Ir para conteúdo

Rick Simpson'S Hemp Oil


TrincaZoinho

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

entao.... no trabalho diz que o alcool nao deixa esses residuos mas diz que extrai muita clorofila

mas e dai?

eu ainda nao entendi o problema de se extrair a clorofila junto

alguem sabe dizer?

Se vc vai ingerir o óleo não existe problema nenhum,

se vc vai fumar ele ai tem um gosto mais puxado em relação a um sem clorofila...

Aqui como é pra ingerir a prioridade é extrair toda a resina da planta e com isso deixo mais no alcool e faço mais de uma coada,

Costumo dar uma curada na erva, não por conta da clorofila em si, mais pra dar uma trabalhada nos cannabinoides...

então ela vai com um pouco menos clorofila pra fazer o óleo que indo logo pós secar,

msm assim tem bastante clorofila no meu óleo, que por sinal tb tem propriedades medicinais, dentre elas li não lembro onde o de oxigenar as células,

o que é ótimo contra infecções e doenças como cancer que precisam de um ambiente pobre em oxigênio pra proliferar.

:335968164-hippy2:

Também acredito que se for pra ingestão, a clorofila pode até potencializar as propriedades curativas do óleo. Já fiz, junto com minha mulher, duas extrações do óleo. O que dá pra perceber até aqui é que a resina não se solta tão facilmente, também tô coando 3x e na última, deixo um tempo a mais no álcool e faço uma pomada com óleo de copaíba para uso tópico. Imagino que com azeite deva ser mais difícil ainda da resina se soltar. Vou dar uma olhada com calma nesse material e talvez tentar fazer um pouco assim na próxima extração, pra testar.

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

daeee thiabo! valeu pelas explicacoes cara!

eu to querendo fazer o oleo pra usar em tudo, mas em tudo mesmo

tipo... tive micose, ai usaria o oleo em vez dos remedios tradicionais

tive uma infeccao na orelha e tive que passar antibiotico.... etc

alem disso minha voh tem artrite e eu vi que a maconha eh muito boa pra isso, atuando como analgesico e antinflamatorio

agora soh falta eu ter uma producao monstro hahaha

Então serelepe22 o esquema é esse né não hehe...

Eu aqui uso pra tudo, o mix com copaiba subistituiu até o desodorante aqui, chega de alumínio no suvaco :emoticon-0102-bigsmile:

Abraço.

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Complicado entrar no meio de um debate já de 6 páginas, mas vou tentar deixar aqui meus centavos de contribuição.

ainda continuo que o melhor método é fresco(fresh frozem)

pq é melhor?

justamente por ter os terpenes aromaticos e outras propriedades preservadas e outro motivo para nao se usar dry é que a matéria seca fica quebradiça e pode levar mais impurezas durante o processo...vc não acha?


da sim eu faço os meus oleos só assim fresh frozen

e te digo mais, fica muito mais forte em potência por não passar nadinha de matéria vegetal no produto final e consequentemente muito mais aromatico pela preservação dos terpentes aromaticos da planta.

Eu digo normal extrair no alcool e aquecer depois para virar oleo....

só que o detalhe que eu quis dizer é a matéria vegetal fresca(fresh frozen) e não dry...


A idéia de fazer bone dry acredito que seja pra acelerar o porcesso de de evaporação do solvente, e com a erva fresca além do solvente teremos a umidade da planta para evaporar também.

Eu queria entender essa lógica da galera defensora do uso da erva fresca e congelada na feitura dos extratos ( inclusive icehash) Sei lá pra mim parece paradoxal você falar que a erva fresca tem mais terpenos e etc, se é assim pra que diabos nós curamos a erva ? Pelo menos aqui a erva bem curada ressalta muito mais seus aromas e sabores (claro que po
conta da decomposição da clorofila. mas os terpenos não perdem efetividade no porcesso) , porque na hora de fazer o extrato a lógica seria a inversa ? Ainda to pra fazer um icehash comparativo, mas ate lá pra mim essa lógica tá meio furada.

