Ir para conteúdo

Maconha E Ansiedade Generalizada;


adnelsinho

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Eu fumo desde Junho/96 (sempre de prensado, sativas paraguaias) e JAMAIS tive qq bad trip ou crise de ansiedade, mas Eu não exagero, fumo 1/2 baseado, no máximo 1 por dia (2-3 vezes para fumar um inteiro), e sempre após o expediente de trabalho (08:00 as 18:00Hs), nos finais de semana fumo um pouco mais, 2 baseados durante o dia todo. Meu pai tem uma frase: "Tudo que é demais é veneno!"

Melhoras pra vc irmão!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

man, desencana de sativas, indicas e esportes ajudam muito principalmente ao ar livre, muita paz e positividade, oque sempre me ajudou a controlar o panico foi o jiu e os jogos e brincadeiras com meus filhos, pensa no teu muleke e vai la dar um abracao nele toda vez q o peito apertar, desencana do skunk man.

  • Like 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Brow, sei que já disseram muitas coisas mais eu gostaria de tentar acrescentar alguma forma de ajuda... Então vamos lá.

Como essas situações afetam ao que me parece, primeiramente a sua integridade, creio que seja o caso de você mesmo dar uma significação para a sua experiência, não de forma a tentar encontrar respostas rápidas pelas vias da "sagrada ciência cartesiana", mas de repensar algumas formas de pensar e agir (com ou sem maconha, isso que tem que ver é você) e saber que as piores experiências da vida estão para nos revelar justamente o outro lado, onde encontraremos a nossa própria verdade. Independente das respostas médicas ou de amigos, você precisa dar um significado para essa experiência e fazer com que esse significado atue de forma saudável na sua vida, seja introduzindo novos hábitos ou modificando outros. Não existe esse papo de maconha ser boa ou ruim, a forma como ela é utilizada é que pode se tornar uma fonte de boas ou más experiências e você tem poder para definir isso.

Crises são momentos em que alguma coisa na nossa realidade, seja ela sagrada ou não, nos mostra que precisamos começar a fazer reflexões sadias para crescermos e não para o nos jogarmos ao embotamento da consciência e acentuação dos fatores negativos. Não há o que temer, apenas há o que enfrentar. Talvez seja o caso de você reavaliar a sua relação com a maconha em si, também como ponto de partida para tentar superar a crise. Mas não fique buscando respostas exatas ou culpados plenos pois não somos tão exatos assim, e novamente, nem tudo tem apenas uma causa definida, e as vezes nem mesmo a causa é sempre a verdadeira causa primeira. Estamos sujeitos a mudanças significativas nisso que nós chamamos de tempo-espaço e precisamos entender isso para sempre constituir novas formas de ser no mundo, mais saudáveis e significativas. É claro que isso é meu ponto de vista pessoal enquanto estudioso da condição humana, mas espero ter acrescentado algo positivo.

Grande Abraço!

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

adnelsinho

vou lhe contar uma história ..

a 2 anos atrás fui a um ortopedista com dores articulares nos ombros , e ele me diagnosticou com Sindrome De Dor Miofacial , sendo entao a dor causada devido algum distúrbio mental ..

sendo assim eu teria de tomar Cloridato De Fluoxetina ou Prozac para que os distúrbios se reestabeleçam e passe a dor , isso durante 1 ano , mesmo sem querer eu aceitei o tratamento , pois se tratando de um distúrbio mental eu não precisaria de uma intervenção cirúrgica no ombro , já havia perdido 9 kilos.

Porém após o início do tratamento é que as coisas pioraram , minha atividade fisica foi cortada , e o Prozac me deixava dopado o dia inteiro sem capacidade de faze nada , comer nada , com nó na garganta após usar o remédio , uma sensação ruim , queria ver ningèm , falar com ninguém , distúrbio na voz , não escutava nada , e quando fumava um beck é que os sintomas agravavam , quase não tava pitando ( prensado paraguaio hmpFHH!)

Resumindo : Esse remédio acabou com minha vida e de várias pessoas que eu conheço que o ja tomaram , mas como também pode ter feito bem á algumas pessoas , então talvez esse remédio não seja a solução de seus problemas e possa somente estar agravando o quadro , Prozac é um remédio antigo , existem vários outros rótulos que trabalham muito melhor para o seu diagnostico .

Quanto a engasgar pode ser um sintoma de que alguma coisa não está bem ..

