Ir para conteúdo

THCprocê preso


amigosdogrow

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

"Quando a sociedade proíbe uma droga, ela abre mão de controlá-la"

Hoje é mais fácil um adolescente comprar maconha, do que uma lata de cerveja!!

#LiberdadeThcprocê

  • Like 10
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
Em 19/07/2016 at 18:28, Magrao. disse:

@Leandriinhuu nesta cidade que citei onde eu morava, tem um candidato ou pré candidato (não entendo muito de política) que tem uma lanchonete conhecida na região ele já foi preso por tráfico de drogas e os policiais que penderam ele na época hoje lancham todos os dias na lanchonete dele.

 :roll-up:

kkk é foda foi que nem eu disse se a maconha for legalizada quem ganha dinheiro com extorsão.

 

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Só  espero que não entre em esquecimento como o RAS Geraldinho! Pessoas de bem que não merecem ta passando por isso! #liberdadeTHCproce #liberdadeRASgeraldinho #liberdadeMaconhanoBrasil

:raiva:

 

  • Like 8
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
Em 19/07/2016 at 11:47, Nil Jardineiro disse:

 

O problema é explicar isso pra justiça. Pra Policial (principlamente militar), juiz, delegado, maconha é droga e se você porta maconha você é traficante até que você consiga provar o contrário. Infelizmente é assim que o país anda. Eles não querem saber se nós plantamos pra nos livrar do tráfico e conseguir um produto melhor, não querem saber se temos famílias, se somos pais, se somos ficha limpa. O que eles querem é pegar maconheiro e depois ter a foto exposta no jornal com a seguinte matéria: Polícia desarticula quadrilha que comprava e vendia sementes de maconha em todo Brasil.

fato

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

 

Quando se trata do cultivo caseiro de maconha, não existem limites para a ignorância e a hipocrisia das leis brasileiras.

Que o diga o professor de tecnologia da informação e segurança eletrônica Sérgio Delvair da Costa, de 52 anos, preso desde o último mês de junho, após ser flagrado com 120 pés de maconha.

Conhecido na internet como THCprocê, o ativista mantinha um canal no Youtube onde dava dicas de cultivo de maconha, além de ter fundado a Cooperativa de Cultivadores do Brasil (CCB), uma espécie de clube semelhante aos existentes no Uruguai, Estados Unidos e Holanda.

Como se já não bastasse a prisão deste simples ativista & jardineiro, agora a polícia ameaça perseguir os 1.200 associados à cooperativa.

“A Cooperativa de Cultivadores do Brasil (CCB) repassava sementes para interessados em todo o país por meio dos Correios. Nesse esquema, cada um dos envolvidos pagava um valor mensal para receber a mercadoria em casa. Nosso objetivo agora é identificar essas pessoas e saber qual o envolvimento de cada uma com esse tráfico”, disse o delegado Francisco Antonio da Silva, titular da 20ª DP (Gama), em entrevista à BBC Brasil.

Sim, é isso mesmo que você leu: como se não existissem outros crimes de verdade ocorrendo, a Polícia Civil do Distrito Federal pretende iniciar uma mega-operação para investigar outros simples jardineiros que decidiram plantar justamente para não fomentar o tráfico de drogas.

A ameaça, aliás, já havia sido proferida no vídeo patético publicado pelos agentes que efetuaram a prisão de THCprocê, no canal do próprio no Youtube.

Redução de danos

Na opinião do advogado Emílio Figueiredo, que faz parte da Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas, “Sérgio está preso por fazer redução de danos”. Afinal, ao compartilhar sementes a preços módicos, “ele conseguiu evitar que muitos usuários recorressem ao tráfico de drogas”.

thcproce_cultivadores.jpg

No entanto, o ativista segue encarcerado, enquanto o inquérito principal aguarda o posicionamento do Ministério Público para avaliar se será necessário acionar a Polícia Federal para auxiliar a investigação em outras regiões do país.

Pelo terrorismo midiático e por envolver cultivo de maconha, o caso de THCprocê em muito lembra o de Ras Geraldinho, que no próximo mês de agosto completa quatro anos de prisão (dos catorze a que foi condenado!).

Alarmismo e perda de tempo

Segundo Figueiredo, a ameaça de investigação contra os seguidores de THCprocê não passa de “alarmismo para assustar os cultivadores”.