Certo,
vou pesquisar mas acho que a copaíba é uma grande opção, óleo
poderosíssimo também. Na pesquisa do solvente a ser usado, o que
encontrei foi álcool isopropílico 99.5%, o RS fala em 99,9% mas esse
não estou achando. Outra duvida que tenho é se deixo curar a planta
inteira ou se faço a manicure primeiro? Vou usar a uma panela de arroz
elétrica e seguir as instruções do vídeo, na raça, ehehe. Desculpe as
muitas perguntas, irmão, estou um pouco ansioso e inseguro... Obrigado
e abraços!

O problema no Brasil é que é praticamente impossível você conseguir óleo puro, a um tempo atrás frequentava um fórum de biodisel e o pessoal do Brasil não consegue produzir biodísel caseiro viável por causa dessa dificuldade de se conseguir alcool puro, o que leva a muita saponificação no processo...

Além disso nosso Estado como é muito sábio e nós meros cidadãos somos imbecis, o governo em sua enorme sapiência determinou que todo álcool vendido ao usuário final no Brasil deveria ser dotado de "desnaturante" que nada mais é que algum produto que
torna o consumo repulsivo ao ser humano ( o governo achou que se não fizesse o povo compraria álcool pra beber da garrafa) e isso além de poder deixar o óleo tóxico vai deixá-lo com um aroma e sabor repulsivos...
A solução é usar o álcool de cereais, aparentemente o único que escapou dessa medida do desnaturante...

Voltando
ao tema congelado ou não, nesse vídeo aqui o cara usa os buds secos e
congelados. Aliás ele põe o álcool no freezer também, o filtro de
papel, e até a colher de pau e o funil ele coloca no congelador.

Depois ele esmaga os buds até se quebrarem por completo e deixa assim por 4 min dentro do freezer antes de passar pela peneira.

Alguém já fez assim por aqui?



Cara pra mim é meio contraproducente isso, quando você diminui a temperatura de um meio normalmente você diminui a solubilidade também, isso nem sempre é verdade, mas se aplica ao caso. Talvez o cara estivesse procurando minimizar a quantidade de clorofila dissolvida...

Cuidado pra num ser preso como aconteceu com ele !

Pra valer a pena, pra fazer o tratamento direitinho, tem que plantar muito cara !


Nada, conforme a receita 500g de erva já cura uma pessoa de câncer, isso é menos que duas colheitas minhas, um pouco mais que uma...

entao.... no trabalho diz que o alcool nao deixa esses residuos mas diz que extrai muita clorofila

mas e dai?

eu ainda nao entendi o problema de se extrair a clorofila junto

alguem sabe dizer?



Eu também não vejo problemas, mas pode prejudicar o paladar da coisa, assim como quando se fuma. O detalhe a se levar em conta é que o álcool usado ai provavelmente não contém os desnaturantes que nosso querido governo coloca pra que não viremos todos alcóolatras de álcool e não de bebidas...

Eu andei dando uma estudada pra isso e fiz uma primeira tentativa meio falha, mas pretendo começar a separar parte da colheita pra fazer o oil, pelo menos para usar a dose preventiva e ver como se da nos meus problemas de saúde...

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Opa thiabo, bem alguns deles eu já trato com a erva fumada mesmo, o TDAH e a insônia. O meu objetivo é ver o efeito do óleo em algumas alterações no exame de sangue, como colesterol, e alguns hormônios tbm, nada tão complexo quanto alguns amigos aqui. Além de testar também o uso tópico em dermatite seborréica.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Complicado entrar no meio de um debate já de 6 páginas, mas vou tentar deixar aqui meus centavos de contribuição.

A idéia de fazer bone dry acredito que seja pra acelerar o porcesso de de evaporação do solvente, e com a erva fresca além do solvente teremos a umidade da planta para evaporar também.

Eu queria entender essa lógica da galera defensora do uso da erva fresca e congelada na feitura dos extratos ( inclusive icehash) Sei lá pra mim parece paradoxal você falar que a erva fresca tem mais terpenos e etc, se é assim pra que diabos nós curamos a erva ? Pelo menos aqui a erva bem curada ressalta muito mais seus aromas e sabores (claro que po

conta da decomposição da clorofila. mas os terpenos não perdem efetividade no porcesso) , porque na hora de fazer o extrato a lógica seria a inversa ? Ainda to pra fazer um icehash comparativo, mas ate lá pra mim essa lógica tá meio furada.

