Ir para conteúdo

Reflexões sobre o vício em cannabis


aturo

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Bom, essa é minha primeira postagem no gr e espero poder contribuir com alguma coisa.

Recentemente, depois de fumar um, entrei num questionamento. Sou viciado? Sempre defendi, com unhas e dentes, o fato da cannabis não ser uma droga que causa dependência química, e, em parte, eu estava certo. Mas analisando algumas de minhas ações, que incluem: pensar o tempo todo em fumar, não aproveitar os momentos da melhor maneira quando se está sóbrio, ficar sempre pensando em "esse momento estaria muito melhor se eu estivesse chapado" e etc, acabei caindo em uma conclusão: sou viciado. Primeiramente, é preciso dizer que isso não se classifica, ao meu entender, como dependência química, já que eu não apresento os principais sinais de dependência química, que são nervosismo, depressão (quando em abstinência) e etc. Bom, concluindo, queria dizer que não me considero dependente, mas estou sempre afim de fumar um, tudo pra mim fica mais bonito e tem mais graça quando estou chapado, o mundo quando se está sóbrio meio que cai na monotonia, perde o encanto. E aí, o que vocês tem a contribuir? Será que sou mesmo viciado ou é apenas uma paranoia minha e isso pode acontecer com qualquer outra coisa? Por exemplo refrigerante, café, sexo, jogos etc

  • Like 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Interessante levantamento amigo, penso da mesma maneira que você... Ja termino o baseado pensando no proximo :rasta:...

Quando cultivamos isso fica muito grudado na nossa mente, penso varias horas por dias nas plantas e o que fazer com elas...

Estava muito tempo fumando todos os dias, a uns meses por problemas com traficante(nvs) acabei ficando 2 dias sem fumar. Pensa na sensação estranha que dá ao realizar atividades que normalmente você faria chapado kkk Por exemplo eu sempre fumo antes da faculdade, e quando fui sem fumar pra aula me senti muito estranho, tanto na maneira de andar e pensar, parecia que faltava algo sabe... Tambem me irritava muito mais facilmente, meu corpo não conseguia relaxar... Acredito que isso ja indica vicio,  mas nao vejo problemas com isso, me sinto bem fumando todos os dias... Sei que pode fazer mal pro meu corpo, mas pra minha mente está fazendo bem.

Todos os dias fumo de manhã cedo, de meio dia, proximo das 6 horas e a noite antes de dormir... Normalmente meio ou 1/3 de um baseado. 

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Realmente, agora lendo alguns comentários, vejo que apesar de ser classificado como vício, não me sinto prejudicado com isso, não fico irritado nem nada do tipo, simplesmente penso "poxa, poderia estar chapado agora".... então foi só uma brisa meio filosófica que tive, obrigado por todas interações 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
14 minutos atrás, Scoobydoo disse:

Interessante levantamento amigo, penso da mesma maneira que você... Ja termino o baseado pensando no proximo :rasta:...

Quando cultivamos isso fica muito grudado na nossa mente, penso varias horas por dias nas plantas e o que fazer com elas...

Estava muito tempo fumando todos os dias, a uns meses por problemas com traficante(nvs) acabei ficando 2 dias sem fumar. Pensa na sensação estranha que dá ao realizar atividades que normalmente você faria chapado kkk Por exemplo eu sempre fumo antes da faculdade, e quando fui sem fumar pra aula me senti muito estranho, tanto na maneira de andar e pensar, parecia que faltava algo sabe... Tambem me irritava muito mais facilmente, meu corpo não conseguia relaxar... Acredito que isso ja indica vicio,  mas nao vejo problemas com isso, me sinto bem fumando todos os dias... Sei que pode fazer mal pro meu corpo, mas pra minha mente está fazendo bem.

Todos os dias fumo de manhã cedo, de meio dia, proximo das 6 horas e a noite antes de dormir... Normalmente meio ou 1/3 de um baseado. 

também fumo todo dia, geralmente, só meio baseado por dia antes de dormir, eu gosto muito de fazer coisas que, geralmente, faço sóbrio, fazer enquanto estou chapado, mas sempre que faço algo novo chapado, tenho uma coisa nova a menos para fazer chapado, com o tempo foi diminuindo meu leque de opções e agora meio que cai na monotonia, não se me expressei bem mas, fumando todo dia também percebo que bate uma onda diferente, não é aquela onda de euforia e risadas incontroláveis de quando só fumava nos finais de semana

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
2 horas atrás, aturo disse:

o mundo quando se está sóbrio meio que cai na monotonia, perde o encanto.

Por que? Quando voce não fumava, sentia essa monotonia?

O ato de fumar alterou alguma coisa na sua realidade sóbria ou na sua percepção sóbria?

