares que faturam por ano, por isso criam empecilhos para que não utilizem a maconha em larga escala; dae dizem que por ser uma planta não tem como saber os niveis de CBD, CBN, THC... Tudo interesses comerciais...

Resta a nós, cultivadores caseiros, criar nosso próprio remédio e sermos felizes e saudáveis.

Mahalo!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Pois é cara já li bastante a respeito do assunto aqui no GR mesmo, e sobre a industria farmacêutica é isso mesmo, pelo que parece o CBD é patenteado pelos EUA mas já li também(nesse artigo mesmo fala isso) que por ser um componente natural não pode ser patenteado como as drogas usuais são, por isso a falta de interesse , e o interesse em fazer uma imagem negativa da maconha que é remédio para muitos males. Tudo uma questão de interesse como vc falou. Mas é isso mesmo cara, o negócio é partir pro cultivo, doente ou não agente ta no caminho certo. Mahalo marofa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Tópicos

  • Posts

    • ?? Why Choose Chess Cheat android App? ?? ? Extensive Library: Explore a vast collection of Chess bot, from timeless classics to the latest releases. ? No Subscription, No Hassle: Say goodbye to monthly fees! Enjoy unlimited players Chess online without any commitment. ? Ad-Free Experience: Immerse yourself in high-quality skill level of ches players with minimal interruptions. ? Accessibility: Download Chess bot Cheat Hacker anytime, anywhere, on any device! It's portable on your terms. Join our community of Chess Cheater enthusiasts today and embark on unforgettable adventures with your beloved characters. Start download Chess cheat app for android on www.chesscheat.com and let the your happiness l begin! ?????? #chess [url=https://chesscheat.com/] Chess bot cheat Android [/url] Download Chess Cheat App for Android
    • ?? Why Choose Chess Cheat android App? ?? ? Extensive Library: Explore a vast collection of Chess bot, from timeless classics to the latest releases. ? No Subscription, No Hassle: Say goodbye to monthly fees! Enjoy unlimited players Chess online without any commitment. ? Ad-Free Experience: Immerse yourself in high-quality skill level of ches players with minimal interruptions. ? Accessibility: Download Chess bot Cheat Hacker anytime, anywhere, on any device! It's portable on your terms. Join our community of Chess Cheater enthusiasts today and embark on unforgettable adventures with your beloved characters. Start download Chess cheat app for android on www.chesscheat.com and let the your happiness l begin! ?????? #chess [url=https://chesscheat.com/] Chess bot cheat Android [/url] Download Chess Cheat App for Android
    • ?? Why Choose Chess Cheat android App? ?? ? Extensive Library: Explore a vast collection of Chess bot, from timeless classics to the latest releases. ? No Subscription, No Hassle: Say goodbye to monthly fees! Enjoy unlimited players Chess online without any commitment. ? Ad-Free Experience: Immerse yourself in high-quality skill level of ches players with minimal interruptions. ? Accessibility: Download Chess bot Cheat Hacker anytime, anywhere, on any device! It's portable on your terms. Join our community of Chess Cheater enthusiasts today and embark on unforgettable adventures with your beloved characters. Start download Chess cheat app for android on www.chesscheat.com and let the your happiness l begin! ?????? #chess [url=https://chesscheat.com/] Chess bot cheat Android [/url] Download Chess Cheat App for Android
×
×
  • Criar Novo...