Minha irmã sempre foi muito nervosa e estressada, a uns 3 anos atrás ela andou tendo uns surtos de engasgo , ele engasgava direto e quase morria se n tivesse nínguem por perto , tinha medo de comer ...

não sei qual foi o tratamento que ela fez , mas em 3 meses ela foi curada e não engasgou mais ..

Após a suspensão do Prozac e o reestabelecimento das minhas atividades fisicas aos poucos voltei a ter uma vida normal e realizada .

(fui em 5 ortopedistas depois (os 3 primeiros reforçaram que deveria continuar com o prozac pq o primeiro médico tinha falado , indignado fui no quarto que verdadeiramente me diagnosticou corretamente com lesão articular e no quinto pra confirmar , meu ombro dói até hoje , sendo necessário intervenção cirúrgica , enquanto eu estava tomando aquele remédio que só piorava tudo )

bem isto é apenas uma experiência pessoal , espero ajudar .

abraçoss

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Lendo o relato penso que talvez a primeira crise tenha sido desencadeada por uma somatoria de fatores: Alto indice de thc+privaçao de sono+videogame+preocupaçao em incomodar esposa e filho+qualquer outra preocupacao pessoal tua+tabaco, e depois da experiencia ruim vc pode estar com a tal crise de estresse pos-traumatico onde vc associa o ato de fumar maconha com uma proxima crise....Arranja um fumo bem paião e faz o teste, se é a qtdade de thc ou o ato de botar o baseado na boca que ta pegando. Sou contra remedios tarja preta, prefiro ficar maluco que depender dessas coisas, mas cada mente eh uma mente...Da uma pesquisada que acho que tem um topico sobre strains ansioliticas, melhoras cara.

  • Like 6
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Queria agradecer realmente a todos que comentaram, li tudo calmamente e foi ótimo poder contar com alguém, até porque fora minha esposa e os médicos ninguém sabe a respeito da maconha e eu realmente não queria expor isso pra pessoas próximas, até porque vão criar mais problemas e sem dúvidas vão culpar a planta assim como os médicos.

Hoje fiz novos exames na garganta e encontrei uma laringite, tomarei alguns anti-bióticos caros e etc.

Quanto ao prozac eu não acho que é um remédio tão perigoso assim, mas aumenta minha ansiedade e cria a necessidade do ansiolítico que me causa medo. Rs.

Desta forma não estou tomando nenhum, acabei comprando porque no começo estava com muito medo, mas quer saber? Eu fumo maconha tem muito tempo, não é uma crise por mais dura que seja que vai me afastar da planta.

É impressionante como mesmo com anos de uso diário, consigo ficar sem a planta por dias sem me sentir mal. Já o cigarro que está me matando não consigo evitar kkkkk.

Acho que realmente posso ter abusado do uso, a verdade é que gosto de ficar chapado então sempre fumei bastante mesmo, agora como fiquei dias sem fumar acho que vou poder me contentar com um baseado ou uma vaporizada que o barato há de vir sem dúvidas.

O fato engraçado foi o otorrinolaringologista me falar "corta o cigarro" sei que fuma pouco, mas você é inteligente, cigarro não dá barato nenhum

fuma outra coisa! Acho que ele percebeu que sou adepto da planta por algum motivo, rs.

Então é isso, to me esforçando pra comer, to me esforçando pra meditar, to calmo enfrentando problemas de frente porque é assim que devemos agir! Por mais difícil que seja, e por mais medo que andei sentindo isso não vai me derrubar, vai me tornar mais forte e mais preparado.

Vou levar em consideração muitas coisas que li nos comentários, talvez outras não porém agradeço a todos não vou responder um por um porque são muitos comentários.

Um abraço a todos, conforme as coisas forem acontecendo eu comento aqui, até porque realmente notei que vários de nós em algum momento passam por isso, então queria relatar meu caso e meu sucesso com o modo de tratamento qual eu escolher para que possa ajudar outros que venham a ter problemas similares.

To pensando em northen lights quem já teve experiência no cultivo poderia me dizer uma boa strain pra cultivo indoor com bom rendimento que seja ansiolítica?

Um abraço!

  • Like 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Queria agradecer realmente a todos que comentaram, li tudo calmamente e foi ótimo poder contar com alguém, até porque fora minha esposa e os médicos ninguém sabe a respeito da maconha e eu realmente não queria expor isso pra pessoas próximas, até porque vão criar mais problemas e sem dúvidas vão culpar a planta assim como os médicos.

Hoje fiz novos exames na garganta e encontrei uma laringite, tomarei alguns anti-bióticos caros e etc.