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
1 minuto atrás, Tok disse:

Por que? Quando voce não fumava, sentia essa monotonia?

O ato de fumar alterou alguma coisa na sua realidade sóbria ou na sua percepção sóbria?

exatamente isso, quando não fumava, não sentia isso, porém, sou diagnosticado com depressão, e não faço uso de nenhum medicamento (por opção) e a cannabis tem me ajudado muito com o tratamento, nos períodos que estou sob efeitos dela, me sinto muito melhor, o que acho que acaba dando uma sensação de "saudade" da onda, quando ela passa. O problema, acredito, não seja a cannabis em si, mas sim a maneira como é consumida, fumando somente em finais de semana não sentia essa vontade de fumar sempre. Só pra acrescentar, sinto vontade, mas não é algo como uma fissura (já fui viciado em cocaína, e pra quem acha que maconha causa vontade, nem sabe o que é um vício em droga sintética) então da pra controlar tranquilamente. Acho que esse meu "vício", pode ser classificado simplesmente como algo que me da prazer, e que me faz sentir bem, o que como eu mesmo disse antes, algumas pessoas podem sentir com refrigerante, café, sexo etc....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

mano é normal isso, tu gosta de fumar, como algumas pessoas gostam de comer banana todos dias, a questao é relacionada a dopamina e tua satisfaçao, eu consigo ficar sem fumar por varios dias de boas, e sempre com os potes cheios ahhahaha

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
14 minutos atrás, aturo disse:

exatamente isso, quando não fumava, não sentia isso, porém, sou diagnosticado com depressão, e não faço uso de nenhum medicamento (por opção) e a cannabis tem me ajudado muito com o tratamento, nos períodos que estou sob efeitos dela, me sinto muito melhor, o que acho que acaba dando uma sensação de "saudade" da onda, quando ela passa. O problema, acredito, não seja a cannabis em si, mas sim a maneira como é consumida, fumando somente em finais de semana não sentia essa vontade de fumar sempre. Só pra acrescentar, sinto vontade, mas não é algo como uma fissura (já fui viciado em cocaína, e pra quem acha que maconha causa vontade, nem sabe o que é um vício em droga sintética) então da pra controlar tranquilamente. Acho que esse meu "vício", pode ser classificado simplesmente como algo que me da prazer, e que me faz sentir bem, o que como eu mesmo disse antes, algumas pessoas podem sentir com refrigerante, café, sexo etc....

Coca causa dependência química, maconha (e as vezes as mulheres :lol:) pode causar dependência psicológica. Veja se se identifica: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dependência_psicológica

A depressão que você relata pode ser causada pelo mesmo mecanismo, que alias também acontece quando terminamos um relacionamento apaixonado. 

 

 

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
16 minutos atrás, Tok disse:

Coca causa dependência química, maconha (e as vezes as mulheres :lol:) pode causar dependência psicológica. Veja se se identifica: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dependência_psicológica

A depressão que você relata pode ser causada pelo mesmo mecanismo, que alias também acontece quando terminamos um relacionamento apaixonado. 

 

 

Essa dependência eu costumo ter com td, mulheres(aqui que tudo começou), amizades, maconha...
To preso nisso e não consigo sair, a maconha ajuda pois essa dependência causa uma cegueira racional também, não consigo me comunicar direito com as pessoas e fazer coisas normais do dia a dia e etc.
Me afasto de tudo e todos porque simplesmente não sei o que fazer perto das situações adversas da vida :/

 

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
23 minutos atrás, BloodyBaha disse:

Essa dependência eu costumo ter com td, mulheres(aqui que tudo começou), amizades, maconha...
To preso nisso e não consigo sair, a maconha ajuda pois essa dependência causa uma cegueira racional também, não consigo me comunicar direito com as pessoas e fazer coisas normais do dia a dia e etc.
Me afasto de tudo e todos porque simplesmente não sei o que fazer perto das situações adversas da vida :/

 

Dá uma pesquisada sobre transtorno de personalidade dependente.

O vício tem muito a ver com a personalidade de cada um. Por isso alguns fumam o dia inteiro e conseguem parar de um dia outro sem qualquer sintoma enquanto outros sentem ansiedade, depressão e insônia quando passam um dia sem.

 

 

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

sim isso é um vicio, mas vicio significa vc fazer algo que vc goste ou tenha costume mesmo, diferente da dependencia, por exemplo eu sou viciado em comer arroz com feijão, se eu parar de comer arroz com feijao hoje e comer so daqui a 50 anos vou continuar viciado em arroz com feijao porque eu comi isso minha vida inteira e isso me faz bem logo sou viciado no arroz com feijão, claro que existem outros tipos de vicios, uns mais beneficos e outros mais maleficos mas nao é so porque é uma droga que ela tenha que ser enquadrado de forma viciosa que se assemelha a dependencia.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Salve!! 