O problema no Brasil é que é praticamente impossível você conseguir óleo puro, a um tempo atrás frequentava um fórum de biodisel e o pessoal do Brasil não consegue produzir biodísel caseiro viável por causa dessa dificuldade de se conseguir alcool puro, o que leva a muita saponificação no processo...

Além disso nosso Estado como é muito sábio e nós meros cidadãos somos imbecis, o governo em sua enorme sapiência determinou que todo álcool vendido ao usuário final no Brasil deveria ser dotado de "desnaturante" que nada mais é que algum produto que

torna o consumo repulsivo ao ser humano ( o governo achou que se não fizesse o povo compraria álcool pra beber da garrafa) e isso além de poder deixar o óleo tóxico vai deixá-lo com um aroma e sabor repulsivos...

A solução é usar o álcool de cereais, aparentemente o único que escapou dessa medida do desnaturante...

Cara pra mim é meio contraproducente isso, quando você diminui a temperatura de um meio normalmente você diminui a solubilidade também, isso nem sempre é verdade, mas se aplica ao caso. Talvez o cara estivesse procurando minimizar a quantidade de clorofila dissolvida...

Salve, Black! Fiz o óleo duas vezes e estou prestes a fazer a terceira extração. Na segunda, fiz duas extrações, uma com plantas secas e outra com uma planta colhida ali na hora. O óleo da curada ficou mais puro, com menos clorofila e também o rendimento foi maior. No workshop da Mila Jansen lá na festa dos 11 anos, ela explicou que o lance de congelar a planta é para a resina se soltar mais fácil. Tenho percebido que mesmo passando o material por duas vezes no álcool (de cereais - que é o que tô usando), olhando com o microscópio vc observa que ainda tem um tanto de resina na planta. Bom, conhecendo o produto que vc cultiva, imagino o óleo que vai sair daí!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Salve, Black! Fiz o óleo duas vezes e estou prestes a fazer a terceira extração. Na segunda, fiz duas extrações, uma com plantas secas e outra com uma planta colhida ali na hora. O óleo da curada ficou mais puro, com menos clorofila e também o rendimento foi maior. No workshop da Mila Jansen lá na festa dos 11 anos, ela explicou que o lance de congelar a planta é para a resina se soltar mais fácil. Tenho percebido que mesmo passando o material por duas vezes no álcool (de cereais - que é o que tô usando), olhando com o microscópio vc observa que ainda tem um tanto de resina na planta. Bom, conhecendo o produto que vc cultiva, imagino o óleo que vai sair daí!

Eu to ligado do congelamento para quebrar os tricomas, mas isso serve tanto para matéria seca quanto para a umida e apenas naquela técnica de extração por fricção, eu estava falando do cara que fez a mistura toda fria no video lá a ideia ali não é quebra os tricomas é dissolver eles.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu to ligado do congelamento para quebrar os tricomas, mas isso serve tanto para matéria seca quanto para a umida e apenas naquela técnica de extração por fricção, eu estava falando do cara que fez a mistura toda fria no video lá a ideia ali não é quebra os tricomas é dissolver eles.

Entendi, boa questão. Eu extraí usando um mix dos métodos do Rick Simpson, do Thiabo e desse do vídeo que o saporo postou, que vc comentou acima. Congelei tudo, buds, álcool e peneiras, será que não é o mais adequado? De toda forma, o óleo ficou fantástico :)

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Entendi, boa questão. Eu extraí usando um mix dos métodos do Rick Simpson, do Thiabo e desse do vídeo que o saporo postou, que vc comentou acima. Congelei tudo, buds, álcool e peneiras, será que não é o mais adequado? De toda forma, o óleo ficou fantástico :)

Bem, tem que ver que no vídeo ele usa uma destiladora para reaproveitar o álcool, resfriando ele diminui a perda, normalmente quando você resfria um líquido você dimunui a solubilidade dele, eu me pergunto se assim não acabe perdendo muita matéria, teria que fazer um comparativo para ver se a quebra dos tricomas por fricção relamtente valhe a pena o trabalho estra, ou se a maioria deles já é dissolvido a temperatura ambiente.