Quanto ao prozac eu não acho que é um remédio tão perigoso assim, mas aumenta minha ansiedade e cria a necessidade do ansiolítico que me causa medo. Rs.

Desta forma não estou tomando nenhum, acabei comprando porque no começo estava com muito medo, mas quer saber? Eu fumo maconha tem muito tempo, não é uma crise por mais dura que seja que vai me afastar da planta.

É impressionante como mesmo com anos de uso diário, consigo ficar sem a planta por dias sem me sentir mal. Já o cigarro que está me matando não consigo evitar kkkkk.

Acho que realmente posso ter abusado do uso, a verdade é que gosto de ficar chapado então sempre fumei bastante mesmo, agora como fiquei dias sem fumar acho que vou poder me contentar com um baseado ou uma vaporizada que o barato há de vir sem dúvidas.

O fato engraçado foi o otorrinolaringologista me falar "corta o cigarro" sei que fuma pouco, mas você é inteligente, cigarro não dá barato nenhum

fuma outra coisa! Acho que ele percebeu que sou adepto da planta por algum motivo, rs.

Então é isso, to me esforçando pra comer, to me esforçando pra meditar, to calmo enfrentando problemas de frente porque é assim que devemos agir! Por mais difícil que seja, e por mais medo que andei sentindo isso não vai me derrubar, vai me tornar mais forte e mais preparado.

Vou levar em consideração muitas coisas que li nos comentários, talvez outras não porém agradeço a todos não vou responder um por um porque são muitos comentários.

Um abraço a todos, conforme as coisas forem acontecendo eu comento aqui, até porque realmente notei que vários de nós em algum momento passam por isso, então queria relatar meu caso e meu sucesso com o modo de tratamento qual eu escolher para que possa ajudar outros que venham a ter problemas similares.

To pensando em northen lights quem já teve experiência no cultivo poderia me dizer uma boa strain pra cultivo indoor com bom rendimento que seja ansiolítica?

Um abraço!

Tenho uma companheira, a "Dona Maria", que é muito mais resistente para cannabis que eu... Enquanto eu fico desorientado, ela fica eufórica e na boa.

Tudo ia muito bem até que um dia dei um spacecake para ela sem saber a concentração de THC. Após 2 horas a coitada pensava que ia morrer por falta de ar... foi desespero total. A coisa só melhorou após ela vomitar ( Padrão exorcista, só que dentro do meu car ).

No dia seguinte fui ver no site que o maldito bolinho era decadose ( ou seja 10x a dose usual ). A peste continha > 300 mg de THC.

Conclusão: Assim como aprendemos com alcool ... Mesmo que vc se de bem com a erva, e que seja bem resistente, existe um limite individual que nao deve ser ultrapassado, sob pena de um tremendo mal estar.

Abs do Jao

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caros amigos cultivadores, andei tendo alguns problemas aqui com uso de sativas e como sou adepto do amor à planta, espero que só comentem quem puder agregar alguma informação ou ajuda.

Não sou nenhum bebê como a maioria que geralmente reclama de "bads" aqui no fórum, também não sou nenhum novato no uso. Fumo maconha há mais de 10 anos diariamente, e sempre passei informações positivas à respeito da planta, já que por anos havia melhorado muito minha qualidade de vida, melhorou meu apetite, acabou com meu stress, com minhas dores, inclusive me ajudou muito com minha timidez e salvou minha relação dentre outros dos inúmeros benefícios que todos vocês usuários graduados conhecem.

É justamente por isso que abro este tópico e peço humildemente a ajuda de vocês, eu pensei muito antes de abrir o tópico e relatar meu problema, mas a verdade é que já não tenho a quem recorrer.

Eu tentei fechar meu diário, e meu grow está desativado faz alguns meses em função de uma crise que desencadeou um problema em minha vida e infelizmente sinto que somente aqui posso encontrar apoio e quem sabe alguma motivação.

Eu fumo um verde regularmente, fumo prensado também mas só coisa que eu busco pro meu próprio consumo e conheço a procedência e o produtor. Então mesmo quando não cultivo sempre tenho alguma coisa boa pra fumar. Como viajo muito acabo nem sempre podendo cuidar e etc, porém já cultivo antes de conhecer o growroom, fazia guerrilhas antes de saber que outras pessoas faziam, é claro que sem informações nunca tive uma colheita abundante como alguns membros aqui costumam ter com facilidade. Quando encontrei o growroom me identifiquei com o fórum, olhei, li, acompanhei por meses antes de resolver participar.

Tentei levar um cultivo no diário que inclusive foi interrompido por esses problemas e outros problemas rotineiros.

