Ir para conteúdo

Legalização Da Maconha Será Discutida Publicamente No Uruguai Em 4 De Abril


politicweed

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Legalização da maconha será discutida publicamente no Uruguai


O governo uruguaio iniciará em 4 de abril um processo de debates em todo o país para enriquecer e explicar o projeto que legaliza a produção e distribuição de maconha. O projeto encaminhado ao legislativo pelo presidente José Mujica prevê que usuários recebam até 40 gramas de maconha por mês e poderão ter até seis plantar para o consumo pessoal.


O processo de discussão social será feito junto a especialistas nacionais e internacionais com duração de 90 dias para que o projeto continue sua tramitação no âmbito legislativo. Até o início de junho, o governo uruguaio promoverá debates, mesas redondas, conferências e seminários sobre a cannabis em cada um dos 19 estados do país.


O executivo espera que o anteprojeto seja aprovado até o final do ano. A produção e distribuição de maconha será regulada pelo Estado, que prevê a entrega de licenças à iniciativa privada para a produção, elaboração e distribuição da planta. Para obter a licença, a pessoa não pode apresentar nenhum antecedente na Justiça, além de estar em dia com os impostos e a previdência social. As áreas destinadas à plantação também serão delimitadas pelo Estado.


O projeto que o governo Mujica busca aprovar antes do fim do ano sustenta que todas as suas disposições estão relacionadas com a política de redução de danos na questão da dependência em consumo de drogas, ainda quando reconhece os efeitos prejudiciais dessa prática. A idéia de um maior "consenso social" em torno partiu do próprio presidente Mujica que pediu a paralisação momentânea de sua tramitação aos legisladores que integram a comissão especial sobre consumo de entorpecentes .


O atual projeto estabelece que o Estado assumirá o controle e a regulação das atividades de importação, produção, aquisição a qualquer título, armazenamento, comercialização e distribuição de maconha ou seus derivados. O último debate legislativo sobre o tema aconteceu em novembro e desde então não houve nenhuma modificação ao texto, que deve voltar às mãos dos legisladores após o recesso parlamentar.


* Com informações da agência pública de notícias da argentina, Télam

Fonte: http://www.ebc.com.br/noticias/internacional/2013/03/legalizacao-da-maconha-sera-discutido-publicamente-no-uruguai

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Muito Bom Pepe,

não adianta querer correr porque as pessoas precisam de informação, muita informação.

Vamos bombardia-las...

com certeza o debate irá se estender ao Brasil, e está na hora do assunto ser discutido com respeito e seriedade.

|Força Pepe!

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...raxxei

De repente o Brasil embarca numa dessa tmbm, a esperança é a ultima que morre né ! Mas enquanto isso, vou ali

fumar unzinho contra a lei mesmo, um abraço .

kkkkkkkkkkkkkkk....

Verdade, Proibida ou não, eu vou FUMA DO MESMO JEITO !!!

Abrasss familia growroom....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

É um grande passo pra américa latina, mas ainda precisamos mais seriedade da nossa presidenta em relação a nossa erva. A ultima notícia, sobre o bafometro de THC, foi desanimadora.

Enquanto isso nós somos a resistência, que a nossa informação se espalhe e o número de maconheiros aumente :icon_spin: :icon_spin: :icon_spin:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

É questão de tempo, na minha opinião.

Assim como vemos hoje a queda do império do cigarro e do hábito de fumá-lo, algo que deve ter parecido absurdo umas décadas atrás, aos poucos toda lavagem cerebral pela demonização da cannabis que foi feita vai ser substituída pela razão. E aposto que o ponta pé final será dado quando um destes governos puder demostrar os ganhos em arrecadação de imposto e saúde pública, e o efeito que fará sobre a luta contra o tráfico.

Andamos a passos de tartaruga, mas andamos!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

É isso ai. A verdade sempre aparece. Nunca que essa ideia errônea, manipuladora e capitalista de que a a maconha mata, é demoníaca e é porta de entrada pra outras drogas ia ficar na sociedade pra sempre.

Infelizmente, a vergonha é ver o mundo todo se abrindo pro debate, pra verdade... e o Brasil promulgando leis mais rígidas que tratam o usuário como um bandido, superlotando cadeias, destruindo e corrompendo vidas de gente inocente que só quer acabar com o tráfico e ter liberdade!

Um dia chegamos lá! Vão todos olhar pra trás e ver que a lei estava ERRADA!

Parabéns Uruguai pela iniciativa de ir contra muita gente GRANDE que sustenta essas falácias!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...