Bom saber, no vídeo pelo menos ficou impressionante, Depois se puder postar umas fotos do seu pra gente dar uma olhada...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Olhem o que o Rick Simpson postou na página dele:

"I think a good way to explain the difference between the quality of oils would be:

95-98% THC equals 95-98% chance of complete healing and survival,
80% THC equals 80% chance of complete healing and survival
70% THC equals 70% chance of complete healing and survival
60% THC equals 60% chance of complete healing and survival
Etc.

However, 100%THC does not equal 100% chance of complete healing and survival because it is a different substance than the oil.


This is mentioned for explanation purposes only, it is not 100%
accurate, of course, it is just an attempt to explain why the quality of
the oil is so important. Check our website for more information.


The main criterion at the moment is that the oils should produce a very
potent and SEDATIVE effect when ingested -- it should make the patient
very sleepy within an hour or so after ingesting. The best oils are
really extremely sedative, yet euphoric (so you eat them, fall asleep
and wake up a few hours later giggling like a child).

When the
patient uses chemo and radiation along with the oil (which we don't
recommend), or has been through these treatments before, divide the
percentages by two or three, maybe four or five, in such cases you
simply never know if the oil will have enough power to cut it. Such
patients should eat 2 or 3 times more oil (120-180g over a period of six
months).

When you filter your oil well and add the few drops
of water in the end of the boil-off process (after you have filtered out
plant materials from the oil thoroughly and carefully), there is also a
good chance that you will actually like the taste of the oil. For
maximum potency of the oil, it is also a good idea to put it in an oven
set at 130°C (266°F) for about an hour and let it thicken as much as
possible.

So again and over and over -- make sure your oil is
always potent and sedative as possible for the best outcome of the
treatment.

Follow the instructions at phoenixtears.ca when
producing and using the oil, that way you can be sure you did maximum
you could for the patient. I know that the situation is not ideal yet,
and I know that most oils supplied to patients are not around 95-98% THC
yet. But they could be, namely if oil makers really followed our
instructions.

But the lack of availability of good oil for
everyone really is not my or our fault, so please bear it in mind, we
are ordinary people like you, and write to your politicians instead --
they have to make the changes necessary, I cannot do that myself. We
supplied info and instructions about how to do it in a way that works,
now it is up to you all to do all the other work that needs to be done.

Thank you, best wishes to you, and make your own oil, be your own quality control. JB"

Aí eu me pergunto, se por exemplo tu faz um óleo com 50% de thc, não teria o mesmo poder de cura que um óleo de quase 100% de thc desde que use o dobro da dose? Porque no final, você estará ingerindo a mesma quantidade THC se usar 1g de um óleo com quase 100% de thc ou 2g de um óleo com 50% de thc.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

o problema é que isso nao eh baseado em evidencias, eh baseado em achismos

eu nao arriscaria responder

poisé, isso é achismo do Rick. Duas pessoas fizeram a mesma pergunta e ele só disse para testar na prática, ou seja, não soube argumentar...

Galera, encontrei um grupo ÓTIMO para quem quiser pesquisar mais a fundo os métodos para se fazer o óleo medicinal, relatos de cura de doenças, etc... O grupo é de boa qualidade, e, espero que as pessoas que não entendam tanto sobre o óleo (como eu), não fiquem fazendo perguntas amadoras e desnecessárias...

Link: http://www.facebook.com/groups/416702921703509/

Obs: caso não seja permitido postar link de grupos no facebook aqui peço desculpas e que algum moderador remova meu post.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Bem, tem que ver que no vídeo ele usa uma destiladora para reaproveitar o álcool, resfriando ele diminui a perda, normalmente quando você resfria um líquido você dimunui a solubilidade dele, eu me pergunto se assim não acabe perdendo muita matéria, teria que fazer um comparativo para ver se a quebra dos tricomas por fricção relamtente valhe a pena o trabalho estra, ou se a maioria deles já é dissolvido a temperatura ambiente.