“Não há prova sobre esse relacionamento que configure crime. Além disso, a polícia vai perder um tempo enorme para tentar saber se essas pessoas estão plantando cannabis, quando o foco dela deveria ser em crimes graves. É se preocupar com muito pouco”, disse.

“Growboom”

Basta ler os jornais para perceber que a repressão aos cultivadores de maconha parece ser uma das prioridades da polícia brasileira.

Sem respeitar qualquer direito à privacidade e inviolabilidade do lar, o Estado segue invadindo residências em busca de poucas plantas de maconha. De Norte a Sul do país, quem prefere plantar para não comprar corre o risco de ser considerado traficante.

Mas não há X-9 nem proibição que consiga deter a expansão do cultivo caseiro no Brasil. “O cardume de jardineiros não para de crescer. Estamos vivendo o ‘growboom‘”, define Figueiredo.

Twittaço

Para clamar pela liberdade de THCprocê, amigos e ativistas programaram um twittaço marcado para o dia 21 de julho, a partir das 11h30.

A ideia é subir a hashtag #LiberdadeTHCProce nos trending topics do Twitter. Clique aqui para saber mais sobre a iniciativa e participe!

http://maryjuana.com.br/2016/07/thcproce-perseguicao-cultivadores/?platform=hootsuite

  • Like 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
1 hora atrás, credbrazil4 disse:

Cultivo parado até hj por causa dessa treta , nunca comprei nada dele só estava cadastrado no site 

image.jpeg

Eu também. Só realizei cadastro e estou na mesma... Acho q a maioria do site. Ouvi falar que nem cem pessoas contribuiam.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
16 horas atrás, Andrerznd disse:

mas creio que eles devem perder tempo com o pessoal que pagou de fato e recebeu as seeds, Brasil, só decepção 

Triste isso, olha quanto retrocesso! Estou na segunda semana de flora, de três plantas que pretendia que ficassem mais tempo na vega, só porque fiquei com rexeio. Cheguei a me inscrever na cooperativa, mas nunca confirmei endereço ou telefone, no entanto, fica aquele medo da quebra de sigilo do Gmail, e tudo que não preciso na vida é ser intimado para depor na PF em razão de uma paixão por cultivo para meu próprio sustento. Nessa colheita, correndo contra o tempo, vou desativar meu grow e aguardar a decisão do STF, que deve regulamentar até seis plantas fêmeas. Até lá, espero que as coisas voltem ao normal e a polícia pare de perseguir quem está lutando contra o tráfico e a intolerância.

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
58 minutos atrás, Kushikal disse:

Triste isso, olha quanto retrocesso! Estou na segunda semana de flora, de três plantas que pretendia que ficassem mais tempo na vega, só porque fiquei com rexeio. Cheguei a me inscrever na cooperativa, mas nunca confirmei endereço ou telefone, no entanto, fica aquele medo da quebra de sigilo do Gmail, e tudo que não preciso na vida é ser intimado para depor na PF em razão de uma paixão por cultivo para meu próprio sustento. Nessa colheita, correndo contra o tempo, vou desativar meu grow e aguardar a decisão do STF, que deve regulamentar até seis plantas fêmeas. Até lá, espero que as coisas voltem ao normal e a polícia pare de perseguir quem está lutando contra o tráfico e a intolerância.

 cara eu há muito tempo eu tinha me registrado la, so e-mail também, nem lembrava fui conferir minha caixa de entrada e fiquei ate com receio também, mas quebrar o sigilo do gmail, sei la, nem eles tem meu endereço, mas também estou com receio, mas também não coloquei nada na conta 

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

 também havia feito cadastro há tempo não lembrava, mas não comprei seeds nem deixei endereço, mandei um e-mail por sos@growroom.net parece que não há muito o que se preocupar até porque de fato não comprei sementes e não tem nenhum dado de endereço no registro, estou com algumas prenseeds e uma acapulco gold na vega, com dó de matar elas, vou levar este ciclo e ver no que dá, Jah nos ajude kk 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

especialmente quem recebeu encomenda dele mais de uma vez precisa ficar esperto

eu extinguiria o cultivo por um (bom) tempo, mas aí vai de cada um saber o risco que quer correr.