Vamos lá.

Um tempo atrás eu estava jogando um game sozinho aqui em minha casa, minha esposa e meu filho estavam dormindo. Fiz um e fui bater aquele game pra descontrair. Como de costume, pelo menos uma sexta-feira por mês passo a noite na frente da tv fazendo um verde, jogando e laricando.

Eu sou tabagista infelizmente, porém faz tempo que não bebo, então a maconha é realmente o meu happy hour.

Antes do dia amanhecer (6,7h) fui dar uma cagada, tomar um banho pra ir pra cama, é um ritual. Deitei na cama e nada de dormir, mesmo tendo fumado pelo menos uns 3 king-size e dado umas boas vaporizadas.

O engraçado é que havia parado de fumar lá pelas 3 da madruga, e vinha chapado desde então. Tentei, tentei, tentei dormir e nada, refiz meu ritual do banho e nada, pensei em fumar outro mas me bateu um receio de meu filho acordar.

Quando me dei por conta, parece que tinha algo entalado na garganta, um nó pra ser sincero. Ficava com esse arroto preso e o danado não saia, mas na verdade não havia arroto nenhum era apenas pira preta minha.

Não conseguia comer, mal conseguia beber água sem ter a sensação de que iria engasgar.

Minha esposa acordou, eu disse que estava passando mal e tal, eu não queria pagar de apavorado mas eu estava me sentindo realmente muito mal, a ansiedade já apertava meu peito de tal forma que só quem já teve crise de ansiedade conhece.

Quando me dei por conta não conseguia mais controlar minha respiração, meu corpo adormeceu eu literalmente não sentia as pernas, os braços e fiquei literalmente cego por pelo menos 10 minutos, mesmo com olhos abertos tudo que conseguia ver era um clarão.

Algo empurrava meu adomem pro peito com uma força extremamente insana, eu mantive a respiração e foi tudo que consegui fazer, respirar 200 vezes por segundo até o peito doer.

Chegando no médico me carregaram, mesmo eu não estando desmaiado eu ouvia o que se passava em volta com tom de "eco" e me colocaram numa cama, fizeram os exames básicos, mediram a pressão que foi baixando, mediram a oxigenação no sangue estava normal e por fim fui diagnosticado com "crise nervosa aguda" a enfermeira disse que quase todos os dias alguém aparece com crise nervosa, mas é raro quando os dedos torcem tanto pra cima como aconteceu comigo, então ela correu chamar o médico mesmo sabendo que não era nada grave, depois me mandaram de volta pra casa sem nenhuma informação além disso.

Não venham me dizer que foi bad de palpitação de maconha, que já passei por inúmeras piras com maconha, de todos os tipos e mesmo quando tomava 1 litro de nesconha feito com kief e caia duro no chão sem conseguir me mexer, nunca senti algo tão forte e estranho.

Nós fumantes por vezes encontramos alguém que fuma e dá um pire-paque, começa a suar frio, falar que vai morrer, mas nada que um copo de água, uma barra de chocolate e algumas horas não resolvam.

O fato é que fiquei muito assustado, não sou problemático, nunca fui depressivo, nunca fui mau-humorado, nunca tive manias de doença, pelo contrário não tomo remédio nenhum, acredito que à saúde está na mente e nos hábitos saudáveis e não em ir ao médico e ficar procurando doenças pra qualquer coisa que apareça.

Quando cheguei aqui como de costume comecei minhas inúmeras pesquisas porque eu não queria admitir que o problema havia tido como causa o uso da maconha em si, até porque usei por anos e nunca vi nada parecido mesmo quando era mais jovem e realmente abusava das bongadas no hash.

Desde então perdi 9 kg, não consigo comer praticamente nada, fico ameaçando engasgar com tudo. Já fiz exames na garganta, na laringe, não tenho problema nenhum, é puramente psicológico.

Então procurando alguns médicos do ramo "psicólogos e psiquiatras" fui em pelo menos 4, os melhores aqui na minha cidade, gastei fortunas com exames esses últimos dias, e como sei que a medicina hoje é um comércio acabo ficando com o pé atrás com todos os veredictos.

O problema é que os 3 aparentemente não eram caretas e todos me disseram que o que causou a crise de ansiedade generalizada foi o uso de maconha.

Cada um explicou de uma forma, cada um veio com um lero lero, mas todos me disseram que a causa é a maconha, já que aparentemente não tenho outros fatores de risco, não tenho histórico, nem problemas na família, não sou um cara estressado, não passei por nenhum problema ou acidente anteriormente, não tive traumas conhecidos nem passei por pressão psicológica.