Bom saber, no vídeo pelo menos ficou impressionante, Depois se puder postar umas fotos do seu pra gente dar uma olhada...

Sim, parece muito puro, será que a destiladora melhora o resultado final? O RS usa o material na temperatura ambiente, aí realmente fica essa dúvida quanto à eficácia dos métodos... Não tenho boas fotos da primeira extração mas ela foi toda registrada em vídeo e foi um Skunk#1. Na segunda, foram duas Jackie Hammer. A primeira foi coada no coador de café e resultou num óleo mais fino:

gallery_78367_9298_144210.jpg

A segunda planta foi coada com uma tela de voal bem fina e o óleo saiu um pouco mais espesso, minha mulher fala que é muito forte. Ele está bem no finalzinho:

gallery_78367_9298_1355.jpg

Dessa passada, ainda tirei um kief da telinha de voal que é uma paulada só!

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

o problema é que isso nao eh baseado em evidencias, eh baseado em achismos

eu nao arriscaria responder

poisé, isso é achismo do Rick. Duas pessoas fizeram a mesma pergunta e ele só disse para testar na prática, ou seja, não soube argumentar...

Galera, encontrei um grupo ÓTIMO para quem quiser pesquisar mais a fundo os métodos para se fazer o óleo medicinal, relatos de cura de doenças, etc... O grupo é de boa qualidade, e, espero que as pessoas que não entendam tanto sobre o óleo (como eu), não fiquem fazendo perguntas amadoras e desnecessárias...

Link: http://www.facebook.com/groups/416702921703509/

Obs: caso não seja permitido postar link de grupos no facebook aqui peço desculpas e que algum moderador remova meu post.

Amigos, Rick Simpson é uma pessoa bem simples mas é o cara que abriu essa picada. Agora, cabe aos cientistas pesquisar o imenso potencial do óleo. Demais a página do FB, bongado, não conhecia ainda, muito boa mesmo!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Essa de porcentagem de THC relacionado a porcentagem de cura certamente está equivocada,

Aí eu me pergunto, se por exemplo tu faz um óleo com 50% de thc, não
teria o mesmo poder de cura que um óleo de quase 100% de thc desde que
use o dobro da dose?

Sim, fica sendo o msm na minha opinião, e não é só o THC né, tem os outros cannabinóides tb...

certamente que a melhor qualidade do óleo ajuda na eficiência da cura, mais definir porcentagem já é chute,

Com um óleo de qualidade um pouco inferior vai demorar mais pra curar a doença em relação á um top, e não definir a porcentagem da cura...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Via google translator