é uma tragédia ter de acontecer algo assim com os irmãos, especialmente com ele.

só essa preocupação que a galera fica já é uma sangria imensa. pqp.

uma M!... de (in)experiência da polícia e da justicá igual a essa mostra a importância da galera se ligar e ficar atenta sempre,,, o cara q agilizou a parada tem a melhor vontade do mundo. dava a cara a tapa como ninguém,

mas infelizmente exagerou,,,, afinal a jurisdição daqui é de um país onde a justiça invariavelmente é podre e atende apenas os anseios de conservadores fascistas. vai esperar o q duma porra dessas. =(

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

 é a galera que de fato recebeu as seeds e que tem ate o endereço é bom pausar o cultivo, eu vou arriscar encerrar este ciclo e depois ver no que dá, mas como o meu so estava o e-mail acho meio difícil, apesar que aqui é Bresel né, mas seria como identificar os usuários do growroom pelo e-mail  

  • Like 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Olha pessoal, eu tive um dia triste no domingo, matei três plantinhas inocentes (uma Kushikal, uma queijo e uma Amnésia k), pois havia feito o cadastro e, mesmo que não tenha fornecido endereço ou telefone, resolvi acabar com a materialidade.

Também sou advogado, mas em função de tantos absurdos jurídicos ocorridos, desde que o Temer assumiu (viram os "terroristas" incomunicáveis?), decidi que não vale a pena me expor tanto (paguei o preço por fazer aquele cadastro vacilão !!).

Me deu muita dor acabar com minhas plantas, 100% orgânicas, na segunda semana de floração!! mas vou abandonar o cultivo, até que o STF regulamente as 6 plantas fêmeas, até lá, vou plantar rúcula e tomates indoor!! 

Decidi isso com base na possibilidade de quebra de sigilo (e acreditem, isso é possível sim) do gmail!), e por razões muito peculiares (vivo com minha esposa e não posso fazer ela correr nenhum risco, só porque fumo e quero combater o tráfico).

Não pertenço ao time Growroom e respeito posicionamentos diversos, mas partir de uma pena de 5 anos e dormir em uma presídio não é pouco. Triste, pois vou ter que fumar prensado novamente (ainda tenho meu último cultivo guardado em pote, mas não dura dois meses) e voltarei a dar dinheiro para sustentar um guerra podre entre a "sociedade de bem" e "os bandidos sustentados por maconheiros". Mas voltarei, no instante que o STF julgar a coisa toda, só espero que esse lance de impeachment termine logo.

Até breve!!

  • Like 6
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
1 hora atrás, Kushikal disse:

Olha pessoal, eu tive um dia triste no domingo, matei três plantinhas inocentes (uma Kushikal, uma queijo e uma Amnésia k), pois havia feito o cadastro e, mesmo que não tenha fornecido endereço ou telefone, resolvi acabar com a materialidade.

Também sou advogado, mas em função de tantos absurdos jurídicos ocorridos, desde que o Temer assumiu (viram os "terroristas" incomunicáveis?), decidi que não vale a pena me expor tanto (paguei o preço por fazer aquele cadastro vacilão !!).

Me deu muita dor acabar com minhas plantas, 100% orgânicas, na segunda semana de floração!! mas vou abandonar o cultivo, até que o STF regulamente as 6 plantas fêmeas, até lá, vou plantar rúcula e tomates indoor!! 

Decidi isso com base na possibilidade de quebra de sigilo (e acreditem, isso é possível sim) do gmail!), e por razões muito peculiares (vivo com minha esposa e não posso fazer ela correr nenhum risco, só porque fumo e quero combater o tráfico).

Não pertenço ao time Growroom e respeito posicionamentos diversos, mas partir de uma pena de 5 anos e dormir em uma presídio não é pouco. Triste, pois vou ter que fumar prensado novamente (ainda tenho meu último cultivo guardado em pote, mas não dura dois meses) e voltarei a dar dinheiro para sustentar um guerra podre entre a "sociedade de bem" e "os bandidos sustentados por maconheiros". Mas voltarei, no instante que o STF julgar a coisa toda, só espero que esse lance de impeachment termine logo.

Até breve!!

 Será que rola alguma quebra de sigilo de ip ? já que o gmail não tem meu endereço ? acho que vou acabar terminando com as minhas também, maldito dia que fiz aquele cadastro haha 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...