A verdade que digo pra vocês é que eu realmente não tive nenhum outro motivo aparente, e mesmo sabendo que a cabeça é uma caixinha de surpresas, infelizmente não consigo mais fumar um verde, e isso me incomoda mais que tudo. Não estou comendo, porque ando me recusando a tomar os remédios receitados, o médico que pegou mais leve receitou Prozac e Valium.

Porém não consigo nem sequer meditar, não consigo tirar a crise da cabeça por mais positivo que fui minha vida inteira, a experiência foi tão intensa que se tornou uma barreira em minha mente.

Esses dias estava até me sentindo bem, peguei um skank que estava na cura à dias, só pra dar um tapinha pra ver se me sentia bem, e a verdade é que após 1 hora na boa a ansiedade volta com uma pressão tão grande que nem o diazepam consegue controlar.

Não consigo dormir, e estou tentando ao máximo me manter em pé, me manter confiante, me manter aqui dentro de mim sem pensar em depressão ou ansiedade, sem pensar em enlouquecer.

Estou correndo, forçando sucos e alimentação mesmo sem fome, estou lendo, estou pensando em voltar com o grafitti, mas infelizmente tive de aceitar a medicação, e agora fico dopado literalmente todo o dia, tenho q tomar 60 gotas de prozac que é considerado uma dose alta do remédio, mas ele não me incomoda, porém também piorou a insônia que eu já vinha tendo e agora to tendo de tomar o valium pra ver se durmo e é horrivel que meus olhos se abrem durante a noite e meu corpo está desligado, acabo ficando olhando pra cima tendo todo tipo de sensação ruim que um ser humano pode ter.

Por favor não achem que estou fazendo do problema algo maior que realmente é, que eu to tentando levar ao máximo na esportiva, mas já fazem algumas semanas (meses) e nada de melhorar.

Preciso de conselhos, e para os conhecedores de genéticas quero cultivar meu remédio então preciso saber qual a genética com maiores propriedades ansiolíticas.

Obrigado de coração pra quem leu. Um abraço!

Que jah esteja conosco!

Ola, conheco o Problema.

Faco uso de Prozac e Alprazolam.

oq vc esta apresentado chama Sindrome do Panico.

Prozac cura mais depressao!

seria legal falar com seu Psiquiatra tentar Paroxetina, mais indicado

para Panico.

mais pra frente da pra voltar a fumar!

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 month later...
  • Usuário Growroom

Velho eu sei o que você tem!!!

minha mãe sofreu disso a vida toda, tive uma namorada que tinha também!

isso se chama "síndrome de pânico" e provavelmente se desencadeou por causa da maconha!

já li muito sobre o assunto tem casos de pessoas que tiveram uma vida normal e aos 40 ano de idade sentem-se mal vão ao hospital e descobrem a síndrome de pânico.

se você começar a se sentir mal, evitar sair e levar vida social e profissional normal, com medo de ter um "treco". procure ajuda médica!!!

eu nao sou um grande entendedor de cannabis mas sei que algumas espécies de cannabis medicinais são para o controle de ansiedade! eu se fosse você deixaria o verde durante um tempo!!!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

os consultórios psquiatricos estão ficando cheios ..... a cobrança que a vida impõe , e misteriosamente a maconha funciona como um gatilho já que ela te joga numa vibe onde vc fica lá navegando e é ai que as vezes vc encontra aquela nuvem de pensamento ruim que vc não quer encontrar.

ao se deparar com ela, vc fica bastante assustado e tenta fugir dela e ao tentar fugir dela vc ve que não da pra fugir.

Portanto, isso são fases, não se desespere. Vá a um Psiquiatra , mencione o uso de cannabis, mencione se existe problema familiar, profissional, econômico, oq for

abraços do RAPOSA

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 month later...
  • Usuário Growroom

Cara, passei por crises de pânico muito ruins também e tive que me tratar. Vou dar um resumo da história.

Comecei a fumar aos 15 mais ou menos, mas bem exporadicamente. aí com 16 eu ja era usuário, fumava todo dia e era só alegria. (só prensado)

Aos 18, depois de fumar uma ponta, senti minha boca,língua, ficar tudo bem seco..eu tomava água e parece que absorvia. nada da sensação horrivel de boca seca passar. coração acelerado, e devido a boca seca parecia que não entrava ar, dai bate o desespero.