fonte:
http://www.cureyourowncancer.org/dosage.html




Informação sobre a dosagem de óleo de cannabis

Para a maioria das pessoas vai demorar cerca de 60 gramas de óleo de cannabis para matar o câncer. Para a pessoa média vai demorar cerca de 90 dias para ingerir o tratamento de 60 gramas cheio de óleo de cannabis. * INSTRUÇÕES para fazer óleo de cannabis * As pessoas deveriam começar com três doses de óleo de cannabis por dia. Cada dose deve ser do tamanho de uma metade de um grão de arroz branco. Após quatro dias em que a dosagem, as pessoas devem ser capazes de duplicar a dose. A dose deve ser dobrado a cada quatro dias depois até 1 grama por dia é capaz de ser ingerida. A maioria das pessoas a chegar ao ponto em que se pode ingerir 1 grama por dia, em cerca de 30-35 dias. Assim que chegar a esta dosagem eles podem continuar a este ritmo até que o câncer se foi. Esta forma de dosagem de óleo permite que o corpo para construir uma tolerância a ela lentamente. Todos nós temos diferentes tolerâncias para qualquer medicação. O tamanho eo peso corporal de uma pessoa tem pouco a ver com a sua tolerância ao óleo de cannabis. Esteja ciente de que o tratamento com óleo de cannabis é provável irá baixar a sua pressão arterial. Então, se você está tomando medicação para pressão alta é possível que você já não precisa levá-lo uma vez que você iniciar o óleo de cannabis. Certifique-se de monitorar a pressão arterial você ter a certeza que você pode parar a medicação atual. Ao final do tratamento, o uso contínuo do óleo que é uma ótima idéia. Naquela época, ele deve estar em uma dose muito reduzida. Tomar 1 grama por mês é uma boa dose para manter a sua saúde. O principal efeito colateral do óleo de cannabis é o sono e descanso. Ambos desempenham papéis importantes na cura do corpo. Dentro de uma hora de tomar uma dose de óleo de cannabis, o óleo fará com que você se cansar. Não lute contra isso, apenas usar esse tempo para descansar. Normalmente, dentro dos primeiros 30 dias, a sonolência diurna que é experiente começa a ir embora, mas o paciente continua a dormir muito bem durante a noite. Começando com doses maiores seria bom para ajudar os pacientes sair analgésicos viciantes e perigosas como a morfina ou Vicodin. Quando as pessoas que utilizam esse tipo de medicamentos iniciar o tratamento de óleo de cannabis, eles podem muitas vezes, cortar seus medicamentos para a dor por tanto como meia. Também pode ser bom começar com doses maiores, se o câncer está nos estágios finais. O mais importante é que você sempre quer ter a certeza de que permanecer dentro de sua "zona de conforto" quando se toma o óleo de cannabis. Todo mundo é diferente, algumas pessoas podem demorar mais do que outros. Então, certifique-se que a dose que você toma é certo para você. - See more at: http://www.cureyourowncancer.org/dosage.html#sthash.GiC8tOcq.dpuf



Conversei com algumas mães que estão tratando os seus filhos, e os relatos são incríveis!

  • Like 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

galera, eu frenquento o forum ja a algum tempo (uns anos), e nunca me cadastrei nem nada, apenas para leitura e conhecimento principalmente como plantar e etc. mas agora a coisa começou a pegar preço vejo que o forum esta muito mais rico de informação nao so de cultivo mas tambem em outras areas, dou o parabens a todos e fico muito feliz em ver que estão descobrindo cada vez mais sobre essa amada plantinha.

gostaria de dar esse tratamento para minha vó que faz outros tratamentos não convencionais(nao lembro quais os problemas dela, os nomes corretos, mas certamente ja foram citados acima) , mas minha mãe é contra a planta por razões que eu desconheço e não existe dialogo por mais "cabeça aberta" que ela aparente, ela mesma iria utilizar visto que ela tem propensão a diabetes, mas ainda estou formalizando dialogos para poder ter mais força nas palavras e ter quem sabe ajuda de minha tia que é formada em biologia e agora esta fazendo farmacia (muito bom se ela aderir).

desculpa postar um "desabafo" mas fiquei realmente muito feliz e emocionado em ver que apesar de tudo estamos no pionerismo da pesquisa mesmo sem sermos cientistas e ainda sermos "criminosos".

tenho umas pesquisas que fiz durante mais de 10 anos de uso pratico (e pesquisa teorica), e espero em algum lugar poder colaborar ou nessa do oleo ou até mesmo em outra parte do forum.

Paz :weed-sign:

Ps: antes que falem sou maior de idade e prefiro ainda morar com a mãe por motivos $$ .. hahaha, posso nao ter minha planta ainda, mas nao tenho pressa, cada coisa em seu devido momento.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Fiz um óleo aqui tb... mas bem pouquinho, só com a manicure de duas plantinhas e ainda assim rendeu uma pelotinha. As próximas que tirar um pouco mais e tratar um papiloma de uma cachorrinha da minha mãe.

Sucesso e saúde ae!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

galera, eu frenquento o forum ja a algum tempo (uns anos), e nunca me cadastrei nem nada, apenas para leitura e conhecimento principalmente como plantar e etc. mas agora a coisa começou a pegar preço vejo que o forum esta muito mais rico de informação nao so de cultivo mas tambem em outras areas, dou o parabens a todos e fico muito feliz em ver que estão descobrindo cada vez mais sobre essa amada plantinha.