Bacana os questionamentos... Minha visão é a de que nós, que consumimos maconha com frequência, não somos viciados, mas sim usuários crônicos. 

Entendo que pessoas viciadas acabam por agir de uma maneira diferente; não conseguem controlar os impulsos e podem até tomar atitudes prejudiciais a si e a terceiros. Quem realmente tem uma adição não consegue controlar as necessidades, como você disse conseguir apesar do "bode" de estar careta. 

Nosso caso, e me incluo já que consumo pelo menos três baseados diariamente, vejo como de usuários que fazem um uso intenso de uma substância, porém desconheço casos de cara pirar a cabeça por querer fumar, ficar mal, agoniado de verdade... Muitas vezes me pego queimando um pelo hábito/rotina ou por que tô entediado e pergunto, pq não? Rsrs... 

Fora que viciado tem uma conotação pejorativa  em nossa sociedade, com um estigma muito pesado. Não acho que seja legal associar o consumo da nossa erva a esses termos, mas é só opinião pessoal. 

Acredito que importa muito a resposta que damos a seguinte pergunta: "o que a cannabis fez/faz de bom por mim?"... Sinceramente não consigo associar a nada negativo, tirando a dor de cabeça de se preocupar com o sigilo do meu jardim. Trouxe muitas experiências, histórias e perspectivas de vida, e sou muito grato a tudo. 

Aposto que pra galera aqui também!

E pensar direto, principalmente pra quem cultiva, acho que é comum. Até conseguir desligar a chave da preocupação,  com o cultivo ou as consequências de um eventual flagrante, vai um tempo... Mais uma forma de opressão legal que sofremos e afeta muito a vida, ou daquelas propagandas ridículas sobre quem fuma um...  Pra ficar bem num contexto desse, só fumando um (ou vários.... Hahaha

:rasta2bigsmoke0gf:

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
1 hora atrás, yellowstoner disse:

Fora que viciado tem uma conotação pejorativa  em nossa sociedade, com um estigma muito pesado. Não acho que seja legal associar o consumo da nossa erva a esses termos, mas é só opinião pessoal. 

Os termos são usados porque o uso de maconha pode causar dependência, de acordo com vários estudos. Até o Dartiu Xavier concorda com isso. Mas acontece com menos de 10% das pessoas que experimentam, bem menor do que álcool ou outras drogas sintéticas (algumas chegam a mais de 90%). Pode-se dizer que os casos dependência são praticamente exceções a regra, mas eles existem. Irônico, porque a maconha é até utilizada com sucesso para tratar outros vícios mais pesados.

Eu acho importante deixar isso claro porque alguns desses raros usuários que se tornam dependentes podem ter problemas por acreditarem que a maconha não causa dependência, e deixar de procurar ajuda. Já conheci alguns...

Mas no geral, o uso é terapêutico e saudável, principalmente se o método de ingestão não for a combustão.

 

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu pensava bastante também a respeito disso, até que chegou um dia eu resolvi parar de fumar por um tempo..Nesse tempo sem a erva, continuei com os estudos, ativismo, mas nada de fumar!

1365 dias depois, naturalmente voltei a fumar.

Importante conhecer a Maconha e também conhecer você.

 

 

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

 Por mais que me considere viciado, o maior perigo que a erva traz, é ser pego com ela. 

 De qualquer forma, se não utiliza-se a cannabis, iria utilizar outros tipos de drogas pra preencher esse vazio que teria, provavelmente o alcool e o cigarro seriam as primeiras opções... Não que eu nao beba ou fume um cigarro de vez em quando, mas se não usasse a cannabis pra relaxar, provavelmente usaria em proporção muito maior ou poderia partir de outro meio que poderia ser mais prejudicial ainda para minha saúde. 

 Em resumo, considero que as drogas sempre estiveram entre nós e sempre vão estar, vai de cada um saber fazer seu uso para seu beneficio próprio ou como meio de recreação, seja ela qual você considere ideal para seu caso. 

 Se está lendo isso, provável que considerou a cannabis como droga ideal, boa escolha :335968164-hippy2:

 

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Maconha pode viciar sim. Cerca de 9% dos usuários frequentes viciam e alguns estudos mostram isso.

 

No entanto, o açúcar também vicia, e todo mundo come uma média muito acima do adequado. Você é dos que bebe café e não começam o dia sem um? Esses questionamentos e outros também são válidos e geralmente não são postos em prática porque não são diretamente associados ao termo droga, mas não deixam de ser e de viciar, assim como a maconha. Essa parada do vício é quase que natural do ser humano, e em muitos casos a gente nem percebe. A gente é cheio de muletas, cheio de tentar dar uns contornos, a maconha é só mais um, e que não te impede de realizar as outras tarefas.