Eu lembro que deitei com um copo d'água do meu lado. aquele calafrio percorrendo minha espinha, fiquei só deitado até passar, foi horrivel (algumas alucinações também)

Depois desse dia, toda vez que fumava vinha essa sensação horrivel. dai eu parei e comecei a perceber que mesmo sóbrio eu tinha crises. quando ia muito longe de casa, a minha saliva virava pasta, sabe, quando fica muito seco. dai eu ja começava a suar frio e o coração a bater forte.

Depois disso procurei médico, psiquiatra e comecei a me tratar. tomava 20mg de Pondera (cloridrato de paroxetina) junto com alprazolam

Tomei por mais de 1 ano, odiava os efeitos colaterais..e mesmo sob medicamento ainda tinha crises.

Aí fui em outro psiquiatra me me receitou outro anti-depressivo para síndrome do pânico. comecei a correr, me alimentar direito e dormir direito, a melhora começou a aparecer. eu fiz psico-terapia com psicologa, me ajudou bastante. Comecei a sair, andar sozinho, pegar confiança em tudo de novo, aos poucos..

Hoje vivo tranquilo, sem medicamentos. nunca mais tive crises. algumas coisas ainda tenho receio de fazer.

O segredo pra quem tem isso, é ir fazendo uma coisa de cada vez até se acostumar de novo.

Me apaguei mais a Deus graças a ele e minha força de vontade vivo feliz e tranquilo de novo. O que me incomoda é eu não poder mais fumar. quer dizer, até agora não me sinto confortavel pra isso, e se sua mente não estiver legal, voce pode ter crises se fumar.

Fiz essa conta aqui só pra contar um pouco da minha história. Nunca fumei um natural sabe, colhido direto da planta. não sei como deve ser a diferença, mas a maconha prensada acabou me fazendo mal. Na minha opinião a erva tem que ser respeitada, tudo em excesso faz mal, até as melhores coisas hahhah

O importante é estar de com sua mente no lugar e ter o total controle dela. até hoje é dificil rejeitar um baseado, mas eu rejeito pro meu bem.

Boa sorte cara, isso vai passar. essas coisas da cabeça tem cura se vc se tratar da maneira correta!

Abração

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Desde então perdi 9 kg, não consigo comer praticamente nada, fico ameaçando engasgar com tudo. Já fiz exames na garganta, na laringe, não tenho problema nenhum, é puramente psicológico.

o médico que pegou mais leve receitou Prozac e Valium.

mas infelizmente tive de aceitar a medicação, e agora fico dopado literalmente todo o dia, tenho q tomar 60 gotas de prozac que é considerado uma dose alta do remédio,

Esses remédios citados, pelo menos o prozac que já li que tem Fluor em sua fórmula, por isso deixa ´´calmo`` só que os efeitos colaterais são sinistros né.

Eu particularmente acho que a ingestão de Hemp Oil seja a melhor opção para se tratar qual quer problema referente ao sistema nervoso,

no seu caso óleo rico em CBD.

Tente controlar a alimentação, quando conseguir comer coma algo in natura (nutritivo) e não produto industrializado.

O Hemp Oil dá fome, dá sono e protege o cérebro como ninguém, alem de rebater os efeitos colaterais da atual medicação.

Vc tb teve esses problemas com a ingestão? vc citou que fazia nesconha de deixar mole e tals.

Antes do dia amanhecer (6,7h) fui dar uma cagada, tomar um banho pra ir pra cama, é um ritual.

Vc trabalha de noite e dorme só ao amanhecer do dia? isso desregula todo o organismo pois vc força a ter sono no horário errado, resultando em insônia.

Abraço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 months later...
  • Usuário Growroom

Amigo, não fumo há muito tempo, mas devo te confessar que já tive crises de pânico e pensamentos suicidas por causa da cannabis. Sempre prensado, infelizmente. Posso ter garantir que diminuir a dose ou tentar indica pode te ajudar muito, mas, como disse um amigo aí em cima, a religião pode ser fundamental. O espiritismo é muito esclarecedor. Aconselho ler mais, orar mais, seja qual for a sua religião ou crença, pois isso mantém a sua mente saudável. Não preciso nem falar de manter bons hábitos alimentares e, se possível, não fumar cigarro. Conheço gente que planta inclusive o próprio TABACO, quem sabe seja uma solução também!

Bom, só tenho a adicionar que o comentário do brother lá falando que pedem dinheiro no centro espírita é a mesma coisa que falar que maconha é porta de entrada para outras drogas: um absurdo e um senso comum ridículos!