gostaria de dar esse tratamento para minha vó que faz outros tratamentos não convencionais(nao lembro quais os problemas dela, os nomes corretos, mas certamente ja foram citados acima) , mas minha mãe é contra a planta por razões que eu desconheço e não existe dialogo por mais "cabeça aberta" que ela aparente, ela mesma iria utilizar visto que ela tem propensão a diabetes, mas ainda estou formalizando dialogos para poder ter mais força nas palavras e ter quem sabe ajuda de minha tia que é formada em biologia e agora esta fazendo farmacia (muito bom se ela aderir).

desculpa postar um "desabafo" mas fiquei realmente muito feliz e emocionado em ver que apesar de tudo estamos no pionerismo da pesquisa mesmo sem sermos cientistas e ainda sermos "criminosos".

tenho umas pesquisas que fiz durante mais de 10 anos de uso pratico (e pesquisa teorica), e espero em algum lugar poder colaborar ou nessa do oleo ou até mesmo em outra parte do forum.

Paz :weed-sign:

Ps: antes que falem sou maior de idade e prefiro ainda morar com a mãe por motivos $$ .. hahaha, posso nao ter minha planta ainda, mas nao tenho pressa, cada coisa em seu devido momento.

Acho que vc poderia mostrar pra elas algum bons docs pra começar, como What if Cannabis Cured Cancer e o do próprio RS, Run From the Cure. São bem esclarecedores e só com médicos e pacientes, nada bicho-grilo. Entre saber sobre o óleo e começar a produzí-lo, se passaram muitos anos da minha vida, foi a necessidade que me levou à decisão.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Fiz um óleo aqui tb... mas bem pouquinho, só com a manicure de duas plantinhas e ainda assim rendeu uma pelotinha. As próximas que tirar um pouco mais e tratar um papiloma de uma cachorrinha da minha mãe.

Sucesso e saúde ae!

Boa, Tchumin! Também já fiz um pouquinho com podas de pipocas e ficou muito bom. Valeu e abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

thiabo, tu sabe me explicar porque o óleo tem maior poder medicinal que a cannabis ingerida?

teoricamente, descarboxilar os buds e comê-los não teria o mesmo poder de cura do óleo? claro, usando em maior quantidade do que o óleo, para termos a mesma quantidade de thc...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Uma dúvida simples, qual a dose média de consumo por dia para manutenção, eu li que em casos de cancer a dose chega a 1 g/dia, mas apenas para a regulação da saúde, controle de colesterol, pressão e sono ? Qual mais ou menos seria uma dose média. A minha pergunta se deve ao fato de eu ter recém colhido, mas a colheita não foi abundante pra segurar meu habito de fumar e fazer o óleo assim queria calcular o consumo em +/- 3 meses para ver a viabilidade de fazer já e começar o tratamento.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Uma dúvida simples, qual a dose média de consumo por dia para manutenção, eu li que em casos de cancer a dose chega a 1 g/dia, mas apenas para a regulação da saúde, controle de colesterol, pressão e sono ? Qual mais ou menos seria uma dose média. A minha pergunta se deve ao fato de eu ter recém colhido, mas a colheita não foi abundante pra segurar meu habito de fumar e fazer o óleo assim queria calcular o consumo em +/- 3 meses para ver a viabilidade de fazer já e começar o tratamento.

acho que 0,1g por dia ta de bom tamanho.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Uma dúvida simples, qual a dose média de consumo por dia para manutenção, eu li que em casos de cancer a dose chega a 1 g/dia, mas apenas para a regulação da saúde, controle de colesterol, pressão e sono ? Qual mais ou menos seria uma dose média. A minha pergunta se deve ao fato de eu ter recém colhido, mas a colheita não foi abundante pra segurar meu habito de fumar e fazer o óleo assim queria calcular o consumo em +/- 3 meses para ver a viabilidade de fazer já e começar o tratamento.

acho que 0,1g por dia ta de bom tamanho.

Pouquinho mais, 0,3 / 0,4 duas horas antes de dormir (principalmente no caso de insônia, pois dose muito pequena não bate o bode corporal depois das 2hs de ingestão).

Estou ingerindo mais ou menos isso fará 2 anos mês qui vem, tou blindado desde então, e tava todo fudido antes do óleo!!!

:335968164-hippy2:

  • Like 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...