 

Eu sei que sou viciado em maconha e aceito meu vício. Dos males, acredito que seja um dos menores (quando não fumada, porque qualquer fumaça é bad), e penso em parar muitas outras coisas na vida antes de parar com a maconha..

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Irmão c vc faz uso rehular do bagulho vc ja e viciado agora dependencia acredito q sao raros os casos mas nao impossiveis ja q existem pessoas dependentes ate de cenouras , em fim o vacio des de que nao esteja te prejudicando em nada eu encaro numa boa, vc percebe o vicio quando deixa de fazer coisas pra fumar maconha eu msm deixo de sair muitas das vezes so pra fica fumando um em casa de boa, levando em consideração q eu e minha mina vivemos a la tchitchi e chong, moramos juntos e nunca saimos de casa pra "role" meu role hj e sair pra compra comida kkkk, mas manda a real somos muito felizes com a vida q temos kkkkk des de q teu vicio nao te prejudique em coisas mais serias como trabalho e ou desenvolvimento pessoal e financeiro eu nao vejo problema em ser um maconheiro nato

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Deixar de fazer algumas coisas pra fumar é fato

Por exemplo não saio com qualquer pessoa, se sei que a pessoa é careta eu ja evito (se ela sabe que eu fumo, tb me evita kkkk)

Minha linha de amigos mudou depois que comecei a fumar, não sei se sou eu que evito os caretas ou eles que me evitam kkkk Mas to feliz assim, os verdadeiros agt mantem, o resto filtra...

  • Like 1
  • Haha 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora
  • Tópicos

  • Posts

    • 8 / 9 OUTUBRO 2022 / SÃO PAULO Salve hermanos! 🌱 Alguém aqui do fórum vai colar no festival híbrido em SP? Vai acontecer no Komplexo Tempo, no Parque da Mooca em São Paulo, o festival tem como foco o empreendedorismo cannabico e o apoio à ressignificação cultural e mercadológica deste mercado cannabico. O Festival Híbrido apresentará painéis de debates com especialistas em serviços da indústria, consultores, médicos, advogados e instituições que já desenvolvem projetos voltados ao universo canábico. IG do evento: https://www.instagram.com/festivalhibridosp/ Site: https://www.hibridosp.com.br/ Se alguém aqui do fórum for aparecer lá, deixa um salve, vou levar uns adesivos para compartilhar por lá! 🔥 À moderação GR: Desculpas à moderação, queria muito fazer este tópico na seção correta, porem me parece que não existe mais moderadores ativos na comunidade, visto que não existe nenhum post aprovado em 2022 nas respectivas seções. Postei aqui por ser o local visivel e mais próximo do adequado.
    • Salve hermano(a)?! @sabira Aqui minhas sementes demoram para germinar também, acho que não temos a mesma sorte que muitos aqui tem rs, minha Purple Afghan Kush eu deixei 24 horas na água com adicional de uma tampinha de água oxigenada volume 10 e depois passei para uma célula Jiffy, levou 7 a 9 dias para levantar da Jiffy, estava quase desistindo já, mas hoje está cheia de saúde. Há algumas alternativas que você pode testar aí para melhorar a germinação: Pré hidratar as sementes por 12 ou 24 horas antes do papel toalha. Podes também adicionar uma tampinha de água oxigenada volume 10, para eliminar possíveis pátogenos.  Lixar levemente as sementes, você pode usar uma lixa de madeira/parede ou até mesmo de unha e ir lixando levemente a semente de modo a afinar a sua casca e facilitar a entrada da umidade. Essa é uma técnica citada no 'The cannabis grow bible do Greg Green'. Utilizar um alicate de ponta para romper a semente, esta técnica é util em sementes mais duras, você precisa pegar um alicate de ponta/bico e colocar a semente na ponta do alicate, com os dois extremos (aresta mais longa, NÃO pode ser de lado) da semente em contato com o alicate, fazendo uma LEVE pressão no alicate até escutar um estralo. É importante não utilizar muita força no alicate para não perder a semente. Esta é uma técnica mais agressiva mas bastante funcional com sementes saudáveis. Se não me engano, aprendi esta com Mr Splinter. Importante: Temperatura ideal é entre 22ºc a 25ºc. Umidade relativa em 70% a 90%. Se você tiver sementes sobrando, acho que vale a tentativa de algumas das técnicas acima, talvez alguma delas te traga resultados positivos. 🌱 Boa sorte e sucesso!
    • Salve tio! Acredito que seja isto mesmo, na pesquisa recente encontrei a mesma informação. Buscava algo um pouco mais completo, mas já da para ter ideia.  Vou instalar no meio do mês ou no inicio de novembro o danado. 🔥
×
×
  • Criar Novo...