De resto, só tenho a te desejar muita boa sorte, luz, paz e saúde!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 weeks later...
  • Usuário Growroom

e ae brow, tenho 18 anos e passei por crises de panicoo tbm e tenho uma ansiedade forte... tive umas 4 crises, agora to tomando antidepressivo q tem como efeito nao ter crise de panico e produzir mais hormonio serotonina que ajuda tbm na depressao.. fumo maconha faz uns 2 anos e tive experiencias ruim e boas, mas ultimamente quando fumo eu fico me sentindo inferior no meio de outras pessoas, fico com medo de tomar atitudes , mas isso depende do ambiente tbm.. eu quero fumar pra ficar tranquilo, fica de boa da umas risadas mas ela quase sempre faz o efeito contrario o efeito que me faz mal.... quando eu fumo e acontece um problema isso ja acaba com td , ela intensifica so as coisas ruins da minha cabeça.. consegui algumas vezes reverter eessa situaçao.. consegui algumas.. depende de varios fatores e tem tipos de maconha q me sinto melhor tbm,

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

No meu caso, fumo desde os 15 anos hoje estou com 19
Nunca tive problemas com a erva
E nesse ano de 2013 aconteceu umas três "Bads" comigo
Muito suor,um pouco de tremor e e em uma das vezes a pressão caiu
um pouco mais nada que eu não controla-se
Duas das vezes era em lugares que estava muito calor
Não sei se influencia em algo
Na ultima uma confusão de sons muito grande, das pessoas
Do um pessoa que estava no onibus estava rindo de mim toda hora rs
Meu avô,tem uma doença neurologica chama Sindrome de Hungtinton
mais não tem nada a ver com esquizofrenia,ai procurei saber,fora isso não tem nenhum antecedente
de doenças pscologicas na familia, porém eu sou bastante ansioso

Será tudo onda ruim? Ou não!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Fala ai Amigo tudo bom ?

Cara li seu relato inteiro e me identifiquei com seu problema, estou a um ano lutando contra o mesmo problema, também fuma a anos igual a você e do nada comecei a ter essas piras erradas, também não consigo fumar meu baseado da mesma forma, a sensação na gargante é angustiante parece que vai sufocar, fui para nos hospital com os dedos todos travados tmb, assim como os musculos da face, e começou da mesma forma que você, quando estava tranquilão jogando um game. Queria saber como está o seu tratamento ai, ta fumando erva ? Tmb fumo bastante cigarro acho que prejudica legal nesse ponto tmb.

Eu tenho tomado uns remédios um pouco mais fracos que os seus, mas estou plantando indicas com alto teor de CBD para ver se consigo parar com a medicação. Está muito foda para dormir ainda, mas já lido melhor com o problema, ultimamente tomo Venlafaxina diariamente e frontal sub lingual em momentos de crise ( qndo acontece, não eh sempre). A velafaxina segura a onda legal porém causa uma dependencia fudida, esqueci de tomar 2 dias seguidos e quase não parava em pé de tontura, mas pelo menos consigo fumar durante o dia.

É muito chata essa situação, espero melhorar logo e que você também possa ficar bom, dá um toque ai pra falar como está o seu tratamento, abraços

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Fala ai Amigo tudo bom ?

Cara li seu relato inteiro e me identifiquei com seu problema, estou a um ano lutando contra o mesmo problema, também fuma a anos igual a você e do nada comecei a ter essas piras erradas, também não consigo fumar meu baseado da mesma forma, a sensação na gargante é angustiante parece que vai sufocar, fui para nos hospital com os dedos todos travados tmb, assim como os musculos da face, e começou da mesma forma que você, quando estava tranquilão jogando um game. Queria saber como está o seu tratamento ai, ta fumando erva ? Tmb fumo bastante cigarro acho que prejudica legal nesse ponto tmb.

Eu tenho tomado uns remédios um pouco mais fracos que os seus, mas estou plantando indicas com alto teor de CBD para ver se consigo parar com a medicação. Está muito foda para dormir ainda, mas já lido melhor com o problema, ultimamente tomo Venlafaxina diariamente e frontal sub lingual em momentos de crise ( qndo acontece, não eh sempre). A velafaxina segura a onda legal porém causa uma dependencia fudida, esqueci de tomar 2 dias seguidos e quase não parava em pé de tontura, mas pelo menos consigo fumar durante o dia.

É muito chata essa situação, espero melhorar logo e que você também possa ficar bom, dá um toque ai pra falar como está o seu tratamento, abraços

Já tentou tomar cloreto de magnésio pra ver se ajuda ?

Durante 3 anos da minha vida sofri de ansiedade generalizada e ansiedade social, era realmente terrível, e pra dormir só com rivotril ou fumando umas indicas ou vários bases de sativas. Tomei cerca de 6 antidepressivos recaptadores de serotonina que aliviavam muito de leve os sintomas.

Acabei achando o cloreto de magnésio e me curei totalmente tanto da ansiedade como da depressão que era consequência de pouco sono + o próprio transtorno de ansiedade e outras coisas.

Vale apena tentar cara, se quiser convrsar melhor me manda uma MP, abração!

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • Usuário Growroom

Já tentou tomar cloreto de magnésio pra ver se ajuda ?

Durante 3 anos da minha vida sofri de ansiedade generalizada e ansiedade social, era realmente terrível, e pra dormir só com rivotril ou fumando umas indicas ou vários bases de sativas. Tomei cerca de 6 antidepressivos recaptadores de serotonina que aliviavam muito de leve os sintomas.

Acabei achando o cloreto de magnésio e me curei totalmente tanto da ansiedade como da depressão que era consequência de pouco sono + o próprio transtorno de ansiedade e outras coisas.

Vale apena tentar cara, se quiser convrsar melhor me manda uma MP, abração!

Na boa, psicólogo(a) ajuda e resolve seu problema, seja sincero no tratamento e verá resultado.

Opa, fala ai Da vinci, demorei a ver a resposta, estou procurando agora mesmo o cloreto de magnésio e te mandando uma MP.

Odeto, Cara psicologo sabe muito pouco, nada ou quase nada de maconha, ja tentei até explicar que quando fumo indocas não dá nada e quando fumo sativa fode tudo heheh, 1 perguntou o que era essa indica heheh, outro só falou que o problema era todo por causa da maconha, prq ela queimava o cerebro e deixava o cara abobado... e o terceiro falou que se eu me sinto melhor com a indica, quem eh ele pra receitar tarja preta. heheh Pois bem, nenhum resolveu nada, só amenisou com alguns remédio, que só tomo quando a parada fica feia mesmo.

Valew pela atenção pessoal abração

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Vídeo muito bom sobre a influência da deficiência em alguns nutrientes e alimentação errada estarem relacionados a problemas neurológicos como Ansiedade, Depressão, Esquizofrenia, etc..., tb cita os químicos nos alimentos e seu papel nesse contesto.

Informações importantes pra quem já não aguenta mais escutar que a solução pro problema é um tarja preta...

(Ingles)

  • Like 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 6 months later...
  • Usuário Growroom

ótimos relatos aqui.

estou passando pelos mesmo problemas, estou desbravando esse intenso pânico.

espero que todos tenham ao menos amenizado essas crises... pois são muito perturbadoras... só quem jé teve sabe como é

up no tópico para ser visto por aqueles que precisam

força a todos !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Bah velho....aconteceu exatamente a mesma coisa comigo....EXATAMENTE....

Jurava que até hj isso aí só tinha acontecido comigo e pensei muito em parar de fumar.

Visão preta,pressão baixa, sem forças, desespero e com a sensação que o coração ia explodir....tive que ir pro hospital tb.....isso aconteceu depois de 12 anos fumando e outras cositas mas...sem amadorismo.

Depois disso, parecia q toda hora ia acontecer de novo, mudou muito minha vida. Não podia nem pensar em fumar e nem sair de casa que o coração ja acelerava na hora.

Resolvi ir no psiquiatra, abri o jogo e expliquei toda a história e o mesmo me receitou Paroxetina e Alprazolam. Não aceitava o tratamento com tarja preta, mas tive que aceitar pois não aguentava mais as crises de ansiedade e pânico, melhorei 90%. Faço tudo que fazia antes porém com mais cuidados.

O que o médico me disse que aconteceu, foi que a situação disparou o "gatilho" da síndrome do Pânico.

O motivo eu não sei ao certo, pois no dia q aconteceu, eu estava sem dormir, estava bebendo e fumando só king size.....dae ja viu né..

Mas se liga, muita gente já me falou q tem tudo a ver com o sono, pois pelo oq vc postou vc tem o costume de dormir bem tarde, e isto está MUITO errado.

Depois que eu comecei a respeitar o ciclo do sono, melhorou a brisa e principalmente as crises de pânico..

Desde que começaram as crises eu procuro algum tipo de fumo que venha a amenizar esta ansiedade, se alguem tiver alguma sugestão de tipo, eu agradeço.

Valeu!!

Tamo junto moçada.....na paz ou no desespero....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Faça login para comentar

Você vai ser capaz de deixar um comentário após fazer o login



Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...